Mais de 200 testes da Covid-19 foram realizados na favela Santa Rosa em ação social

0

Mais de 200 testes de Covid-19 foram realizados na favela Santa Rosa, em Sorocaba (SP), neste domingo (4). A iniciativa foi realizada em parceria entre a Central Única das Favelas (CUFA), a startup HCA – Health Control Assistant e o Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal).

Os exames, que foram realizados a partir de uma coleta de sangue, com os resultados liberados cerca de meia hora depois.

Paulo Pan, diretor do HCA, explica que a atividade, que começou por volta das 9h, foi realizada com todas as medidas de segurança. ”Realizamos a medição da temperatura dos moradores, triagem e distribuímos álcool em gel e máscaras, além de orientarmos todos sobre os cuidados para conter a disseminação da doença”.

Dafny Carolina Eduardo, de 23 anos, foi uma das pessoas que realizou o teste. ”É importante saber como a gente está, se temos possibilidade de transmitir a doença. Principalmente porque tenho um bebê de um ano. Então a gente fica preocupada”.

O mesmo cuidado que Luciana Bernardo, 51, busca ter. ”Eu continuo assustada com essa pandemia. Então, é muito bom fazer esse teste e ter como cuidar da saúde, se prevenir”.

O seu Milton Pereira da Silva, de 61 anos, foi um dos primeiros a receber o resultado. Com um sorriso escondido pela máscara, ele conta que ficou contente por não estar contaminado. “A gente fica mais tranquilo. Na idade que eu estou, tem que cuidar porque tudo acontece”.

Ele revela que tem se cuidado desde que começou a pandemia. “Não fico por ai, não vou para aglomeração, uso máscara para se proteger”.

A presidente da CUFA Sorocaba, Drika Martim, ressalta que as pessoas que tiveram a doença confirmada receberão acompanhamento. “De imediato, foi feita a orientação para que as pessoas ficassem em isolamento e já nesta segunda-feira, elas serão encaminhadas para unidade de saúde mais perto. Representantes das Secretárias de Saúde e de Assistência Social de Sorocaba acompanharam a ação para dar o suporte necessário”.

Favela precisa de cuidados

O presidente do SMetal, Leandro Soares, enfatizou a necessidade de olhar para a favela. “A população carente é a que mais sofre em momentos de crise e a que menos receber os cuidados necessários. Enquanto sindicato cidadão, temos o compromisso de contribuir com a sociedade, buscando minimizar os problemas que cidadãos como os da comunidade Santa Rosa enfrentam”.

Drika lembra que a favela Santa Rosa sofre com a falta de estrutura de vários tipos. “São cerca de 200 famílias que moram aqui, sem iluminação pública, saneamento básico, em barracos improvisados. Essas pessoas são as que menos tem acesso aos cuidados como da saúde pública. Precisamos lutar para mudar essa realidade”.

Sobre o SMetal

O Sindicato dos Metalúrgicos de Sorocaba e Região (SMetal) foi fundado em 12 de abril de 1954. A instituição representa metalúrgicos de 14 municípios em negociações por fábrica, na categoria e em períodos de data-base de abrangência estadual.

O SMetal Sorocaba propõe a ser uma entidade classista, com o propósito de contribuir pra o fortalecimento da classe trabalhadora, por meio de solidariedade às lutas de outras categorias profissionais.

Ciente de que as condições sociais adversas anulam conquistas trabalhistas, devido ao encarecimento do custo de vida e à falta de acesso a serviços públicos, a partir de 1992 a direção da entidade implantou o modo de atuação conhecido como Sindicato Cidadão.

O Sindicato Cidadão credencia a organização metalúrgica a se envolver em debates e ações em defesa de direitos sociais, como saúde, educação, cultura, emprego, moradia, comunicação, mobilidade, entre outros.

Sobre a CUFA

A CUFA (Central Única das Favelas) é uma organização brasileira reconhecida nacional e internacionalmente nos âmbitos político, social, esportivo e cultural que existe há 20 anos. Foi criada a partir da união entre jovens de várias favelas, principalmente negros, que buscavam espaços para expressarem suas atitudes, questionamentos ou simplesmente sua vontade de viver.

A CUFA promove atividades nas áreas da educação, lazer, esportes, cultura e cidadania, como grafite, DJ, break, rap, audiovisual, basquete de rua, literatura, além de outros projetos sociais. Além disso, promove, produz, distribui e veicula a cultura hip hop através de publicações, discos, vídeos, programas de rádio, shows, concursos, festivais de música, cinema, oficinas de arte, exposições, debates, seminários e outros meios. São as principais formas de expressão da CUFA e servem como ferramentas de integração e inclusão social.

 

Sobre a HCA

A startup HCA – Health Control Assistant trabalha para a retomada da integração social e econômica. A ferramenta HCA, também chamada de Passaporte Imunológico COVID-19, conta com estrutura tecnológica própria, em nuvem, para garantir total segurança dos dados, além de recursos como telemedicina, disponibilizando aos colaboradores atendimento remoto por chat e vídeo, prontuário eletrônico com acesso online ao histórico dos colaboradores, e aplicação correta dos testes rápidos e RT-PCR.

—–

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

Flavio Perez
📧 flavio@onboardsports.net | redacao@onboardsports.net
📱+55 11 99949-8035
🔛 www.onboardsports.net