ABB Formula E: Jean-Eric Vergne vence em Mônaco de ponta a ponta com Massa em 3º

0

Assim como nas duas provas disputadas anteriormente em Mônaco, o pole position venceu o eprix disputado pelas ruas de Monte Carlo, e  desta vez, foi o francês Jean-Eric Vergne (DS Techeetah) que subiu no lugar mais alto do pódio e ainda assumiu a liderança da quinta temporada da Fórmula E.

A vitória do atual campeão da categoria foi de ponta a ponta. JEV conseguiu se manter na primeira colocação após a largada, e apesar da pressão sofrida em alguns momento por Oliver Rowland (Nissan e.Dams), o piloto francês conseguiu cruzar a linha de chegada na primeira colocação.

Foi a segunda vitória de Jean-Eric Vergne na temporada, o que faz dele o primeiro piloto a conquistar duas vitórias nesta edição do campeonato de monopostos elétricos, e lhe devolve a liderança da competição.

O pódio do ePrix de Mônaco foi completado por Oliver Rowland e pelo brasileiro Felipe Massa (Venturi Formula E team), que pela primeira vez terminou entre os três primeiros colocados na Fórmula E.

Como foi a prova

As posições não sofreram alterações na largada, e os seis primeiros permaneceram os mesmos durante os dez primeiros minutos de prova.

Após algumas voltas, o alemão Pascal Wehrlein (Mahindra Racing) errou a freada na Saint Devote (primeira curva após a linha de largada) e acabou sendo ultrapassado por Oliver Rowland e Felipe Massa.

Os quatro primeiros começaram a se distanciar dos demais pilotos, enquanto Sébastien Buemi (Nissan e.Dams) liderava o segundo pelotão se formou atrás dele.

os pilotos então começaram a utilizar o modo ataque, e algumas alterações começaram a acontecer. Antonio Félix da Costa (BMW i Andretti Motorsport) ultrapassou Alex Lynn (Panasonic jaguar racing) e Alexander Sims (BMW i Andretti Motorsport) e subiu para a sexta colocação.

Um pouco mais atrás, Sam Bird (Envision Virgin Racing) que havia largado em 14º, subiu para a oitava colocação, seguido pelo brasileiro Lucas di Grassi (Audi Sport ABT Schaeffler).

A disputa seguiu tensa no pelotão intermediário, e em uma disputa entre Di Grassi e Sims, o brasileiro levou a pior e acabou sendo espremido pelo piloto da BMW i Andretti Motorsport e batendo no guard-rail, abandonando a prova.

Poucas voltas depois, Alexander Sims voltou a se envolver em um acidente semelhante, mas desta vez na Saint Devote com o holandês Robin Frijns (Envision Virgin Racing), que assim como Lucas di Grassi, também abandonou.

Na última volta, enquanto os quatro primeiros travavam uma intensa luta, Sam Bird acabou batendo e abandonando a prova quando ocupava a sexta colocação.

De ponta a ponta, Jean-Eric Vergne cruzou a linha de chegada em primeiro, seguido por Oliver Rowland, Felipe Massa e pascal Wehrlein, que receberam a bandeirada praticamente juntos com o vencedor.

A próxima etapa da Fórmula E será no dia 25 de maio, em Berlim na Alemanha. Confira abaixo, como ficou a classificação do campeonato após o ePrix de Mônaco:

1º Jean-Eric Vergne (FRA) – DS Techeetah: 87 pontos

2º André Lotterer (ALE) – DS Techeetah: 86 pontos

3º Robin Frijns (HOL) – Envision Virgin Racing: 81 pontos

4º Antônio Félix da Costa (POR) – BMW i Andretti Motorsport: 70 pontos

5º Lucas di Grassi (BRA) – Audi Sport ABT Schaeffler: 70 pontos

6º Mitch Evans (NZL) – Panasonic Jaguar Racing: 69 pontos

7º Jêromé D’Ambrósio (BEL) – Mahindra Racing: 65 pontos

8º Oliver Rowland (GBR) – Nissan e.Dams: 59 pontos

9º Daniel Abt (ALE) – Audi Sport ABT Schaeffler: 59 pontos

10º Sam Bird (GBR) – Envision Virgin Racing: 54 pontos

11º Edoardo Mortara (SUI) – Venturi Formula E Team: 52 pontos

12º Pascal Wehrlein (ALE) – Mahindra Racing: 51 pontos

13º Sébastien Buemi (SUI) – Nissan e.Dams: 40 pontos

14º Felipe Massa (BRA) – Venturi Formula E Team: 32 pontos

15º Stoffel Vandoorne (BEL) – HWA Racelab: 20 pontos

16º Alexander Sims (GBR) – BMW i Andretti Motorsport: 18 pontos

17º Maximilian Günther (ALE) – GEOX Dragon: 10 pontos

18º Gary Paffety (GBR) – HWA Racelab: 08 pontos

19º Oliver Turvey (GBR) – NIO Formula E Team: 06 pontos

20º Alex Lynn (GBR) – Panasonic Jaguar Racing: 04 pontos

21º José Maria López (ARG) – GEOX Dragon: 03 pontos

22º Nelson Piquet Jr. (BRA) – Panasonic Jaguar Racing: 01 ponto

 

Classificação Mundial de Construtores após oito etapas:

1º DS Techeetah (CHI) – 173 pontos

2º Envision Virgin Racing (GBR) – 135 pontos

3º Audi Sport ABT Schaeffler (ALE) – 129 pontos

4º Mahindra Racing (IND) – 116 pontos

5º Nissan e.Dams (JAP) – 99 pontos

6º BMW i Andretti Motorsport (EUA) – 88 pontos

7º Venturi Formula E Team (MON) – 84 pontos

8º Panasonic Jaguar Racing (GBR) – 74 pontos

9º HWA Racelab (ALE) – 28 pontos

10º GEOX Dragon (EUA) – 13 pontos

11º NIO Formula E Team (GBR) – 06 pontos