Simon Yates vence primeira prova do Tour de France nas montanhas dos Pirineus

0
Simon Yates vence escapado e Tour de France chega às montanhas dos Pirineus (ASO/Tour de France)

Deu Simon Yates (Mitchelton-Scott) no primeiro dia do Tour de France nas montanhas dos Pirineus. A 12ª etapa, nesta quinta-feira (18), teve 209,5 km entre Toulouse e Bagnères-de-Bigorre e, apesar da chegada plana, o percurso teve duas subidas de categoria 1 nos últimos 63,5 km. Já o grupo dos principais favoritos ao título se poupou antes das ascensões mais duras nos próximos dias e Julian Alaphilippe (Deuceninck-QuickStep) manteve com tranquilidade a camisa amarela de líder na classificação geral.

Diferente das últimas etapas, a fuga demorou aproximadamente 40 km para se desgarrar. O pelotão começou em alta velocidade, com os sprinters buscando os pontos verdes da meta intermediária pouco antes da primeira subida de categoria 1, no Col de Peyresourde. Ao todo, 40 ciclistas aproveitaram a morosidade do pelotão e se desgarraram. Melhor para Peter Sagan (Bora-Hansgrohe), que passou em primeiro no sprint e somou pontos para manter a camisa verde.

Sonny Colbrelli (Bahrain-Merida) e Alexander Kristoff (UAE – Emirates) iniciaram o primeiro ataque no Peyresourde, mas foram alcançados por Lilian Calmejane (Total Direct Energie). O francês foi neutralizado por outro grupo com 9 km para o final da subida. O belga Tim Wellens (Lotto Soudal), então, assumiu a liderança e passou em primeiro no alto para somar mais 10 pontos e manter a camisa branca de bolinhas vermelhas de melhor escalador.

Simon Clarke (EF Education First) avançou sozinho na descida e iniciou a escalada do Hourquette d’Ancizan. O australiano foi alcançado por Matteo Trentin (Mitchelton-Scott), mas Simon Yates, Gregor Mühlberger (Bora-Hansgrohe) e Pello Bilbao (Astana) vieram de trás fizeram o ataque decisivo para seguirem juntos até os quilômetros finais. Yates passou a última curva em Bagnères-de-Bigorre na frente e sprintou com mais velocidade para vencer a etapa.

13ª etapa

Antes do início das montanhas mais difíceis, a 13ª etapa do Tour de France, nessa sexta-feira (19), será um contra-relógio individual de 27,2 km com início e fim na cidade de Pau. É a chance de Geraint Thomas (Ineos) mostrar ao que veio e Alaphilippe defender a camisa amarela nos pés dos Pirineus.

L’Etape Brasil

O Tour de France também oferece oportunidades para atletas amadores participarem da prova com a realização do L’Étape pelo mundo. A versão brasileira será disputada em 29 de setembro, na cidade de Campos do Jordão (SP), e terá até 3 mil participantes.
Com a chancela do tradicional Tour de France, o L’Étape Brasil mantém as características de uma parte da corrida francesa. Em 2018, ciclistas de todos os estados brasileiros inscreveram-se na prova, aberta também a atletas amadores.

Classificação da etapa:
1- Simon Yates (Mithcelton-Scott): 4h57’53’’

2- Pello Bilbao (Astana): m/t
3- Gregor Mühlberger (Bora-Hansgrohe): m/t
4- Tiesj Benoot (Lotto Soudal): +1’28’’
5- Fabio Felline (Trek-Segafredo): +1’28’’

Classificação geral:
1- Julian Alaphilippe (Deceuninck – Quick-Step): 52h26’09’’

2- Geraint Thomas (Ineos): +1’12’’
3- Egan Bernal (Ineos): 1’16’’
4- Steven Kruijswijk (Jumbo-Visma): 1’27’’
5- Emanuel Buchmann (Bora-Hansgrohe): 1’45’’

Classificação por pontos:
1- Peter Sagan (Bora – Hansgrohe): 277 pts

2- Sonny Colbrelli (Bahrain-Merida): 191 pts
2- Elia Viviani (Deuceninck-Quick-Step): 184 pts

Classificação de melhor escalador:
1- Tim Wellens (Lotto Soudal): 54 pts

2- Thomas De Gendt (Lotto Soudal): 37 pts
3- Giulio Ciccone (Trek – Segafredo): 30 pts

Classificação do melhor jovem:
1- Egan Bernal (Ineos): 52h27’25’’

2- Enric Mas (Deceuninck – Quick-Step): +30’’
3- David Gaudu (Groupama-FDJ): 3’16’’