Escola do ABC recebe peça inédita para crianças e adolescentes com deficiência auditiva

A Cia Metrópole de Teatro foi até o EMEBB Neusa Bassetto, escola referência em aulas para surdos, apresentar a peça "Pedro,Pedrinho... Zóinho"

0

A Cia Metrópole de Teatro apresentou, nesta quarta-feira (5), a peça infantil “Pedro, Pedrinho… Zóinho” com adaptação em libras para os alunos do EMEBB Neusa Bassetto, escola referência em educação para surdos, em São Bernardo do Campo (SP).

O elenco formado por Glaura Lacerda, Charlene Chagas, Márcio Delucca e Poliana Mendes ganhou o reforço do interprete de libras Fabiano Campos, que conseguiu ajudar os jovens a compreender todo o espetáculo.

Foi a primeira vez que a companhia, com 10 anos de atividade, fez uma peça teatral dedicada às crianças com deficiência auditiva.

”É muito gratificante interpretar uma peça para crianças com deficiência auditiva. Eles estão inseridos de fato. A arte e o teatro precisam ser para todos!”, disse o interprete de libras Fabiano Campos. 

O espetáculo falou sobre a vida de Pedrinho, um garoto que sofre com piadas e brincadeiras dos companheiros de sala. A peça, além do bullying, tratou de temas como ecologia e meio ambiente.

”Dia histórico para a Cia Metrópole de Teatro. É sempre muito bom levar as mensagens de conscientização às crianças! Estamos emocionados e queremos repetir várias vezes a peça”, comemorou Adriano Veríssimo, diretor e escritor da peça infantil.

”Foi completamente diferente. A gente queria que eles entendessem tudo. Foi inovador e mexeu com todos os atores”, contou Charlene Chagas, que interpreta o garoto Miguel.

Sobre a Cia Metrópole de Teatro

O ano de 2019 é especial para Cia Metrópole de Teatro, que completa 10 anos no mercado de espetáculos infantis e cinema.

A companhia tem 15 obras educativas apresentadas para crianças e adolescentes, entre elas a “Pedro, Pedrinho… Zóinho”, que está em cartaz em escolas públicas São Bernardo do Campo (SP) por meio da Lei de Incentivo a Cultura.

As peças da Cia Metrópole de Teatro foram apresentadas para mais de 400 mil pessoas no Brasil inteiro, desde o Amapá até o Rio Grande do Sul.

Os atores da companhia visam levar a cultura ao público que não têm acesso ao teatro e arte.

O grupo é formado por atores, arte-educadores, profissionais de cinema e produção. A cia de teatro também fez produção de cinema internacional.

Apesar dos últimos trabalhos direcionados ao público infantil, a Cia Metrópole de Teatro fez peças dedicadas a adultos também, inclusive o espetáculo teatral “Estapafúrdia”.

A peça foi realizada em 2013, no teatro Comune, em São Paulo (SP) e ganhou destaque no segmento. ”Foi uma comédia sarcástica que atingiu bons resultados para a companhia”, completou Adriano Veríssimo.

Após a apresentação de “Pedro, Pedrinho… Zóinho”, a Cia Metrópole de Teatro ficará focada somente na peça de comemoração dos 10 anos. O espetáculo tem o nome de “Danos” e está na fase de montagem para exibição a partir do segundo semestre. “Danos” vai abordar, entre outros temas, a violência doméstica!

A Cia Metrópole de Teatro faz trabalhos e ações sociais culturais e artísticas dentro de empresas e organizações. O foco em performance e trabalho em equipe, segundo Adriano Veríssimo, jogam junto com o bom humor das peças.

Saiba mais sobre a Cia Metrópole de Teatro — https://www.ciametropole.com.br/

————

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

🔛 Gabriel Diodato
📧 gabriel@onboardsports.net | redacao@onboardsports.net
📱+55 11 985429356
🔛 www.onboardsports.net