Fórmula E: Lucas di Grassi vence o ePrix de Berlim e segue na luta pelo título

0
Twitter oficial da Fórmula E

Lucas di Grassi venceu o ePrix de Berlim e conquistou a sua segunda vitória na quinta temporada da Fórmula E, e se mantém na luta pelo título.

Após ter largado na terceira colocação, o brasileiro conseguiu assumir a ponta nas primeiras voltas e liderou sem sofrer ameaças, garantindo a Audi no lugar mais alto do pódio em “sua casa”, além da volta mais rápida do ePrix de Berlim.

“Foi muito bom, estou feliz. Sofremos muito na classificação, mas desta vez fui bem e consegui disputar a Super Pole. Usei bem o modo ataque durante a prova, na hora certa, e isso foi importante para vencer aqui, uma corrida importante para mim e para a Audi, por ser a corrida de casa”, comentou Lucas di Grassi após a prova.

Como foi a prova

A largada foi tranquila, com os primeiros colocados permanecendo em suas posições. Porém, isso mudou já na terceira volta, quando Lucas di Grassi ultrapassou Vandoorne e assumiu a segunda colocação.

Largando em 19º, Felipe Massa largou bem e chegou a assumir a 16ª posição, mas não conseguiu manter um bom ritmo e logo voltou a perder posições, caindo para 20º.

Duas voltas depois, o brasileiro ultrapassou o suíço Sébastien Buemi e assumiu a liderança da prova, e foi abrindo uma boa vantagem aos poucos.

Enquanto Di Grassi seguia tranquilo na ponta, se formou um grupo entre o segundo e sétimo colocado, com boas disputas. O português Antonio Félix da Costa conseguiu boas ultrapassagens e logo assumiu a segunda colocação. Porém, Buemi usou o fanboost e recuperou a posição.

Outro piloto que subiu diversas posições foi o líder e atual campeão Jean-Eric Vergne, que se sétimo chegou a ser terceiro, mas voltou a perder a posição para o piloto português.

A prova chegou a ter uma bandeira amarela em todo o circuito, por conta de Alex Lynn, que rodou sozinho durante a disputa de posições com Vergne e Daniel Abt, mas não houve a necessidade da entrada do safety car.

Apesar da bandeira amarela, Lucas di Grassi consegui manter uma boa diferença em relação a Sébastien Buemi. Enquanto isso, Vergne voltou a ultrapassar Félix da Costa e passou a disputar a segunda posição com o suíço da Nissan e.Dams.

No fim, Lucas di Grassi recebeu a bandeirada e garantiu seu quinto pódio em seis eprix realizados em Berlim, e conquistando a sua segunda vitória na temporada, assumindo a segunda colocação no campeonato.

Sébastian Buemi conseguiu se manter na segunda colocação, e Jean-Eric Vergne terminou em terceiro, se mantendo na liderança do campeonato.

Felipe Massa não conseguiu uma corrida de recuperação, e terminou a prova apenas na 15ª colocação.

Confira a classificação atualizada do campeonato de pilotos após de provas disputadas:
1º Jean-Eric Vergne (FRA) – DS Techeetah: 102 pontos
2º Lucas di Grassi (BRA) – Audi Sport ABT Schaeffler: 96 pontos
3º André Lotterer (ALE) – DS Techeetah: 86 pontos
4º Antônio Félix da Costa (POR) – BMW i Andretti Motorsport: 82 pontos
5º Robin Frijns (HOL) – Envision Virgin Racing: 81 pontos
6º Mitch Evans (NZL) – Panasonic Jaguar Racing: 69 pontos
7º Daniel Abt (ALE) – Audi Sport ABT Schaeffler: 67 pontos
8º Jêromé D’Ambrósio (BEL) – Mahindra Racing: 65 pontos
9º Oliver Rowland (GBR) – Nissan e.Dams: 63 pontos
10º Sébastien Buemi (SUI) – Nissan e.Dams: 61 pontos
11º Sam Bird (GBR) – Envision Virgin Racing: 56 pontos
12º Edoardo Mortara (SUI) – Venturi Formula E Team: 52 pontos
13º Pascal Wehrlein (ALE) – Mahindra Racing: 52 pontos
14º Felipe Massa (BRA) – Venturi Formula E Team: 32 pontos
15º Stoffel Vandoorne (BEL) – HWA Racelab: 30 pontos
16º Alexander Sims (GBR) – BMW i Andretti Motorsport: 24 pontos
17º Maximilian Günther (ALE) – GEOX Dragon: 10 pontos
18º Gary Paffety (GBR) – HWA Racelab: 08 pontos
19º Oliver Turvey (GBR) – NIO Formula E Team: 06 pontos
20º Alex Lynn (GBR) – Panasonic Jaguar Racing: 04 pontos
21º José Maria López (ARG) – GEOX Dragon: 03 pontos
22º Nelson Piquet Jr. (BRA) – Panasonic Jaguar Racing: 01 ponto

Classificação Mundial de Construtores após dez etapas:
1º DS Techeetah (CHI) – 188 pontos
2º Audi Sport ABT Schaeffler (ALE) – 163 pontos
3º Envision Virgin Racing (GBR) – 137 pontos
4º Nissan e.Dams (JAP) – 124 pontos
5º Mahindra Racing (IND) – 117 pontos
6º BMW i Andretti Motorsport (EUA) – 106 pontos
7º Venturi Formula E Team (MON) – 84 pontos
8º Panasonic Jaguar Racing (GBR) – 74 pontos
9º HWA Racelab (ALE) – 38 pontos
10º GEOX Dragon (EUA) – 13 pontos
11º NIO Formula E Team (GBR) – 06 pontos