Wrestling: Aline Silva faz vaquinha online para a Rio 2016

0
328

Classificada para os Jogos Olímpicos de 2016 na modalidade wrestling / luta olímpica, Aline Silva recorreu ao financiamento coletivo pela internet da Kickante para buscar mais apoio para os seus treinamentos. A atleta da categoria até 75 kg não tem adversárias e parceiras de treino com as mesmas características e por isso seu marido Flávio Ramos é quem faz o trabalho de sparring nas atividades diárias. O problema é que a Confederação dela não tem condições de bancar as viagens de seu companheiro de treinos. Por isso, a medalhista pan-americana e mundial decidiu buscar o apoio dos fãs e internautas para captar recursos para manter seu sparring.

”Essa campanha é para somar forças ao meu treinamento para a Olimpíada. Vou investir em levar o Flávio para os eventos e treinamentos fora de São Paulo. Ele me ajuda muito aqui no Brasil, porém ainda preciso dele no dia-a-dia. A confederação promete nos apoiar, mas não em todas as competições. Não é fácil achar meninas disponíveis, às vezes quando são minhas adversárias diretas algumas preferem não treinar muito comigo e nos campeonatos preciso dele para aquecer e para os últimos treinos antes das lutas”, disse Aline Silva.

Quem ajudar na campanha terá recompensas da própria lutadora.Para contribuir com no mínimo R$ 10 basta acessar http://www.kickante.com.br/campanhas/treinamento-para-olimpiadas-na-luta

A representante do Sesi-SP e da Marinha do Brasil é dona do melhor resultado do País na história da luta olímpica. Em 2014, Aline chegou na decisão do Mundial da modalidade e ficou com a prata. Aline é uma das principais esperanças de medalha para o Brasil nos Jogos Olímpicos de 2016, que ocorrem em menos de um ano no Rio de Janeiro. A boa regularidade dela nos últimos tempos é um fator positivo para quem sonha em brilhar em uma Olimpíada em casa. Além do bronze no Pan de Toronto 2015, nesta temporada, a atleta do Sesi-SP alcançou seu 11ª título brasileiro de luta olímpica na categoria até 75kg e ficou em terceiro lugar do pan-americano da modalidade no Chile. Em 2014, a lutadora também faturou o ouro nos Jogos Sul-Americanos, no Mundial Militar e no Grand Prix de Paris.

Aline Silva é treinada por Pedro Garcia, Angel Aldama e Alejo Morales. A atleta de 28 anos defende o Sesi-SP e a Marinha do Brasil, tendo patrocínio da Caixa Econômica Federal.

Siga a atleta em www.facebook.com/alineluta
e no site http://alinesilvalutaolimpica.com.br