Teste para o Pan de Toronto: Jessica Bruin nada em Brasília

0
404

A atleta Jessica Bruin Cavalheiro disputa, a partir desta quarta-feira (29), o Brasileiro Senior de Inverno de Natação, no parque aquático Claudio Coutinho, em Brasília. A nadadora do Sesi-SP estreia nos 800 m livre e depois encara uma forte sequência que inclui os 200 m livre, os 400 m livre e os 200 m borboleta. O evento é importante para a preparação da atleta, que tentará uma medalha no Pan de Toronto. “Vamos treinar forte e malhar bastante durante o período de competição em Brasília. Os trabalhos têm foco total no Pan e no Mundial. O Fernando Vanzella classifica como período de choque”, disse a nadadora do Sesi-SP.

Sem muitas expectativas para grandes resultados, o objetivo de Jessica Bruin é tirar o melhor dela, mesmo cansada. “Assim podemos ver os maiores erros para consertar no dia-a-dia de treinos”.

Para Jessica Bruin Cavalheiro, o sonho de defender as cores do Brasil nos Jogos de 2016 está cada vez mais próximo. Convocada para para o Mundial de Kazan e para o Pan de Toronto, a nadadora do Sesi-SP irá integrar a equipe de revezamento 4x200m livre, que ainda tem no grupo Joanna Maranhão, Larissa Martins e Manuella Lyrio. Após a Clínica Rio 2016, que ocorreu entre 17 e 19 de abril, a atleta acredita que o time está bem entrosado e todas estão comprometidas com a meta de colocar o Brasil na final do Mundial em julho.

“Os 12 melhores tempos do mundo estão pré-classificados automaticamente para a Olimpíada do Rio de Janeiro. Assim, vamos fazer o possível para colocar o Brasil na final em Kazan e já garantir essa vaga. Conseguir esse resultado já dá outra cara para a equipe e para nossa preparação para os Jogos em casa”, contou a jovem de 23 anos.

Para o técnico da seleção brasileira feminina de natação, Fernando Vanzella, o Brasil tem diminuindo cada vez mais a diferença para os principais adversários e isso pode ser decisivo na conquista da vaga e mesmo de uma medalhas nas competições deste ano, principalmente no Pan de Toronto. “Houve uma grande evolução entre as meninas. Geralmente você tinha as ponteiras muito fortes, mas hoje vemos que o ‘miolo’ também se desenvolveu, criando uma consistência maior para o grupo. Assim, o nível está mais exigente, gerando um resultado melhor para o grupo.”

Jessica Bruin Cavalheiro tem 23 anos e defende as cores do Sesi-SP. Mineira de Belo Horizonte (MG), a atleta é treinada por Fernando Vanzella e tem o patrocínio da Hammerhead. Jiba, como é carinhosamente chamada pelos amigos, é pentacampeã brasileira dos 200 m livre e é medalhista de prata pan-americana. Jessica deu as primeiras braçadas ainda criança. Aos 10 anos já integrava a equipe do Minas Tênis Clube. A atleta também passou pelo Fluminense.