Campeã mundial, Rose Volante se mantém no topo do mundo em 2018

0

Rose Volante, primeira brasileira campeã mundial de boxe, encerra a temporada 2018 em alta. A atleta fez duas defesas de cinturão neste ano, saindo com duas vitórias e se estabelecendo ainda mais como a melhor do mundo na categoria peso leve (até 61 kg).

Os resultados de 2018 deixaram Rose Volante no topo dos rankings da WBC e WBO.

A atleta fez sua primeira defesa do título em Santos (SP), em abril. Rose Volante venceu a luta contra a panamenha Lourdes Borbua, que jogou a toalha em sinal de desistência antes do início do sexto round.Foto: Ivan Storiti

Sua segunda defesa de título foi em setembro, na Praia Grande (SP). A luta, contra a colombiana Yolis Marrugo foi vencida por nocaute técnico no terceiro round.

“Estou vivendo um momento incrível na minha carreira. Já é difícil conquistar um título mundial, e mais ainda mantê-lo, para isso tenho dedicado minha vida”, comenta Rose Volante, treinada por Felipe Moledas em Santos e Tony Antonio Pereira em São Paulo.

O cinturão do peso-leve (até 61kg) foi conquistado por Volante em dezembro de 2017, contra a argentina Brenda Carvajal, em Jujuy, na Argentina.

‘The Queen’, como é conhecida, projeta agora um ano cheio de lutas e mais vitórias. Até agora, na carreia profissional, a atleta soma 14 vitórias em 14 lutas, sendo oito delas por nocaute.

“Tenho treinado muito e me preparando bastante para subir mais uma vez e dar o meu melhor. Conto com a presença e torcida de todos em todas as lutas que eu fizer “!, finaliza Rose Volante, que planeja a próxima luta já para os primeiros meses do ano.

Sobre Rose 

Rose Volantê é a primeira brasileira campeã mundial de boxe pelo Conselho Mundial de Boxe (WBO). A atleta começou sua trajetória no boxe aos 26 anos.

Como atleta amadora, ela foi campeã paulista quatro vezes, brasileira três vezes e quatro vezes campeã dos Jogos Abertos no interior paulista. Foi convocada para a Seleção Brasileira de Boxe e campeã sul-americana no Chile, em 2011. No mesmo ano ela ficou em sétimo lugar no Mundial da China.

Em 2012 ela foi medalha de prata no Pan-americana de boxe no Canadá. No mesmo ano, Rose foi reserva da Seleção Brasileira nas Olimpíadas de Londres e em 2013 tornou-se campeã europeia.

Em 2014, aos 31 anos, decidiu entrar para o boxe profissional. Na sua trajetória profissional, Rose foi campeã paulista, campeã internacional duas vezes, campeã latina também por duas vezes e campeã mundial dos pesos-leves pela OMB (Organização Mundial de Boxe), uma das quatro principais entidades gestoras do boxe profissional.

Na disputa pelo cinturão, Rose venceu a luta contra a argentina Brenda Carabajal em dezembro de 2017.

———–

Katarine Monteiro
📧 katarine@onboardsports.net | redacao@onboardsports.net
📱+55 11 99217-6474
🔛 www.onboardsports.net