Transat Jacques Vabre define vice-campeão da Multi50

0

A dupla francesa Thibaut Vauchel-Camus e Frédéric Duthil cruzou a linha de chegada da 14ª edição do Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre nesta sexta-feira (8) e ficou em segundo lugar na categoria Multi50 com o veleiro Solidaires En Peloton-ARSEP. 

O multicasco fez o percurso da França ao Brasil em 12 dias, 2 horas e 38 minutos, 10 horas e 20 minutos a mais do que os campeões da classe, o Groupe GCA Mille et un Sourires. Os dois foram recebidos com muita festa e batuque em Salvador (BA) após os 8 mil quilômetros de travessia.

”O Groupe GCA Mille et un Sourires estava muito rápido e a gente apertava muito para recuperar a ponta. Andamos rápido, mas eles mais”.

”Mesmo assim estou feliz por chegar num local tão especial para a vela como Salvador (BA). Grandes nomes da modalidade aqui brilharam e eu estou feliz por poder competir a Transat Jacques Vabre”, disse Thibaut Vauchel-Camus.

”Chegar em segundo não foi o que procuramos com certeza, mas essa é uma regata com riscos, incertezas, e as vezes convicções”.

”E isso mostra que a competição estava presente e de alto nível. Nunca negligenciamos o valor de outras equipes quando somos favoritos no início.

”A partir do momento em que pegamos o vento de trás, eles foram em um ritmo louco”.

Solidaires En Peloton é um projeto esportivo que escolheu a vela de oceano como prioridade e agora tem a Fundação ARSEP como parceira para aumentar a conscientização sobre pessoas com esclerose múltipla.

Financiado exclusivamente por filantropia, o desafio da vela é uma maneira de reunir patrocinadores em torno de uma causa, oferecer esperança a pacientes com esclerose múltipla, aumentar a conscientização do público sobre esta doença pouco conhecida. 

Veja a posição de todos os barcos da competição

A regata 

A Transat Jacques Vabre Normandie Le Havre largou em 27 de outubro de Le Havre, na Normandia francesa com 59 barcos, um recorde para a competição.

A prova reúne 11 nacionalidades na temporada 2019, a 14ª da história. São três classes na disputa: Class40, Multi50 e IMOCA.

A competição também é conhecida como Rota do Café por parar em um país produtor da comoditie.