Semana Internacional de Vela de Ilhabela é rota oficial de baleias

Baleias jubartes anteciparam migração para Abrolhos (BA) passando pela área de regata

0

A Semana Internacional de Vela de Ilhabela 2019 deve contar mais uma vez com a presença de baleias que fazem migração das águas frias da Antártida para Abrolhos (BA) visando reprodução.

E a previsão de ambientalistas indica que os barcos participantes das regatas de 13 a 20 de julho vão cruzar com os animais.

Desde 2016, a principal competição da modalidade recebe visita frequente de baleias, que se juntam a golfinhos na raia das provas. Este ano por alguma razão ainda desconhecida, as jubartes começaram a viagem para o arquipélago baiano mais cedo.

Em abril, por exemplo, as do Pacífico já apareceram na Nova Zelândia e no Atlântico. As ‘brasileiras’, segundo o ambientalista e diretor de meio ambiente do Yacht Club de Ilhabela, Julio Cardoso, as primeiras jubartes da temporada 2019 começaram a ser vistas no Uruguai, em Santa Catarina, Rio de Janeiro, Espírito Santo e no Sul da Bahia!

”Os sinais de que algumas estão vindo mais cedo estão claros, mas ainda não chegou o grande grupo migratório!”, explicou Julio Cardoso, que promoverá durante a Semana Internacional de Vela de Ilhabela expedições para registrar imagens das baleias e colher informações importantes.

”No entanto, aqui na região de Ilhabela, é difícil fazer prognósticos, pois elas mudam de rota as vezes e passam mais longe da costa! Nossa torcida é para que logo apareçam e façam rotas mais perto da costa”.

Em 2018, a Semana Internacional de Vela de Ilhabela registrou mais baleias passando pela área de regatas. E, de acordo com levantamento do projeto Projeto Baleia à Vista, o número de animais em processo migratório pelo litoral norte foi recorde, com 42 jubartes.

A regata da Semana Internacional de Vela de Ilhabela se tornou uma rota oficial das baleias e a comissão organizadora junto ao Yacht Club de Ilhabela fazem ações ambientais para reduzir a poluição das águas e preservar a vida marinha. Em 2019, o evento adotou a política do impacto zero.

”Para evitar prejudicar a vida marinha, devemos sempre reduzir o lixo plástico no mar. Isso traz impactos sérios ao meio ambiente, podendo matar os animais. Falo em sacos plásticos, garrafas pet, balões solares, etc…”, completou Julio Cardoso.

”Quando encontramos baleias ou golfinhos temos que reduzir a velocidade do barco para menos de 12 nós, não perseguir, nem bloquear seu caminho e se aproximar com cuidado pela lateral ate o máximo de 100 metros. Não devemos estressar as baleias e golfinhos isso faz muito mal a eles”.

Outros pontos destacados pelo ambientalista incluem a redução do despejo de esgotos, poluentes, que podem trazer doenças para a fauna marinha. Finalmente vale lembrar que as baleias e golfinhos se comunicam por sons e se orientam dessa forma e a poluição sonora no mar é algo para também estarmos atentos!

Inscrições para as regatas

Atendendo a pedidos da ABVO – Associação Brasileira de Veleiros de Oceano, a comissão organizadora da 46ª Semana Internacional de Vela de Ilhabela fará uma alteração nos critérios de inscrições dos barcos que medem na classe RGS.

Após o dia 10 de junho, o desconto de 30% para a categoria só será válido para os veleiros afiliados à entidade ABVO.

Caso contrário, os valores vigentes serão os da tabela ORC, IRC, C30, HPE 30 E HPE 25.

Para as categorias dos barcos Clássicos e Bico de Proa, o desconto de 30% na inscrição está mantido.

A Semana Internacional de Vela de Ilhabela reforça a importância da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano como fomentadora da modalidade no País.

Mais informações em — http://sivilhabela.com.br/