ABB Formula E: Mitch Evans supera Andre Lotterer e vence o 2019 GEOX Rome ePrix

0
Divulgação/Formula E

A quinta temporada da ABB Formula E segue equilibrada com sete vencedores diferentes nas sete provas realizadas até o momento.

O neozelandês Mitch Evans (Panasonic Jaguar Racing) ganhou 2019 GEOX Rome ePrix, disputado neste sábado (13), nas ruas da capital italiana. Entre os brasileiros, Lucas di Grassi (Audi Sport ABT Schaeffler) ficou na sétima colocação e Felipe Massa (Venturi Formula E Team) abandonou por problemas no seu carro elétrico.

Foi a primeira vitória da Panasonic Jaguar Racing na categoria. O brasileiro Nelson Piquet Jr. era companheiro de Mitch Evans até a corrida passada, mas foi dispensado em comum acordo após resultados ruins.

“Não tenho palavras para descrever, o começo foi muito difícil. É uma sensação especial por tudo que fizemos na corrida, o controle no gerenciamento de energia. A equipe esta de parabéns!”, descreveu Mitch Evans após a prova.

“O Lotterer é o piloto mais difícil de ultrapassar. No começo pensei que não conseguiria, mas depois adotei uma tática diferente e consegui, foi uma disputa limpa. Errei no modo ataque, mas consegui manter um bom ritmo e consegui ficar com a mente limpa para vencer.”

Engavetamento argentino

Na largada, André Lotterer (DS Techeetah) se manteve em primeiro, seguido por Mitch Evans (Panasonic Jaguar Racing) e Stoffel Vandoorne (HWA Racelab), que largou bem e pulou para a terceira colocação. Sébastien Buemi (Nissan e.Dams) subiu para a 4ª colocação após um erro de José Maria Lópes (GEOX Dragon).

Entre os brasileiros, Felipe Massa (Venturi Formula E Team) subiu para sétimo, enquanto Lucas di Grassi (Audi Sport ABT Schaeffler) pulou para a 11ª posição.

Com a pista molhada, o inicio da prova foi caótica, principalmente para ambos os carros da GEOX Dragon. O alemão Maximilian Günther rodou sozinho e acertou a barreira de proteção, danificando o carro.

Por sua vez, José Maria Lópes (que já havia cometido um erro na largada errando o tempo de freada na primeira curva) acertou o carro de Sam Bird, que ficou com a suspensão danificada. Na sequência, o argentino bateu sozinho em uma curva, causando um incidente com mais nove carros que vinham logo atrás e paralisando a prova.

O ePrix ficou mais de 30 minutos parado para reorganização.

Quando a prova recomeçou, Andre Lotterer e Mitch Evans se destacaram dos demais e passaram a disputar curva a curva a liderança da prova. O piloto neozelandês da Panasonic Jaguar Racing esperou o momento certo, e em uma boa manobra, tomou a primeira colocação do piloto alemão.

“Foi uma corrida muito boa, mas infelizmente o Evans venceu. Tentei me defender, mas ele estava mais rápido. O começo foi bom, queria muito vencer mas não foi desta vez. Não tinha muito o quê fazer para evitar a ultrapassagem. Foi um fim de semana positivo, vamos tentar na próxima”, comentou André Lotterer.

Um pouco mais para trás, os pilotos da Venturi Formula E Team passavam sufoco. O suíço Edoardo Mortara viu o carro ficar devagar e parou em uma área de escape. Na volta seguinte, o outro carro da equipe monegasca, do brasileiro Felipe Massa também parou em um canto da pista, e o brasileiro ficou a pé.

E Mitch Evans conseguiu se manter na liderança até o final, seguido por André Lotterer e pelo belga Stoffel Vandoorne, que conquistou o primeiro pódio da novata HWA Racelab na ABB Formula E.

