Parceria Formula E e Hugo Boss é destaque na Máquina do Esporte

0
Formula E na Máquina do Esporte
Formula E na Máquina do Esporte

Em novembro de 2017, a temporada daquele ano da Fórmula 1 estava chegando ao final quando a Hugo Boss, uma das marcas mais importantes do mundo no ramo da moda, divulgou que estava deixando a Fórmula 1 após quase 40 anos para passar a patrocinar a Fórmula E. À época, a marca alemã explicou a mudança por conta do perfil “inovador e sustentável” da categoria de carros elétricos. E, ao que parece, gostou do que viu nos anos seguintes.

LEIA MAIS: Fórmula E terá grupo de K-pop BTS como embaixador global

LEIA MAIS: Com aprovação da FIA, Fórmula E terá novo status em 2020/2021

Nesta terça-feira (11), a Hugo Boss anunciou a renovação da parceria com a Fórmula E até o final da temporada 2022/2023. Pelo acordo, a marca permanece como parceira oficial de vestuário da categoria e continuará vestindo equipes, executivos e voluntários nos finais de semana de corrida, assim como manterá os naming rights da área VIP (Hugo Boss Emotion Club) em todos os E-Prix. Os valores do novo contrato, assim como os do primeiro assinado no final de 2017, não foram revelados.

Mark Langer, CEO da Hugo Boss (à esquerda) com Jamie Reigle, CEO da Fórmula E (à direita) (Foto: Reprodução / Site (fiaformulae.com))

“Estamos muito satisfeitos em ampliar nosso relacionamento com a Hugo Boss, que foi a primeira marca de estilo de vida a ingressar na Fórmula E na quarta temporada. A ampliação da nossa parceria reafirma nosso compromisso compartilhado de criar um futuro mais sustentável. A Hugo Boss é mais do que nosso parceiro oficial de vestuário, pois reforçam nossa posição como um movimento global de estilo de vida. Com seus embaixadores de pilotos no grid e seu nome em nossa experiência de hospitalidade premium em todos os E-Prix, a Hugo Boss é realmente uma parte da família da Fórmula E”, declarou Jamie Reigle, CEO da Fórmula E.

“Estamos envolvidos no desenvolvimento da Fórmula E desde o início, e temos o prazer de ver como crescemos juntos com sucesso. Juntamente com nossos compromissos compartilhados de excelência e inovação, ambas as marcas incorporam um certo estilo de vida, um elemento da colaboração que fortaleceremos ainda mais com o ‘Hugo Boss Emotion Club’. As próximas três temporadas verão a continuação e o aprofundamento do nosso relacionamento”, afirmou Mark Langer, CEO da Hugo Boss.

Com a renovação com a empresa de moda alemã, a Fórmula E mantém um portfólio que está entre os melhores do esporte mundial em termos de patrocinadores. Além da Hugo Boss, a categoria de carros elétricos ainda conta com o apoio de ABB, Julius Bär, Michelin, Allianz, Bosch, BMW, Saudia, Heineken, DHL, Moët & Chandon e TAG Heuer, entre outras marcas