Vitória chinesa na etapa entre Brasil e EUA‏

0

Dongfeng Race Team ganha regata com diferença de apenas três minutos para o Abu Dhabi e se recupera em grande estilo após quebra do mastro. Apesar de mais uma vitória, equipe chinesa está seis pontos atrás dos árabes na classificação geral

Com boas vibrações e muita sorte trazidas do Brasil, a equipe chinesa cruzou a linha de chegada da sexta etapa da Volvo Ocean Race no fim da noite desta quarta-feira (6). A diferença foi de apenas três minutos para o Abu Dhabi Ocean Racing, que chegou em segundo. Ambos fizeram o percurso de 5 mil milhas náuticas em 17 dias e 9 horas.

A vitória marca a volta por cima do Dongfeng Race Team, que trocou seu mastro na perna anterior e viu sua liderança cair consideravelmente. Em Itajaí, a equipe comandada por Charles Caudrelier fez a troca do material, mas teve pouco tempo para se preparar para a largada.

“Todos fizeram um magnífico trabalho a bordo! Essa foi a chave para essa conquista. Foi uma etapa que nos exigiu muito da parte tática desde a saída do Brasil. O Abu Dhabi forçou bastante até o fim e aumentou ainda mais a importância da nossa vitória”, disse Charles Caudrelier, comandante do Dongfeng. “Foi tudo muito difícil. Acho que por umas dez vezes conseguimos achar uma rajada boa e abrir, mas todas as vezes o Abu Dhabi nos alcançava. Eles chegaram a nos passar quase no final, mas conseguimos vencer”.

Logo depois da largada em Santa Catarina, o Dongfeng Race Team sofreu com o dessanilizador quebrado. O equipamento que transforma água salgada em potável é fundamental para a vida a bordo e os chineses cogitaram a desistência. “Tivemos que parar por 12 horas e esse tempo numa regata tão igual é precioso”.

Mesmo com a vitória, o Dongfeng segue longe da liderança na classificação geral, que está com Abu Dhabi. São seis pontos de vantagem para os árabes. O comandante Ian Walker ficou feliz pelo desempenho do seu time. “Foi um final muito apertado. Ficamos em segundo, uma posição importante para a classificação geral. Obviamente nós queríamos vencer, mas saímos satisfeitos da prova”.

O Abu Dhabi soma 11 pontos perdidos contra 17 do Dongfeng. O Team Brunel, barco holandês que chegou em terceiro em Newport, tem 21. Nesta madrugada, os barcos MAPFRE e Team Alvimedica cruzaram a linha de chegada. O último será o Team SCA.