Espaço dos campeões do Lance!: Thiago Pereira resume seu 2014 e fala do novo ano

O nadador medalhista olímpico resume um ano de conquistas, que foi 2014, além de colocar 2015 como um ano de afirmação para sua natação

0

Olá leitores do LANCE!Net.
A natação brasileira viveu um dezembro especial, com medalhas, títulos e marcas quebradas. Números que motivam os atletas do país para este ano de 2015, o ano que antecede os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Os resultados no Mundial de Piscina Curta de Doha e do Open de Natação foram animadores e mostraram a evolução da modalidade. Vem mais por aí, pode escrever! Nessa temporada ainda teremos o Mundial de Kazan e os Jogos Pan-Americanos de Toronto, os quais prometem novas surpresas positivas para o esporte nacional.

Fiquei muito satisfeito com a minha participação no Open de Natação, com os índices confirmados e com as marcas quebradas. Como muitos já sabem, há pouco tempo eu mudei para Los Angeles, nos Estados Unidos, para trabalhar com David Salo e Jon Urbanchek, dois norte-americanos que são ícones da modalidade.
Logo no início da minha adaptação o volume de treinos aumentou bastante, assim como houveram significantes mudanças na minha preparação física. Os resultados obtidos na última competição confirmaram que estamos no caminho certo e que ao completarmos os próximos ciclos de treinamento novas barreiras serão quebradas. Já no Open bati as melhores marcas da minha vida em provas como 100 m costas, 200 m livre e 100 m livre, enquanto nos 200 m medley, minha favorita, consegui fazer meu melhor tempo da temporada.

Muitos me perguntam quais provas eu pretendo competir e questionaram a escolha pelas provas que eu nadei nesta última competição. Elas foram selecionadas com diferentes objetivos, mas sempre com um propósito. Por exemplo, para testar meu desempenho, coloquei provas seguidas uma das outras, assim como escolhi algumas delas visando não a competição individual, mas sim o revezamento.
Além disso, cada atleta pode nadar oficialmente 4 provas individuais nas duas seletivas para o Mundial e para o Pan-Americano (Open e Maria Lenk), sendo essa mais uma razão para que as escolhas pelas provas nadadas sejam previa e racionalmente feitas.

Aproveito a oportunidade também para desejar a todos os leitores um 2015 repleto de conquistas e agradecer o carinho e a torcida durante o ano de 2014! Fiquem ligados nas minhas postagens nas redes sociais @VaiThiago e @PereiraThiago86, e nos sites www.thiagopereira.com.br e www.vaithiago.com.br.

Leia mais no LANCENET! –> http://nolance.vc/MjEyNzEy