Números da ABB Formula E temporada 2017-18

0
Nick Heidfeld (GER), Mahindra Racing, Mahindra M4Electro, leads Jose Maria Lopez (ARG), Dragon, Penske EV-2.

A temporada 2017-18 da ABB Formula E terminou neste domingo (15) com a segunda prova da Qatar Airways New York City E-Prix, nas ruas do Brooklyn.

A vitória nas 43 voltas do circuito norte-americano ficou com o francês Jean-Eric Vergne (Techeetah), que havia se tornado na véspera campeão por antecipação.

O pódio teve ainda o brasileiro Lucas Di Grassi e o alemão Daniel Abt. O resultado deu à equipe Audi Sport Abt Schaeffler o título do Mundial de Construtores da categoria dos carros elétricos.

Campeão em 2016-17, o paulista Lucas Di Grassi conseguiu o vice-campeonato da competição, ao superar em apenas 1 ponto o britânico Sam Bird (DS Virgin Racing).

Antes da prova, a diferença de Sam Bird para Lucas Di Grassi era de 16 pontos. O brasileiro fez 18 e o britânico apenas 1.

A ABB Formula E teve ao todo 12 etapas. O início foi em dezembro de 2017 em Hong Kong com rodada dupla. Depois na sequência foram realizados os E-Prix de Marrakesh (Marrocos), Santiago (Chile), Cidade do México (México), Punta de Este (Uruguai), Roma (Itália), Paris (França), Berlim (Alemanha), Zurique (Suíça) e uma rodada dupla em Nova Iorque (EUA).

Jean-Eric Vergne (Techeetah) venceu quatro e-prix e foi ao todo seis vezes ao pódio. O francês somou 198 pontos contra 144 do brasileiro Lucas Di Grassi (Audi Sport Abt Schaeffler) e 143 do britânico Sam Bird (DS Virgin Racing).

O fim de semana ficou para história do esporte francês com dois títulos mundiais: Formula E e a Copa do Mundo da FIFA 2018

”Como venci o campeonato ontem, entrei leve para a prova, sem pressão. Fiz uma boa corrida e conquistei essa grande vitória. Um dia especial para a França!”, disse Jean-Eric Vergne.

O piloto da chinesa Techeetah foi o recordista de Julius Bar Pole Position com 4. O suíço Sébastien Buemi (Renault e.Dams) fez 3.

Foi o primeiro título de um francês na categoria. O Brasil tem duas conquistas: 2014-15 com Nelson Piquet Jr. (NEXTEV TCR Formula E Team) e 2016-17 com Lucas Di Grassi (Audi Sport Abt Schaeffler). Quem ganhou em 2015-16 foi o suíço Sébastien Buemi (Renault e.Dams).

Lucas Di Grassi, apesar de um início de campeonato sem pontuar, se recuperou na metade final da ABB Fórmula E. Foram sete pódios consecutivos, com duas vitórias. É o único da categoria que ficou entre os três primeiros nas quatro temporadas.


”O segundo lugar de duas temporadas atrás foi muito ruim, porque estava lutando pelo título e perdi na última etapa. No ano passado, cheguei na última prova em segundo e consegui o título, e este ano eu cheguei aqui em terceiro lugar e consegui o vice. É praticamente um milagre, levando em consideração que tive problemas nas primeiras cinco etapas e não pontuei. Consegui sete pódios seguidos, sendo cinco segundos lugares e duas vitórias, por isso posso dizer estou bastante satisfeito em representar o Brasil, a minha equipe”, contou Lucas Di Grassi.

No Mundial de Construtores, a definição só veio após a última volta em Nova Iorque. A alemã Audi Sport Abt Schaeffler fez dobradinha na véspera e colocou novamente dois pilotos no pódio, fazendo ao todo 264 pontos.

”Estou muito orgulhoso da nossa temporada. Fizemos um trabalho muito bom em equipe. . Vencer o campeonato de construtores pela Audi foi simplesmente fantástico”, declarou Lucas Di Grassi após a corrida de hoje.

O brasileiro Nelson Piquet viveu altos e baixos em sua temporada de estreia na Panasonic Jaguar Racing. Após ter pontuado nas primeiras quatro corridas do campeonato, o primeiro campeão mundial da história da categoria passou por um momento difícil, no qual a nova equipe passou por problemas, mas Piquet voltou a pontuar na última prova em Nova Iorque, e terminou na nona posição na classificação final do campeonato, com 51 pontos.

”A temporada foi difícil para a gente. Tivemos bastante azar, ocorreram algumas coisas que fugiram do nosso controle, outras que poderíamos ter evitado. Enfim, acho que a pré temporada será longa para nós, teremos que trabalhar bastante para chegarmos mais preparados para a próxima temporada. Acho que todos estão levando tudo muito a sério, cometendo poucos erros, então teremos que chegar no ano que vem bem melhores, teremos que progredir em todos os sentidos, para brigarmos entre os cinco primeiros”.

O português Antonio Félix da Costa, um dos pilotos que está na categoria desde a primeira temporada, teve como melhor resultado na temporada um sexto lugar no primeiro e-prix em Hong Kong. No decorrer da temporada, Da Costa até conquistou mais alguns pontos e terminou o campeonato na 15º colocação, com 20 pontos, uma classificação melhor do que na temporada passada, onde foi o 20º com apenas 10 pontos.