“É um resultado que merecíamos muito, a corrida teve um bom ritmo e finalmente somei alguns pontos. Tivemos azar no começo da temporada e agora chegamos ao pódio. As coisas melhoraram para o nosso lado, conseguimos gerenciar bem a energia. Fiquei assustado na parte final da prova, mas deu tudo certo e vamos tentar converter isso em pontos a partir de agora”, comentou Stoffel Vandoorne, que conquistou seu primeiro pódio na ABB Formula E.

Disputa segue equilibrada pela liderança

Entre os pilotos que venceram as etapas anteriores, Jean-Eric Vergne (DS Techeetah) fez uma boa prova de recuperação, mas acabou sendo punido com um drive through e caindo para a 14ª colocação. Lucas di Grassi terminou na sétima posição e se aproximou da liderança, que agora pertence ao belga Jérôme DÁmbrosio (Mahindra Racing), que fechou o 2019 GEOX Rome ePrix na oitava colocação. Logo atrás dele, ficou o português Antonio Felix da Costa (BMW i Andretti Motorsport), em nono lugar e com a segunda colocação no mundial. Sam Bird não terminou entre os dez primeiros.

A imprevisibilidade também ocorre nas pole positions, que não teve um piloto repetido. Além disso, das 11 equipes do campeonato, sete saíram vencedoras. Até mesmo na questão de nacionalidades, tivemos sete países diferentes no lugar mais alto do pódio.

A próxima etapa será em Paris, na França, em 27 de abril.

Classificação do Mundial de Pilotos após seis etapas:

1º Jêromé D’Ambrósio (BEL) – Mahindra Racing: 65 pontos

2º Antônio Félix da Costa (POR) – BMW i Andretti Motorsport: 64 pontos

3º André Lotterer (ALE) – DS Techeetah: 62 pontos

4º Mitch Evans (NZL) – Panasonic Jaguar Racing: 61 pontos

5º Lucas di Grassi (BRA) – Audi Sport ABT Schaeffler: 58 pontos

6º Robin Frijns (HOL) – Envision Virgin Racing: 55 pontos

7º Jean-Eric Vergne (FRA) – DS Techeetah: 54 pontos

8º Sam Bird (GBR) – Envision Virgin Racing: 54 pontos

9º Edoardo Mortara (SUI) – Venturi Formula E Team: 52 pontos

10º Daniel Abt (ALE) – Audi Sport ABT Schaeffler: 44 pontos

11º Pascal Wehrlein (ALE) – Mahindra Racing: 37 pontos

12º Oliver Rowland (GBR) – Nissan e.Dams: 35 pontos

13º Sébastien Buemi (SUI) – Nissan e.Dams: 30 pontos

14º Stoffel Vandoorne (BEL) – HWA Racelab: 18 pontos

15º Alexander Sims (GBR) – BMW i Andretti Motorsport: 18 pontos

16º Felipe Massa (BRA) – Venturi Formula E Team: 15 pontos

17º Oliver Turvey (GBR) – NIO Formula E Team: 06 pontos

18º Gary Paffety (GBR) – HWA Racelab: 04 pontos

19º José Maria López (ARG) – GEOX Dragon: 02 pontos

20º Nelson Piquet Jr. (BRA) – Panasonic Jaguar Racing: 01 ponto

 

Classificação Mundial de Construtores após cinco etapas:

1º DS Techeetah (CHI) – 116 pontos

2º Envision Virgin Racing (GBR) – 109 pontos

2º Audi Sport ABT Schaeffler (ALE) – 102 pontos

4º Mahindra Racing (IND) – 102 pontos

5º BMW i Andretti Motorsport (EUA) – 82 pontos

6º Venturi Formula E Team (MON) – 67 pontos

7º Nissan e.Dams (JAP) – 65 pontos

8º Panasonic Jaguar Racing (GBR) – 62 pontos

9º HWA Racelab (ALE) – 22 pontos

10º NIO Formula E Team (GBR) – 06 pontos

11º GEOX Dragon (EUA) – 02 pontos