12 dias para a 6ª temporada da Fórmula E: Venturi Racing

0
Foto: Fórmula E

A monegasca Venturi manteve sua dupla de pilotos, mas agora, não é mais uma equipe de fábrica e sim, uma cliente da Mercedes-Benz

Presente no grid de largada da Fórmula E desde a primeira prova da história da categoria, a Venturi sempre esteve nas posições intermediárias da competição de carros elétricos.

Fabricante monegasca de carros elétricos esportivos, a Venturi é a dona do carro elétrico mais rápido do mundo, o VBB-3. Mas nos circuitos de rua da Fórmula E, a equipe demorou para conseguir um sucesso semelhante.

A primeira vitória da Venturi ocorreu apenas na temporada passada, com Edoardo Mortara no ePrix de Hong Kong. Ao final do campeonato, a equipe terminou na oitava posição, uma a menos do que na quarta temporada.

A grande novidade da Venturi para a sexta temporada, é mudança de equipe de fábrica para equipe cliente: agora, o time monegasco vai utilizar o power train e outros equipamentos da Mercedes-Benz EQ, que também conta com um time próprio a partir deste ano.

O time manteve a sua dupla de pilotos: o suíço Edoardo Mortara e o brasileiro Felipe Massa, que vai para a sua segunda temporada na categoria de carros elétricos.

Se preparando para a terceira temporada na Fórmula E, Edoardo Mortara já obteve resultados expressivos na categoria: foi segundo colocado em sua segunda prova na categoria, além de ter conquistado a primeira vitória do time monegasco na temporada passada.

Ao todo, uma vitória e três pódios em 22 corridas, coloca o piloto suíço entre os mais rápidos do grid, e é possível que possa lutar por novas vitórias na sexta temporada.

Já o ex-F1 Felipe Massa teve uma primeira temporada de aprendizado, e agora, a expectativa é de conquistar alguns pódios e quem sabe, lutar por vitórias. Em seu primeiro ano na Fórmula E, o piloto brasileiro já conquistou seu primeiro pódio, um terceiro lugar no ePrix de Mônaco.

Nos treinos de pré temporada, a Venturi sofreu nos dois primeiros dias, mas conseguiu bons resultados no último dia, inclusive com Felipe Massa fechando a semana com o 12º melhor tempo dos testes, e sempre andando mais rápido do que a equipe de fábrica da Mercedes.