3 dias para a 6ª temporada da Fórmula E: os brasileiros do grid

0
Foto: Fórmula E

O Brasil segue com dois representantes no grid da Fórmula E: Felipe Massa e Lucas di Grassi. Confira um pouco mais sobre a dupla brasileira

A sexta temporada da Fórmula E contará com dois pilotos brasileiros no grid de largada: o campeão da terceira temporada, Lucas di Grassi (Audi Sport ABT Schaeffler), e o ex-F1 Felipe Massa (Venturi Racing).

Um dos quatro pilotos que participaram de todas as provas da Fórmula E, Lucas di Grassi é um dos principais nomes da categoria. Maior recordista de pódios (30) e pontos após cinco temporadas, o brasileiro sempre foi Top-3.

Correndo desde o inicio na Audi Sport ABT Schaeffler, Di Grassi ficou no quase nas duas primeiras temporadas, até que o título veio no terceiro ano. Nos dois campeonatos seguintes, o brasileiro não conseguiu voltar ao topo, mas esteve sempre na disputa dos títulos.

“Não há tantas mudanças da temporada passada para a atual. As regras técnicas permanecessem as mesmas, enquanto na parte esportiva houve poucas mudanças”, comentou Di Grassi.

“Fizemos um update em algumas partes que eram necessárias, mas de uma forma está bem parecido com a temporada passada. Tive uma boa performance na temporada passada, e a expectativa para este ano é evoluir ainda mais, principalmente no que diz respeito a consistência.”

Enquanto Di Grassi está presente desde o primeiro ePrix da categoria (inclusive, foi o vencedor da primeira corrida), Felipe Massa chegou na Fórmula E na temporada passada, sendo contratado pela monegasca Venturi Racing.

Após 16 temporadas na Fórmula 1, onde correu por Sauber, Ferrari e Williams, Massa ingressou na categoria de monospostos elétricos, em um primeiro ano de aprendizado.

E assim foi: Massa encontrou algumas dificuldades, mas foi questão de tempo em se acostumar com o ambiente e as disputas nos circuitos de ruas dos grandes centros do mundo. E até mesmo conseguiu um pódio, com um terceiro lugar no ePrix de Mônaco.

“A primeira temporada era de aprendizado, sempre tive isso em mente, antes mesmo de assinar o contrato com a Venturi”, explicou Felipe Massa. “É uma categoria totalmente diferente da F1, pouco pude aproveitei dos anos de F1 na Fórmula E.”

“Agora, é outra circunstâncias. Conheço o carro, os circuitos, a equipe. Temos um novo powertrain, da Mercedes, que terá ao todo quatro carros ajudando na evolução, no desenvolvimento. Acredito que conseguiremos ir além nesta temporada.”

Os brasileiros estão prontos para a sexta temporada da Fórmula E, que contará com um grid de 24 carros, incluindo os gigantes alemães Mercedes-Benz e Porsche enfrentando os rivais Audi e BMW pela primeira vez em 250 anos.

Assista à temporada completa da Fórmula E na TV a partir dos dias 22 e 23 novembro, com a rodada dupla de Ad Diriyah, na Arabia Saudita, com transmissão exclusiva do canal Fox Sports 2.