Franceses elogiam organização brasileira do L’Étape

0
Diabo do Tour. Foto: Fotop
Diabo do Tour. Foto: Fotop

Empresa promotora do Tour de France esteve presente em Campos do Jordão para quinta edição brasileira da prova.

O L’Étape Brasil vem ganhando elogios dos organizadores do Tour de France, considerada a maior e mais tradicional prova de ciclismo de estrada do mundo.

A quinta edição do evento foi realizada neste domingo (29), em Campos do Jordão (SP) com mais de 2.400 ciclistas pedalando nos percursos de 107 e 66 quilômetros.
A A.S.O. Amaury Sport Organisation esteve presente no interior de São Paulo acompanhando toda a operação do L’Étape Brasil, desde a montagem do Village, passando pela sinalização da pista, área técnica e de segurança.
Ao todo, operaram 12 ambulâncias, 1 helicóptero, 15 motos de apoio, 7 pontos de suporte mecânico fixos e 6 veículos para suporte móvel da Shimano Brasil espalhados pelo percurso.
A versão verde-a-amarela do Tour de France foi aprovada novamente pelos franceses, que além da prova de ciclismo de estrada promove outros mega-eventos como o Rally Dakar, Vuelta de España, Paris Roubaix e Maratona de Paris.
O diretor do L’Étape Series, Emilien Bordet, disse que o evento brasileiro melhora a experiência para os ciclistas a cada ano. ”Foi mais uma edição realmente incrível para os ciclistas. E tem sido assim desde a primeira edição. Na minha opinião, é a prova que mais gosto em comparação com as outras séries globais do L’Étape”.
”Eu venho todos os anos com muita expectativa ao Brasil! Gostei muito do percurso em Campos do Jordão. Foi uma experiência sensacional”, completou Emilien Bordet.
Na edição 2019, os vencedores do percurso de 107 km puderam escolher como prêmio qual etapa fazer fora do País.
Otávio Bulgarelli optou pela prova da Califórnia, nos Estados Unidos. Já Nadine Gill preferiu o L’Étape Brasil, que será disputado em 27 de setembro de 2020. A ciclista alemã, que exerce a função de diplomata, voltará ao seu país no ano que vem.
Os representantes do L’Étape Brasil trabalham anualmente em parceria com os franceses do Amaury Sport Organization para a realização das provas brasileiras. ”A execução e a entrega para os ciclistas do L’Étape Brasil é de padrão internacional. É um dos maiores eventos do calendário esportivo da América Latina e o nível de exigência aumenta a cada ano”, contou o medalhista olímpico Bruno Prada, que é o diretor geral da prova.
”Como sempre digo, o L’Étape é o Brasil que deu certo”.
L’Étape pelo mundo
Além do Brasil, o evento chancelado pelo Tour de France visita anualmente Austrália, China, Colômbia, Estados Unidos, Marrocos, México, Reino Unido, Suíça e Tailândia.A França, país sede da prova, também abre espaço aos amadores pedalarem no mesmo percurso dos profissionais! A cada ano, desde 1993, o pelotão reúne de 15.000 ciclistas de 50 nacionalidades. É considerado o maior evento de ciclismo da Europa.

A Amaury Sport Organization, empresa representada por Emilien Bordet, projeta e organiza os principais eventos esportivos internacionais. Especializada em competições ‘outside’, ou seja, ao ar livre, a A.S.O. opera em 25 países e faz mais de 90 competições. A organização é uma subsidiária do Amaury Group, que também é dona do jornal L’Equipe.

Mais informações: