Escolinha de Triathlon completa um ano em Maracanaú com desenvolvimento social de crianças

Projeto mudou a realidade de jovens da cidade cearense, levando a modalidade olímpica a alunos da rede pública de ensino

 

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões completou um ano em Maracanaú com muitas conquistas para celebrar. O projeto mudou a perspectiva de vida de crianças e adolescentes da rede pública de ensino, dando a elas a oportunidade de praticar um esporte olímpico com infraestrutura de ponta. Além do desenvolvimento social, veio o aprimoramento técnico, com vários alunos vivendo suas primeiras experiências em competições estaduais.

O núcleo da Escolinha de Triathlon tem sede no Instituto Lucimário Caitano, onde os alunos fazem todos os exercícios funcionais, treinos de bicicleta e corrida. O projeto também formou uma parceria com o Centro Pedagógico Cecília Meireles, que cedeu a sua piscina para as aulas de natação.

A experiência em competições faz parte do programa de treinos da Escolinha de Triathlon. Situações comuns em provas promovem mais sociabilização e reforçam valores e habilidades importantes. Aprender a ganhar e perder, trabalhar em equipe, ser solidário e ter resiliência são características que ajudam a moldar adultos mais preparados.

“Temos vários alunos com potencial para a modalidade. A evolução das crianças é notória. Hoje, todas são muito disciplinadas, sociáveis, comprometidas com o esporte. Não só melhoraram muito nas técnicas do triathlon, como também aumentaram o rendimento escolar, com boas notas”, destaca o professor Rafael Costa Feitosa, do núcleo Maracanaú

 

Agenda 2030 na Escolinha

A formação de crianças e adolescentes por meio do esporte é a principal missão da Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Mais do que as técnicas do nada, pedala e corre, a equipe técnica segue diretrizes pedagógicas para orientar os triatletas mirins em questões como organização pessoal, disciplina e respeito aos pais e professores.

Essas diretrizes também estão de acordo com os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável que integram a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas, a ONU, com a qual o projeto está comprometido. A Escolinha busca atingir esses objetivos de forma individual, com ações de conscientização com os alunos, e coletiva. Faz parte do projeto o compartilhamento dos equipamentos de treino, a preocupação com uma educação escolar de qualidade, adoção da igualdade de gêneros no número de alunos e professores.

 

Formando Campeões

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões, iniciada há sete anos em Curitiba (PR), é hoje um modelo de formação da modalidade no País. Idealizado pelo atleta olímpico curitibano Juraci Moreira, contempla 920 crianças e adolescentes em 18 núcleos espalhados por Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Distrito Federal e Ceará.

Em Maracanaú, os alunos do projeto têm aulas de triathlon englobando as três modalidades do esporte (natação, ciclismo e corrida), de segunda a sexta-feira. Os alunos contam com uniformes, bicicletas e capacetes, além de serem orientados por professores de educação física auxiliados de monitor.

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões é viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, programa da Secretaria Especial do Esporte, Ministério da Cidadania e Governo Federal com a execução da Federação de Triathlon do Ceará, apoio do Instituto Lucimário Caitano e do Centro Pedagógico Cecília Meireles. O projeto tem patrocínio de Vestas, Gerdau, Instituto Aço Cearense, Cerbras e iByte.

 

Curta a Fã page – Escolinha de Triathlon – Formando Campeões

Compartilhe

Mais posts

Nos envie uma mensagem