Sergio Batarelli escreve ao L! sobre atual momento do boxe

Por Sérgio Baterelli, manager de Esquiva Falcão e Robson Conceição e CEO do Boxing For You

0

Momento atual do boxe brasileiro

Por Sérgio Baterelli, manager de Esquiva Falcão e Robson Conceição e CEO do Boxing For You

Olá!  Aqui é o Sérgio Batarelli, e na coluna de hoje quero falar um pouco sobre o momento atual do boxe brasileiro. Fazia tempo que o boxe no Brasil não passava por um momento tão próspero, de ter vários brasileiros classificados nos rankings mundiais com chances reais de disputar os títulos e vencerem, tornando-se assim campeões mundiais.

O grande condutor dessa nova fase foi o Boxing For You, que começou em 2017, e que fomentou novamente o boxe no país a outro nível, com uma produção internacional, com boas lutas, o que começou a incentivar outros promotores a promoverem a nobre arte.

Acabou aquela história de pensar que o Brasil só tem MMA, começaram a enxergar o boxe como o que ele realmente é e dando o seu devido espaço, por isso estou muito feliz. Mesmo com algumas pedras no caminho, como por exemplo a luta do Yamaguchi Falcão desta quinta-feira (02), em que ele perdeu por decisão para o americano Christopher Pearson em Las Vegas. Mas isso é só um passo para trás. Não tenho dúvidas de que Yamaguchi vai se recuperar dessa derrota.

Um exemplo de superação é do lutador Patrick Teixeira. Ele perdeu uma estreia importante nos Estados Unidos por nocaute no primeiro round e depois se reinventou.  O promotor dele o apoiou e o colocou para lutar de novo. Ele lutou e conquistou o título latino, entrou no ranking de novo, foi melhorando, fez uma outra luta pela Golden Boy, ganhou por pontos e agora é o segundo colocado do ranking mundial.

São lutadores que estão com uma carreira fora do Brasil, estão acostumados a lutas difíceis e decisões difíceis. Hoje nós temos o Patrick, e mais perto do título, eu diria, está o Esquiva Falcão. Esquiva luta de novo no dia 12 de julho em Osaka, no Japão na preliminar da revanche entre Rob Brant e Ryota Murata. A promessa é de que o Esquiva ganhe essa luta no Japão e que ele desafie quem ganhar a luta entre o Murata e o Brant, então acredito que no fim do ano, ou até o início do ano que vem, ele lute valendo o título do mundo.

Estamos muito bem encaminhados, o Robson Conceição é outro lutador que está vindo com força total. Ele vem de uma vitória maravilhosa no primeiro round no Boxing For You em Mangaratiba no Rio de Janeiro em março, e agora vai lutar de novo no dia 8 de junho na cidade de Reno em Nevada (EUA) na preliminar do Oscar Valdez, um possível adversário para ele.

O boxe brasileiro está em um momento maravilhoso, assim como o Boxing for You. Vamos para a sexta edição em junho, ainda sem local definido. A luta principal será da medalhista olímpica Adriana Araujo, que lutará contra uma argentina pelo título latino. Se vencer, ela já conquista a oportunidade de disputar o título do mundo, rápido assim por conta da medalha olímpica que ela tem. Acredito que ela esteja muito bem preparada e que será campeã mundial muito rápido.

Estamos trabalhando firme por aqui e acredito que 2020 será o ano dos campeões mundiais brasileiros no boxe profissional!