Leal escreve ao Lance! desta quinta-feira (15)

0

Yoandy Leal, atacante da Seleção Brasileira, escreveu ao Lance! desta quinta-feira (15).

Classificados para Tóquio 2020

Yoandy Leal, cubano/brasileiro, atacante da Seleção Brasileira de Voleibol Masculino

Oi pessoal do Lance! Aqui é o Yoandy Leal, atacante da Seleção Brasileira de voleibol masculino. Volto ao espaço hoje para dividir com vocês a alegria da classificação olímpica do time do Brasil!

No último domingo (11), na Bulgária, vencemos um jogo histórico. Contra os donos da casa, começamos perdendo a partida por dois sets a zero, com parciais de 23/25, 19/25, no terceiro set vencemos por 32/30 ! No quarto e quinto sets fechamos o jogo em 25/16 e 15/11. O jogo foi realizado no Palácio de Cultura e Esportes e serviu como a final do quadrangular, que só daria uma vaga para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. O Brasil venceu o jogo e carimbou seu passaporte para o Japão.

Foi um jogo super emocionante. Difícil demais. A Bulgária jogou em um nível super alto. Nós começamos super mal, mas conseguimos nos superar. Foi no sufoco, mas sabíamos que podíamos virar. Estou feliz pelo resultado e pela forma que joguei.

Nós sabíamos que o jogo seria muito difícil.  Enfrentamos dificuldades nos dois primeiros sets, mas a força do grupo provou que é possível. Conseguimos nos reerguer ao longo da partida e, juntos, além de trocas importantes feitas pelo Renan, conseguimos mudar o rumo da partida.

Foi o meu melhor jogo com a Seleção Brasileira. Marquei 22 pontos na partida, sendo 21 de ataque e um de bloqueio.  Estou muito feliz por ser um dos jogadores principais dessa conquista e sei que fiquei perto de realizar um grande sonho: participar de uma edição de Jogos Olímpicos.

Nunca joguei uma Olimpíada e consegui realizar a primeira parte do meu sonho. Conseguir essa vaga é o primeiro passo. Agora o pensamento já está totalmente voltado para Tóquio e espero estar lá, junto com a seleção brasileira.

Nos dois primeiros jogos pelo Grupo A do Pré-Olímpico, vencemos Porto Rico e Egito, ambos por 3 sets a 0.  Agora é descansar e estar prontos para os próximos compromissos da temporada. Jogamos em setembro o Sul-Americano no Chile e a Copa do Mundo, em outubro, no Japão.

Fique na torcida pelo Brasil ! Até a próxima.