Espaço dos campeões do LANCE! com Felipe Wu

0
A criminalização de uma modalidade olímpica no Brasil
Por Felipe Wu, medalhista olímpico na Rio 2016 no tiro esportivo

Olá amigos leitores do LANCE! Gostaria de aproveitar esse espaço incialmente para agradecer todo o reconhecimento que tenho nas ruas após a prata na Rio 2016. Foi um momento especial ter subido naquele pódio e ser o atleta que puxou a fila da melhor participação do país nos Jogos. Obrigado! Espero que com a maior visibilidade o esporte possa ter mais apoio, e não só para mim. E que mais pessoas tenham interesse e  iniciem no tiro esportivo.

 

Hoje escrevo sobre um assunto que lidamos constantemente: a criminalização do uso da arma e o impacto direto na nossa modalidade. É uma pena que pessoas associem o tiro esportivo – que deu a primeira medalha olímpica da história do Brasil em 1920 – com a violência. É fato de que a maior parte das pessoas não sabe como funciona o esporte e o juízo de valores é ruim para os atletas. As regras de seguranças para a prática do tiro esportivo são bem definidas e claras. A nossa primeira aula é sobre segurança. Por isso, não há casos de problemas relacionados ao uso da arma em competições ou treinamentos. Qualquer indício de atitude suspeita, o atleta é eliminado imediatamente, segundo o regulamento mundial. Infelizmente esse preconceito faz com que patrocinadores evitem vincular suas marcas ao nosso esporte e com isso, nosso desenvolvimento fica comprometido.
Sempre gosto de dar um exemplo simples a respeito do tema. No futebol, as fortes divididas entre os jogadores são normais e não é difícil ver cenas de doer os olhos com fraturas graves na perna, até expostas, tirando o atleta dos campos por meses e até abreviando carreiras. No tiro esportivo, nós atletas tomamos muito cuidado e nunca um competidor vai ser atingido por um projétil. A violência não está no tiro esportivo, no uso da arma, e sim nas pessoas. Infelizmente, quem tem más intenções pode fazer coisas ruins e não precisa de uma arma pra isso.
Espero que tenha esclarecido um pouco sobre o uso da arma. Os pais podem e devem levar seus filhos ao tiro esportivo. Disciplina e concentração são características da modalidade. Ficamos em contato e um FELIZ 2017 a todos os leitores do LANCE!