Campeã mundial, boxeadora Rose Volante treina para luta ‘mais importante da vida’

0
Campeã mundial, boxeadora Rose Volante treina para luta'mais importante da vida'. Foto: Ivan Stori
Campeã mundial, boxeadora Rose Volante treina para luta 'mais importante da vida'. Foto: Ivan Stori

Disputa pelos três cinturões mundiais de boxe será realizada na Filadélfia no dia 15 de março

Rose Volante, primeira brasileira campeã mundial de boxe, disputa no dia 15 de março a luta mais importante de sua carreira.

Valendo três cinturões, incluindo a defesa de título do título da WBO, a paulista enfrentará a irlandesa campeã olímpica, Katie Taylor. 

A atleta, de 36 anos, já fez duas defesas de cinturão e no dia 15 de março vai defender seu título mundial no Liacouras Center, na Filadélfia, Estados Unidos, durante as festividades do Saint Patrick Days.

 “A Taylor é uma grande boxeadora, é uma luta entre duas campeãs do mundo, e no dia 15 de março os 3 cinturões vão ficar na mesa sem dono e a vencedora vai ser decidida em cima do ringue.  E eu vou pra essa luta com uma nação de 210 milhões de brasileiros torcendo por mim”, comentou a pugilista. 

Taylor, de 32 anos, acumula 12 vitórias (cinco nocautes) e detém os cinturões da WBA e IBF. A brasileira mede 1,66 metro, um centímetro a mais que a irlandesa e no seu cartel profissional tem 14 vitórias em 14 lutas, sendo oito delas por nocaute.

“Todo lutador sonha em ser o melhor do mundo e lutar com os melhores. Será um grande combate, e eu estou disposta a voltar com os cinturões pra casa.”, completou “The Queen”, como é conhecida. 

Rose conquistou o cinturão do peso-leve (até 61kg) em dezembro de 2017, contra a argentina Brenda Carvajal, em Jujuy. Em 2018, ela terminou no topo dos rankings da WBC e WBO.  

Sobre Rose 

Rose Volante é a primeira brasileira campeã mundial de boxe pelo Conselho Mundial de Boxe (WBO). A atleta começou sua trajetória no boxe aos 26 anos.

Como atleta amadora, ela foi campeã paulista quatro vezes, brasileira três vezes e quatro vezes campeã dos Jogos Abertos no interior paulista.

Foi convocada para a Seleção Brasileira de Boxe e campeã sul-americana no Chile, em 2011. No mesmo ano ela ficou em sétimo lugar no Mundial da China.

Em 2012 ela foi medalha de prata no Pan-americana de boxe no Canadá. No mesmo ano, Rose foi reserva da Seleção Brasileira nas Olimpíadas de Londres e em 2013 tornou-se campeã europeia.

Em 2014, aos 31 anos, decidiu entrar para o boxe profissional. Na sua trajetória profissional, Rose foi campeã paulista, campeã internacional duas vezes, campeã latina também por duas vezes e campeã mundial dos pesos-leves pela OMB (Organização Mundial de Boxe), uma das quatro principais entidades gestoras do boxe profissional.

Na disputa pelo cinturão, Rose venceu a luta contra a argentina Brenda Carabajal em dezembro de 2017.

———–

Katarine Monteiro
📧 katarine@onboardsports.net | redacao@onboardsports.net
📱+55 11 99217-6474
🔛 www.onboardsports.net