Norte-americana conquista maior título da carreira com o Minas Tênis Clube

Com boas atuações durante as finais, a agenciada Pro Sports Danielle Cuttino anotou 22 pontos e foi campeã pela primeira vez da competição nacional. 

Em mais uma final mineira, o Minas Tênis Clubes precisou do tie-break para superar o rival Praia Clube e conquistar o tricampeonato da Superliga 2020/2021.

Com boas atuações durante as finais, a agenciada Pro Sports Danielle Cuttino anotou 22 pontos e foi campeã pela primeira vez da competição nacional.

A norte-americana  chegou no Minas Tênis Clube após ganhar a medalha de ouro da Copa Pan-Americana, em julho de 2019, com a seleção de seu país. E já na sua primeira temporada na equipe mineira foi campeã do principal campeonato de clubes da América.

Cuttino foi fundamental no tie-break na final da Superliga, com pontos de ataque e bloqueios que neutralizaram o Praia Clube.

”Fiquei muito feliz por ter contribuído! Estava nervosa no início da partida e só sabia no final, que se eu não aparecesse, não íamos ganhar. Naquele momento, eu senti que não queria me arrepender depois da partida, na vitória ou derrota”, comentou a oposta, que também joga de ponteira.

Com uma derrota na primeira partida da final, a equipe do Minas igualou a disputa na segunda e precisou virar o placar no jogo decisivo, por 3 sets a 2 (25/17, 13/25, 12/25, 25/18 e 15/11).

Por conta da pandemia, a Superliga Feminina optou por uma bolha para preservar as atletas. Juntamente com o elenco do Minas, a norte-americana superou todas as adversidades para levantar seu primeiro título nacional.

”Foi uma sensação incrível! Esse foi meu primeiro título da Superliga, no primeiro ano no Brasil. A corrida dos playoffs foi muito desafiadora mental e fisicamente. Na bolha foi difícil, mas vencer tudo foi uma sensação muito satisfatória”, explicou a atleta.

O acolhimento da equipe e torcida foram fundamentais para o desempenho de Cuttino dentro das quadras. Ao final da temporada, a camisa 20 agradece ao apoio da torcida no título que marcou sua carreira.

”Preciso agradecer o incentivo de todos em Minas. Senti muito amor e  apoio da torcida, mesmo com todos os jogos fechados para os fãs. Essa temporada foi muito difícil com todas as incertezas, mas o vôlei foi o ponto alto da minha experiência no Brasil”, finalizou Danielle Cuttino.

Confira os títulos na carreira de Danielle Cuttino:
Superliga – 2020/2021
Campeonato Mineiro – 2020
Copa Pan-Americana – 2019
Medalha de Prata no Mundial sub-18 – 2013

Compartilhe

Mais posts

Nos envie uma mensagem