“Todos estão se preparando muito para o próximo ano. Todos estão em uma fase bem avançada de pré temporada, pois o próximo campeonato começará já em dezembro. Acredito que com um carro novo, novas tecnologias, e os novos desafios na confiabilidade dos carros que iremos encontrar, irá elevar o nível do campeonato . Com novas marcas chegando na categoria, teremos uma temporada bem interessante”, comentou Da Costa.

CLASSIFICAÇÃO DO MUNDIAL DE PILOTOS APÓS 12 ETAPAS:

1º Jean-Eric Vergne (FRA) – Techeetah – 198 pontos
2º Lucas di Grassi (BRA) – Audi Sport Abt Schaeffler – 144 pontos
3º Sam Bird (GBR) DS Virgin Racing – 142 pontos
4º Sébastien Buemi (SUÍ) – Renault e.Dams – 125 pontos
5º Daniel Abt (ALE) – Audi Sport Abt Schaeffler) – 120 pontos

CLASSIFICAÇÃO DOS CONSTRUTORES APÓS 12 ETAPAS:

1º Audi Sport Abt Schaeffler – 264 pontos
2º Techeetah – 262 pontos
3º DS Virgin Racing – 160 pontos
4º Mahindra Racing – 138 pontos
5º Renault e.DAMS – 133 pontos

CAMPEÕES MUNDIAIS

2014-15 – Nelson Piquet Jr (BRA) – NEXTEV TCR Formula E Team
2015-16 – Sébastien Buemi (SUÍ) – Renault e.Dams
2016-17 – Lucas di Grassi (BRA) – Audi Sport Abt Schaeffler
2017-18 – Jean-Eric Vergne (FRA) – Techeetah

CAMPEÕES CONSTRUTORES

2014-15 – Renault e.Dams (FRA)
2015-16 – Renault e.Dams (FRA)
2016-17 – Renault e.Dams (FRA)
2017-18 – Audi Sport Abt Schaeffler (ALE)

MAIORES VENCEDORES

1º Sébastien Buemi (SUI) – 12 vitórias
2º Lucas Di Grassi (BRA) – 8 vitórias
3º Sam Bird (GBR) – 7 vitórias
4º Jean-Eric Vergne (FRA) – 5 vitórias
5º Félix Rosenqvist (SUE) e Nicolas Prost (FRA) – 3 vitórias

MAIS PÓDIOS

1º Lucas Di Grassi (BRA) – 27 pódios
2º Sébastien Buemi (SUI) – 21 pódios
3º Sam Bird (GBR) e Jean-Eric Vergne – 15 pódios
5º Daniel Abt (ALE) e Nick Heidfeld (ALE) – 8 pódios

MAIS POLES

1º Sébastien Buemi (SUI) -11 poles
2º Jean-Eric Vergne (FRA) – 8 poles
3º Félix Rosenqvist (SUÉ) – 6 poles
4º Sam Bird (GBR) – 4 poles
5º Lucas di Grassi (BRA) e Nicolas Prost (3 poles)

MAIS PONTOS 

1º Lucas Di Grassi (BRA) – 611 pontos
2º Sébastien Buemi (SUI) – 580 pontos
3º Sam Bird (GBR) – 456 pontos
4º Jean-Eric Vergne (FRA) – 441 pontos
5º Nicolas Prost (FRA) – 305 pontos

MAIS VOLTAS RÁPIDAS

1º Sébastien Buemi – 7 voltas rápidas
2º Daniel Abt (ALE) e Sam Bird (GBR) – 5 voltas rápidas
4º Lucas di Grassi (BRA) e Nelson Piquet Jr. (BRA) – 4 voltas rápidas

A Temporada 2018-19

A edição 2018-19 da ABB Fórmula E começa em 15 de dezembro deste ano, em Ad Diriyah, Arábia Saudita.

As outras provas da temporada serão em :
Round 02 – 12/01/2019 – Marrakesh (Marrocos)
Round 03 – 26/01/2019 – sem local definido
Round 04 – 16/02/2019 – Cidade do México (México)
Round 05 – 10/03/2019 – Hong Kong (China)
Round 06 – 23/03/2019 – Sanya (China)
Round 07 – 13/04/2019 – Roma (Itália)
Round 08 – 27/04/2019 – Paris (França)
Round 09 – 11/05/2019 – Mônaco (Mônaco)
Round 10 – 25/05/2019 – Berlim (Alemanha)
Round 11 – 09/06/2019 – Zurique (Suíça)
Round 12 – 13/07/2019 – Nova Iorque (Estados Unidos)
Round 13 – 14/07/2019 – Nova Iorque (Estados Unidos)

A novidade será a nova geração dos carros elétricos: o Gen2. O modelo terá maior alcance de bateria, eliminando a necessidade de pit-stop para troca. O brasileiro Felipe Massa entrará no grid após décadas na Fórmula 1. O piloto brasileiro correrá na equipe Venturi.

“A expectativa é boa, estou me adaptando e já começando a testar com o carro da próxima temporada. É um carro diferente, novo, bem semelhante ao atual, porém mais evoluído. A expectativa é boa, espero estar pronto para o começo do campeonato”, disse Felipe Massa.

Lucas Di Grassi e Nelson Piquet Jr. também estão confirmados no grid da próxima temporada, em suas respectivas equipes, Audi Sport Abt Schaeffler e Panasonic Jaguar Racing.

Acesso da mídia

Para acessar nosso banco de dados de fotos clique aqui

Peça inclusão no mailing pelo e-mail katarine@onboardsports.net

Saiba mais em nosso site