Max Guenther conquista a segunda vitoria no Desafio Formula E Race at Home

0

Maximilian Guenther da BMW i Andretti Motorsport venceu neste sábado (02) o segundo eprix virtual do Desafio Fórmula E Race at Home, desta vez disputado em um circuito de rua inédito para todos os pilotos, batizado de Electric Docks, baseado em Nova Jersey, nos Estados Unidos.

O jovem piloto alemão, que havia sido o vencedor da etapa inaugural do desafio no último fim de semana, repetiu a grande atuação e venceu sem correr grandes riscos, seguido pelo holandês Robin Frijns (Envision Virgin Racing) e pelo alemão Nico Mueller (GEOX Dragon).

Assim como ocorreu na prova de abertura da competição virtual da Fórmula E em apoio a UNICEF no combate a pandemia de COVID-19, o belga Stoffel Vandoorne (Mercedes Benz EQ) conquistou a Julius Baer Pole Position, largando a frente de Maximilian Guenther que ficou na segunda posição.

Os alemães André Lotterer (TAG Heuer Porsche) e Pascal Wehrlein (Mahindra Racing) largaram na segunda fila.

“As primeiras duas voltas foram caóticas, com muito contato e com empurrões por toda parte. Fiquei feliz por ter escapado ileso dos acidentes e por assumir a liderança logo após as primeiras curvas, porque foi muito difícil sobreviver à bagunça na primeira chicane”, disse o alemão vencedor.

E assim como ocorreu na prova virtual anterior, outra vez um erro de Vandoorne custou a liderança da prova.

Desta vez, o erro do piloto belga foi na primeira curva, onde acabou batendo no muro e com isso, caiu para a quarta colocação. Guenther assumiu a ponta, seguido por Lotterer e Werhlein.

Lotterer também voltou ter a problemas de conectividade, assim como ocorreu com ele na primeira prova virtual do desafio, e caiu para às últimas posições.

O líder da sexta temporada, o português Antonio Félix da Costa (DS Techeetah), largou apenas na 23º posição e foi eliminado nas primeiras voltas, por conta do formato “race royale”.

Na liderança da prova ainda na primeira volta, Guenther foi brevemente ameaçado por seu compatriota Wehrlein, da Mahindra Racing, que chegou a diminuir a diferença para três décimos antes de bater no muro e deixar o jovem alemão da BMW i Andretti Motorsport com uma corrida livre até a bandeirada.

Entre os brasileiros, Felipe Massa (ROKiT Venturi Racing) outra vez largou na 13º posição mas desta vez, não conseguiu realizar uma boa largada e chegar no Top-10, sendo eliminado no decorrer da prova.

Já Lucas di Grassi largou em 20º e até esboçou uma corrida de recuperação, mas terminou na 13ª colocação.

No início deste segundo dia de provas virtuais do Desafio Formula E Race at Home, o búlgaro Peyo Peev conquistou uma vitória dominante na Challenger Race, liderando do início ao fim travando uma intensa batalha contra o favorito, Kevin Siggy.

O piloto vencedor no final da série Challenger terá a oportunidade de realizar uma volta rápida na pista real em um carro de Fórmula E quando a temporada oficial recomeçar.

Com a vitória deste sábado, Guenther amplia sua vantagem na liderança do Desafio Formula E Race at Home sobre os demais desafiantes e dispara como o grande favorito para a próxima etapa que será realizada no próximo sábado (09) às 11h30 (horário de Brasília).