Thiago Pereira apoia candidatura olímpica de Los Angeles 2024

0
385

Thiago Pereira participou, na madrugada desta quarta-feira (17), do lançamento da logomarca da candidatura de Los Angeles para sediar os Jogos Olímpicos de 2024. O brasileiro, que se prepara para sua quarta Olimpíada na Rio 2016, manifestou apoio à cidade que escolheu para morar e treinar. Segundo Thiago Pereira, L.A. recebe atletas campeões do mundo inteiro e tem estrutura para sediar o maior evento esportivo. ”Eu apoio os Jogos de Los Angeles 2024. Escolhi não apenas porque moro aqui, mas por acreditar na cidade. Competi nos quatros cantos do mundo e posso dizer que L.A. é diferente!”.

O brasileiro Thiago Pereira dividiu a mesa do lançamento da logomarca de LA2024 com o presidente do comitê organizador, Casey Wasserman, o prefeito de Los Angeles, Eric Garcetti,a ex-atleta Janet Evans e Lisa Baird, do Comitê Olímpico dos EUA. O evento foi realizado no último andar da USC – University of Southern California, com a melhor visão da cidade. ”Poucos atletas tiveram a chance de competir uma Olimpíada em casa. Eu terei essa oportunidade em agosto no Rio de Janeiro. Mas, se Los Angeles for eleita, eu terei essa chance novamente, já que aqui é minha segunda cidade”, disse Thiago Pereira, que é um dos 19 brasileiros confirmados para o GP de Orlando, marcado entre os dias 3 e 5 de março.

Los Angeles tenta pela terceira vez sediar uma Olimpíada, depois de realizar as edições de 1932 e 1984. As adversárias da cidade norte-americana para sediar o evento são Roma, Paris e Budapeste.

Thiago Pereira é patrocinado pelos Correios e Speedo International Ltd. O nadador defende o Minas Tênis Clube, tem 30 anos e é natural de Volta Redonda (RJ). É dono de 23 medalhas pan-americanas, um recorde histórico. Em Londres-2012, o atleta conquistou a medalha de prata na prova dos 400 m medley.

O medalhista olímpico também é vice-presidente da Comissão de Atletas da FINA – Federação Internacional de Natação – e integrante das Comissões de Atletas do COB – Comitê Olímpico Brasileiro – e da Odepa – Organização Desportiva Pan-Americana.