Espaço dos campeões do Lance!: Thiago Pereira fala sobre o Dia das Mães e Troféu Maria Lenk

0

A coluna de hoje é bastante especial pra mim. É semana do Dia das Mães e a minha tem um papel fundamental na minha carreira de atleta profissional e cidadão. A Dona Rose Vilela, que ficou famosa gritando o famoso “Vai Thiago” no Pan de 2007, já tinha a garganta afiada desde a época em que eu nadava no Clube dos Funcionários, em Volta Redonda (RJ), minha cidade natal.

Mas o apoio não era apenas nas arquibancadas, mas principalmente no dia-a-dia, me levando para treinos em dois períodos, me apontando os melhores caminhos, e, principalmente, me ensinando a importância da família, dos verdadeiros amigos e dos estudos. Os exemplos que tenho dela e de toda minha família me ajudaram a alcançar meus resultados dentro e fora das piscinas. Por isso, aqui vai um beijo e um muito obrigado para a Dona Rose (que com certeza será a primeira a comprar o Lance! na banca nesta quarta-feira) e para todas as mães do Brasil e do mundo.

Falando do meu cronograma, eu estou a caminho do Rio de Janeiro para a disputa do Campeonato Brasileiro Sênior de Inverno, que vai até o próximo sábado, na piscina do Botafogo. Evento importante para manter meu ritmo até o GP de Charlotte, no Estados Unidos, que será na oura semana. Lá devo nadar contra os melhores atletas norte-americanos. Mais uma oportunidade de me testar em alto-nível e quem sabe ter o meu primeiro reencontro nas águas com o Michael Phelps.

Aproveito a oportunidade também para fazer um breve relato sobre o Troféu Maria Lenk, principal evento nacional da natação. Consegui três índices (200 m medley, 400 m medley e 100 m borboleta) para o Pan-Pacífico e gostei muito de como nadei o campeonato. Agora é iniciar o ciclo de potência e força, aprimorar mais os exercícios específicos e baixar as marcas. O Maria Lenk também teve bons resultados individuais, como o de Matheus Santanna nos 100 m livre e da dupla de velocistas nos 50 m livre (Cesar Cielo e Bruno Fratus). No feminino, nós vimos o bom resultado da húngara Katinka Hosszú, que ajudou o Corinthians a quebrar o jejum de títulos, a quem aproveito para dar os parabéns!

Por fim, uma menção especial também aos Correios, meu parceiro de longa data! Estive ontem no lançamento da nova logomarca da empresa ao lado da Poliana Okimoto, do Gustavo Borges e do Guga. Tenho certeza que a nova marca virá para reforçar ainda mais essa entidade, que hoje com certeza é uma das maiores incentivadoras do esporte nacional!