Escolinha de triathlon transforma a vida de dois irmãos

0
Irmãos no triathlon

Estreantes do projeto paranaense, referência na educação por meio do esporte e no desenvolvimento das categorias de base, mostram que nasceram para o triathlon

Angelina e Nicolas Carvalho já nasceram atletas. Estreantes da Escolinha de Triathlon Formando Campeões nesta temporada, os irmãos se destacam pelo biotipo privilegiado e a facilidade de aprendizado. Mesmo com apenas 11 e 12 anos, respectivamente, os dois competem de igual para igual com atletas bem mais velhos e têm suas primeiras vitórias nas competições.

Apesar da pouca idade, Angelina conhece bem a rotina intensa de treinos. Afinal, quando chegou à Escolinha no início do ano, a curitibana acumulava quatro anos de prática na ginástica artística, modalidade que desenvolveu tanto sua flexibilidade quanto a capacidade de concentração e dedicação.

“A primeira impressão que tive da Angelina foi excelente. Ela já chegou com essa personalidade de atleta internalizada, graças à ginástica artística. Mas, aos nove anos, teve duas lesões sérias. Fraturou o rádio e a ulna, no antebraço, por duas vezes. Por isso os pais sugeriram mudar de esporte, e ela migrou para o triathlon”, conta o treinador Fábio Marturano. “A Angelina é bem focada e dedicada, e tem uma facilidade natural, principalmente na corrida. Corre sorrindo, como se flutuasse na pista. Achamos que terá um futuro brilhante. Eu, particularmente, penso que será a nossa nova Gabi.”

Triathlon nas Olimpíadas e veterinária

Gabi, como é conhecida Gabrielle Lemes, é uma das principais atletas do grupo de alto rendimento da Escolinha de Triathlon, campeã sul-americana júnior de 2018 e revelação brasileira do esporte. Não por acaso, é quem mais inspira Angelina. Assim como Gabi, a atleta mirim é determinada. Quando perguntada sobre seus objetivos, ela não hesita na resposta: “Quero chegar às Olímpiadas, representar o Brasil e ser campeã.”

Angelina sofreu na última etapa do Circuito Renault de Triathlon, em decorrência de uma gripe forte nos dias anteriores. “A corrida me judiou. Mas peguei fôlego e consegui terminar”, conta a menina com maturidade de atleta profissional, quinta colocada na prova, realizada no dia 19. Logo no dia anterior, Angelina já tinha conquistado o primeiro lugar no Aquathlon da APMG. Além disso, foi a quinta colocada geral na etapa de Florianópolis do Brasileiro Infantil de Triathlon, no dia 4.

Fora das competições, contudo, a rotina e os desejos dela são bem mais simples. “O esporte me ajudou a ter mais confiança, muitos amigos na equipe. Também me deu mais ânimo ainda para estudar. Quero ser veterinária”, conta. “Tenho uma vida muito legal, não quero mudar nada. Só queria um gatinho. Nós temos um cachorro em casa, e por isso meu pai não quer um gato.”

Entre o triathlon e o judô

Nicolas, de 12 anos, também surpreendeu logo que chegou à Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Por ser fisicamente bem desenvolvido, alto e muito musculoso, passa com facilidade por um atleta bem mais velho.

“Às vezes eu passava para ele o treinamento para garotos de 15 anos, e ele me lembrava que só tem 12,” conta o treinador Fábio Marturano. “E o Nicolas já começa a acompanhar os garotos de 15 anos, mesmo sem técnica, só na força pura. Ele ainda está decidindo se quer seguir no triathlon, mas se definir, é um menino também com um futuro brilhante pela frente.

O jovem atleta tem entre suas conquistas a medalha de ouro na etapa de Florianópolis do Brasileiro Infantil de Triathlon, o bronze no Aquathlon da APMG e o quarto lugar no Circuito Renault de Triathlon. Ao mesmo tempo, mostra um bom desempenho em outra modalidade: o judô. Nicolas já é faixa laranja nessa arte marcial.

Esporte em família para transformar e ensinar

O esporte mudou a a história de Angelina e Nicolas, uma história que podia ter sido bem diferente, se eles não tivessem sido adotados logo aos 3 e 4 anos, respectivamente, por Mário Henrique Carvalho Silva e Sandra Regina da Silva, ele trabalhador da construção civil, ela bancára. E foi Mário o responsável por apresentar os dois ao triathlon. Triatleta amador há mais de dez anos, ele enxergou nos filhos o potencial para o esporte.

“Eles sempre foram atletas, desde pequenininhos. Eu busquei levá-los para praticar atividades físicas como uma diversão saudável, que os deixasse mais tempo fora de casa e também trouxesse responsabilidade. Eles também gostam de música. O Nicolas toca violão, e a Angelina toca piano. Quero que eles façam coisas prazerosas, tanto a música como o esporte. Que eles tenham desafios, mas desafios prazerosos, lições que possam levar pra vida”, destaca.

Mário entende de desafios. Porque foi depois de quase morrer afogado no mar que ele decidiu praticar triathlon. “Eu tinha muito medo do mar. Como já corria e gostava de pedalar, resolvi superar esse medo juntando as modalidades que praticava. Minha maior conquista foi quando consegui entrar no mar para competir.”

Apesar dessa experiência, Mário garante que são os filhos que o ensinam mais, hoje em dia. E é quando os três entram no mar juntos que ele se sente mais seguro. “Com eles, consigo superar meus medos e nadar com mais tranquilidade. Talvez por ter mais responsabilidade em cuidar dos dois. Os desafios ficam mais fáceis de superar ao lado deles.”

Formando Campeões

Atualmente, a Escolinha recebe 60 alunos da rede pública de ensino no Colégio da Polícia Militar do Paraná, visando inserí-los em um dos esportes ao ar livre que mais vem se popularizando nos últimos tempos. As crianças contam com todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade. Em quatro anos, o projeto ajudou a desenvolver as categorias de base do esporte no Paraná, e atuou como aliado na inclusão e educação dos jovens talentos.

Escolinha de Triathlon Formando Campeões foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon, do Colégio da Polícia Militar do Paraná e da Prefeitura de Curitiba. Os patrocinadores são Eletrolux, Condor, Astra, Tradener, Castelo e Elejor.

 

Curta a Fã page – Escolinha de Triathlon – Formando Campeões