Fórmula E: Relembre como foram as provas anteriores em Paris

0
Jean-Eric Vergne (FRA), TECHEETAH, Renault Z.E. 17.

Pela quarta vez consecutiva a capital francesa receberá a Fórmula E. Confira como foram as três provas anteriores disputadas em Paris.

A quinta temporada da Fórmula E desembarca esta semana em Paris, na França, para a disputa da oitava prova do mundial de carros elétricos.

Presente no calendário da categoria desde a segunda temporada, a capital francesa esta pronta para receber pelo quarto ano consecutivo a competição.

Festa brasileira em Paris

A primeira vez que a Fórmula E correu pelas ruas de Paris foi em 2016, na segunda temporada. Após ter feito a pole position, o britânico Sam Bird acabou sendo ultrapassado na largada pelo brasileiro Lucas di Grassi e o francês Jean-Eric Vergne.

O duelo entre Sam Bird e JEV (que na época eram da mesma equipe, Virgin Racing), foi seguido de perto pelo suíço Sébastien Buemi, que a cinco voltas do final ganhou a terceira posição após um erro do piloto britânico. A prova terminou com o safety car na pista, e com vitória de Lucas di Grassi, seguido por Jean-Eric Vergne (DS Virgin Racing) e Sébastien Buemi (Renault e.Dams).

Buemi conquista a quinta vitória em seis etapas

Em 2017, a terceira temporada chegou a Paris com um grande domínio por parte da equipe francesa Renault eDams, com quatro vitórias do então atual campeão Sébastien Buemi em cinco provas disputadas.

Largando na pole, Buemi se manteve a frente dos demais após uma forte disputa com Jean-Eric Vergne na primeira curva. No decorrer da prova, o brasileiro Lucas di Grassi, único a quebrar a hegemonia da Renault e do piloto suíço na temporada até aquele momento, tentava uma prova de recuperação, mas acabou se envolvendo em um acidente com o português Antonio Félix da Costa, e por isso foi punido e caindo para as últimas posições.

Piloto da casa, Jean-Eric Vergne acabou batendo sozinho enquanto ocupava a segunda colocação e abandonou. Restando duas voltas para o final, Lucas di Grassi também bateu sozinho, ocasionando a entrada do safety car que seguiu na pista até a bandeirada.

Vitória de Sébastien Buemi, a quinta em seis provas naquele momento, com o pódio completado por José Maria Lópes (DS Virgin Racing) e Nick Heidfeld (Mahindra). Apesar da grande vantagem, a terceira temporada terminaria de forma melancólica para Buemi, que perderia o título na última etapa para o brasileiro Lucas di Grassi.

Festa em casa para Jean-Eric Vergne

Largando na pole position, o francês Jean-Eric Vergne (Techeetah) largou bem e liderou de ponta a ponta, sem correr riscos, fazendo a festa em casa.

Após ter largado em sexto e ter perdidos algumas posições, o brasileiro Lucas di Grassi fez uma grande prova de recuperação e chegou ao pódio, na segunda colocação.

O terceiro lugar ficou com o britânico Sam Bird, após uma intensa disputa com André Lotterer e que terminou com o piloto da Virgin Racing cruzando a linha de chegada com o carro com apenas três rodas!

E em 2019?

O ePrix de Paris será disputado no próximo sábado (27), e será a oitava etapa da quinta temporada. Até o momento, foram sete vencedores diferentes em sete provas disputadas.

A liderança é do belga Jérôme D’Ambrosio (Mahindra Racing) com 65 pontos, seguido pelo português Antonio Félix da Costa (BMW i Andretti Motorsport) com 64 pontos e o alemão André Lotterer (DS Techeetah) com 62.