Atletas e treinadores agenciados pela On Board sobre adiamento de Tóquio 2020

0

O Comitê Olímpico Internacional (COI) e o governo japonês  confirmaram o adiamento de Tóquio 2020 para 2012.

A cerimônia de abertura olímpica estava marcada para o dia 24 de julho. Já a do evento paraolímpico agendada para 25 de agosto.

Foi é a primeira vez na história dos Jogos Olímpicos de verão que o evento é adiado.

Em outras ocasiões parou por causa das duas Guerras Mundiais.

Os atletas e treinadores agenciados pela On Board Sports falaram sobre o tema.

O vídeo do nosso canal do Youtube está no link ao lado — https://youtu.be/6sCCfB_EY6g

 

Thiago Pereira, medalhista olímpico

– Acho que esse adiamento foi mais um motivo para a gente ver que a coisa não está tão simples igual todo mundo imaginava. Foi realmente a decisão mais acertada pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), até pelo fato de toda preparação dos atletas está todo mundo em casa, então fica complicado em termos de desempenho, realização das seletivas, etc.

– Então, acredito que foi de grande acerto, parabéns ao Comitê Olímpico Internacional! De estar adiando isso para verão do ano que vem em 2021. Então, acho que agora todo mundo pode ficar tranquilo em casa, quietinho e a gente tentar cada vez mais baixar essa curva e nos proteger, que acho que é essa nossa grande função e acho que é isso que a gente tem que estar fazendo agora, valeu!

Esquiva Falcão – medalhista olímpico

– Achei bastante importante isso acontecer, porque os atletas precisam estar focados, concentrados, não estarem preocupados com nada, com a torcida, porque vai reunir os melhores atletas do mundo. Então, nada pode atrapalhar uma competição muito importante para o mundo

– Muitos atletas não tem condições de treinar em casa estão parados, então acho essa decisão de adiar as Olimpíadas para 2021 foi a melhor decisão tomada. Porque agora os atletas podem resolver o que precisa ser resolvido e se proteger do coronavírus.

– A torcida também, que vai estar presente, poderá se cuidar nesse momento! Não terá risco sobre o coronavírus, então foi a melhor decisão tomada. Os atletas precisam estar treinando, focados somente para essa competição, então quero dar os parabéns para o Comitê Olímpico Internacional!

– Agora, é se cuidar nesse período, voltar a treinar o mais rápido possível, entrar no foco, treinar ao máximo e conquistar a medalha para o Brasil, valeu! Grande abraço, agora é se cuidar! Lavar as mãos, proteger as pessoas que estão próxima, ficar de quarentena em casa e desejo o melhor para todos!

Jorge Zarif – VELA

– Foi uma decisão que todos que possuem uma consciência do que está acontecendo sabem que deveria ser tomada. Óbvio que deve ser uma decisão difícil adiar os jogos Olímpicos, nunca aconteceu na história de adiar, aconteceu por conta das guerras mundiais. Então na minha opinião, era a única opção viável possível postergar um ano.

Grummy, atleta olímpico do polo aquático

– Estou passando aqui em agradecimento ao adiamento dos jogos Olímpicos Tóquio 2020. Para nós atletas era a coisa mais sensata a ser feita pensando nessa pandemia que está atormentando o mundo, era uma coisa que nós atletas queríamos, e graças a Deus que o Comitê Olímpico Internacional (COI) acatou essa decisão.

– Agora, basta cada um fazer sua parte ficando em casa, se prevenindo, treinando em casa também. Porque daqui a pouco saberemos a data certa, Tóquio 2021 passa ser nosso sonho, mas nosso principal sonho nesse momento é um mundo melhor, com mais saúde e as pessoas se cuidando mais.

– Então vamos ser conscientes, vamos colocar a mão na cabeça antes de fazer alguma coisa que estão pedindo para não fazer. Porque o nosso objetivo é com o mundo agora, com a sua família, com a minha família, por todos nós, valeu!

Matheus Gonche, natação

– Nós atletas conseguimos um tempo valioso para se preparar, treinar mais e consequentemente conseguir dar um resultado melhor, tanto nas seletivas, como é o meu caso, que a natação não ocorreu, iam ser selecionados os atletas para as Olimpíadas.

– Como para os atletas que  estão selecionados, mas não estão conseguindo treinar, a decisão foi em conjunto, tomada pelo primeiro Ministro do Japão e o presidente do Comitê Olímpico Internacional trazendo um grande alívio para milhares de atletas e confederações, que pediam encarecidamente pelo adiantamento da Olimpíada. É isso, fico por aqui e se cuidem!

André Avallone, técnico da seleção brasileira de polo aquático

– Foi um pedido da maioria dos atletas de todo mundo, que fizeram uma campanha. Quero parabenizar os atletas! Acho que todas seleções não estavam preparadas para jogar os jogos Olímpicos que ia começar em julho, muito menos um pré-olímpico que ia começar em maio.

– Acredito que foi uma decisão muito acertada do Comitê Olímpico Internacional e com certeza a gente vai ter muito tempo para nos preparar para o pré-olímpico. A gente ainda não tem data, mas com certeza a gente vai ter condições de disputar uma vaga, abraços!

Alberto Silva, técnico da seleção brasileira de natação

– Bom, primeiro lugar achei a melhor decisão! Primeiro, porque vai de encontro a tudo aquilo que a gente está vendo no mundo e agora no Brasil uma preocupação grande com a saúde.

– Não apenas dos atletas, mas de todas as pessoas, familiares e a conscientização como sociedade da gente colaborar para o mínimo avanço que esse vírus possa ter. Então acho que nesse sentido, agora, as ideias estão alinhadas e todo mundo pode estar andando na mesma direção.

– Olhando o lado dos atletas, com as restrições que aconteceram seja aqui no Brasil mesmo que fosse mais leve, a gente vendo o que acontece na Europa, China e Estados Unidos não seria o mesmo espírito de outros jogos Olímpicos.