Juraci Moreira leva case de Escolinha de Triathlon para Tocantins

0
341

Mesmo fora das provas de triathlon, o atleta olímpico Juraci Moreira segue levantando a bandeira da modalidade e proporcionando às novas gerações condições para a prática em alto-nível. Idealizador e padrinho de projetos incentivados como a Escolinha de Triathlon Formando Campões, o atleta foi um dos palestrantes do seminário sobre a Lei de Incentivo ao Esporte, que ocorreu nesta segunda-feira (27), em Palmas (TO). O evento aberto ao público foi realizado pela Comissão do Esporte da Câmara dos Deputados em parceria com o Ministério do Esporte. O debate foi proposto pelo deputado federal César Halum (PRB-TO) e teve também as presenças do diretor substituto de Lei de Incentivo, Marcelo Heringer, e do presidente da Federação de Triathlon de Tocantins, Sergio Henrique Moraes.

”Estar em Tocantins e conhecer pessoalmente a realidade do esporte local e principalmente ver de perto as estruturas possíveis para a prática do Triathlon é fundamental para elaborar um projeto moldado para a realidade de cada cidade brasileira”, disse Juraci Moreira”Os atletas têm uma função essencial na política desportiva no país, temos que reivindicar e trabalhar para termos mais leis de incentivo municipais, estaduais e ainda ampliarmos a porcentagem de dedução possível pela Lei de Incentivo Federal. É somente com a participação ativa de atletas e ex-atletas na política que vamos conseguir movimentar isso”

O medalhista pan-americano destacou a importância da Escolinha de Triathlon Formando Campeões, que hoje faz sucesso em Curitiba (PR). Juraci Moreira quer levar esse modelo para todo Brasil. ”É o projeto modelo, mas procuro conhecer pessoalmente os locais que podemos repetir a escolinha, moldando dentro da realidade de cada federação e levando em conta perfil das crianças, locais de execução, e principalmente capacidade de captação dos recursos. Estou muito feliz em poder dar continuidade à minha carreira de atleta agora neste outro lado de gestor. Sei que posso contribuir muito ainda pelo meu esporte e seguindo alguns conceitos modernos de gestão que tento me alinhar. Assim podemos fazer muito pelo Triathlon no País”.

Os projetos

Após 20 anos de carreira bem sucedidos, Juraci Moreira decidiu que era hora de ajudar o triathlon brasileiro do lado de fora das pistas. Com apoio do Comitê Olímpico Brasileiro e da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri), o hexacampeão brasileiro atua desde o segundo semestre de 2014 na área de gestão esportiva visando contribuir para crescimento da modalidade em todas as suas vertentes.

Junto com a Federação Paranaense de Triathlon (FPTri), o hexacampeão nacional deu início à programas pioneiros de fomento ao Triathlon e também se tornou referência na elaboração e execução de projetos via Lei de Incentivo ao Esporte.

O primeiro projeto, denominado “Escolinha de Triathlon Formando Campeões” não apenas introduziu jovens carentes da rede pública de ensino em uma nova modalidade esportiva, como demonstrou uma maturidade indescritível no desenvolvimento atlético e pessoal desses jovens. Em menos de um ano de atividades, cerca de 30 meninos e meninas, de 10 a 17 anos de idade, descobriram suas habilidades, mostraram muita disciplina e perseverança nos treinos e com isso conquistaram suas primeiras medalhas em competições regionais e até mesmo um torneio nacional de base. O projeto oferece acesso a prática esportiva de forma 100% gratuita e contempla aquisição de equipamentos como bicicletas, tênis, uniformes, contratação de recursos humanos e auxílio transporte.

Juraci Moreira é um dos maiores nomes do esporte olímpico brasileiro. O triatleta tem três participações olímpicas: Sydney-2000, Atenas-2004 e Pequim-2008. No currículo está a medalha de bronze Pan-Americana nos Jogos de 2007, no Rio de Janeiro.