Home Tags Posts tagged with "Escolinha de Triathlon"

Escolinha de Triathlon

Os alunos da Escolinha de Triathlon Formando Campeões disputaram, neste domingo (8), a etapa de outono do Circuito de Renault de Triathlon 2017, em Caiobá (PR). Foram 10 triatletas do projeto entre os três primeiros colocados. Na prova de sprint, com distâncias de 750 metros de natação, 20 quilômetros de ciclismo e 5 quilômetros de corrida, destaque para Gabrielle Lemes e Alice Forti, que repetiram o resultado do Brasileiro de 2016 e fizeram dobradinha no feminino infantil. Na versão masculina, Pedro Boff e Cristian Fernandes fecharam a prova em segundo e terceiro lugares, respectivamente. ”Os triatletas começaram bem a temporada 2017 e os resultados da etapa de outono mostraram isso. Ficamos muito felizes! O trabalho já está surtindo efeito e o nosso objetivo é treinar as crianças para o Campeonato Brasileiro Infantil e o Campeonato Brasileiro de Duathlon Terrestre nos meses de junho e julho, respectivamente”, contou o sargento Ricardo Cardoso Júnior, coordenador do projeto.

Entre os triatletas de 13 a15 anos, o vencedor foi Mateus Oliveira Martinhaki, seguido por Pedro Henrique Gomes. Nathan de Macedo Hulse ficou em quarto. Maria Forti foi a vice-campeã na categoria de 16 a 19 anos do Circuito de Renault de Triathlon. Na versão masculina, Nicholas Cabral foi o quinto. Na categoria Open, com distâncias de 400 metros de natação,10 quilômetros de ciclismo e 2,5 quilômetros de corrida, os três primeiros foram da Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Henrique Padilha Mendes, Adam Precybilovicz e Leonardo Zanon fecharam o pódio junto com João Vitor Mazorca, em quarto, e Sergio Felipe Ribas Pinto, em quinto.

Desde maio de 2015, o Colégio da Polícia Militar do Paraná é a base do projeto, que recebe diariamente 35 alunos da rede pública de ensino, visando inseri-los em um dos esportes ao ar livre que mais vem se popularizando nos últimos tempos. As crianças contam com todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade. As atividades respeitam a grade escolar e faixa etária de cada atleta mirim.

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e do Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Condor, Grupo Astra e Santana Financeira.

Curta a Fã page – /Escolinha de Triathlon – Formando Campeões

Desde maio de 2015, o Colégio da Polícia Militar do Paraná é a base do projeto, que recebe diariamente 35 alunos da rede pública de ensino, visando inseri-los em um dos esportes ao ar livre que mais vem se popularizando nos últimos tempos. As crianças contam com todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade. As atividades respeitam a grade escolar e faixa etária de cada atleta mirim.

Escolinha de Triathlon Formando Campeões foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e do Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Condor, Grupo Astra e Santana Financeira.

 

 

Ricardo Cardoso Júnior, coordenador da Escolinha de Triathlon Formando Campeões, escreveu sobre a oportunidade internacional para triathlon brasileiro no Sul-Americano do Uruguai. Leia na íntegra
….
 Amigos leitores do LANCE! Agradeço a oportunidade de escrever para o prestigiado espaço e falar de esporte, mais precisamente o triathlon. Desde 2015, a história da modalidade está sendo reescrita em Curitiba e, em futuro próximo, no país todo, com a Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Vamos enviar mais duas atletas jovens para defender o Brasil em um evento de alto escalão do esporte. As futuras atletas olímpicas Gabriele Lemes e Alice Forti Tinelli participam agora neste domingo do Campeonato Sul-Americano de Jovens, que será realizado em Montevideo, capital do Uruguai. É uma competição importante, que já detecta os próximos triatletas que vão disputar olimpíadas. Talvez até em Tóquio 2020, mas para 2024 é certeza de que muitos estarão representando seus países.
As jovens triatletas acima citadas, respectivamente campeã e vice na categoria 14 anos do Campeonato Brasileiro 2016, estão ansiosas pela oportunidade de defender as cores do Brasil e ainda trocar experiências com atletas de outros países. É importante esse intercâmbio. Recentemente, a Maria Fernanda Tinelli – outra aluna da escolinha – também integrou a seleção brasileira no Mundial de Aquathlon em 2016.
É um orgulho muito grande ver que os resultados estão aparecendo mesmo em menos de dois anos e que estamos no caminho certo atuando na formação dessa nova geração, que tem um potencial enorme. A evolução dessas meninas na modalidade tem sido impressionante e desde a convocação elas se mostraram extremamente comprometidas, treinaram duro, melhoraram seus tempos e por isso tenho certeza de que farão uma excelente prova. Digo que as duas citadas já brigam com meninas do adulto em provas pelo Paraná.
A escolinha foi criada há dois anos com intuito de formar cidadãos na vida e no esporte. Espero que outras cidades façam o mesmo! O projeto desenvolvido pelo atleta olímpico Juraci Moreira deveria ser copiado. Todas as 35 crianças e adolescentes envolvidos neste projeto se superam diariamente mesmo com pouca idade e tenho certeza de que podem ser futuros vencedores na modalidade. Os atletas treinam de segunda a sábado de 3 a 4 horas diárias sempre supervisionados por seus técnicos nas dependências do Colégio da Polícia Militar do Paraná.
Mais uma vez obrigado e desejo boa sorte às meninas e todas os outros brasileiros convocados para Sul-Americano de Triathlon.

 

Flávio Perez

flavio@onboardsports.net

Tel: +5511999498035

Projeto idealizado pelo medalhista pan-americano Juraci Moreira oferece estrutura de alto nível para crianças e adolescentes de Curitiba

Os alunos da Escolinha de Triathlon Formando Campeões encerraram, neste domingo (6), a temporada 2015 com a participação no Triathlon Olímpico de Caiobá, uma das provas mais tradicionais do estado. Participaram da prova 20 meninos e meninas do projeto, que se tornou referência na modalidade no País. Destaque para a dobradinha de ouro e prata entre Gabriele Estefany Lemes e Amanda Peller. No masculino, Pedro Henrique Boff ficou com o primeiro lugar e seu companheiro de escolinha Cristian Fernandes foi o segundo. A prova foi de aquatlon com 750 metros de natação e 5 quilômetros de corrida.

”Desde inicio do projeto (maio de 2015), todos os alunos conquistaram uma maturidade indescritível no seu desenvolvimento atlético bem como pessoal. Passaram por todas adversidades e independentemente dos excelentes resultados obtidos todos cresceram em suas relações interpessoais. Na última prova do ano confirmaram que têm um futuro super promissor no triathlon”, disse o coordenador do projeto, Sargento Ricardo Júnior Cardoso.

O projeto da escolinha foi idealizado pelo atleta Juraci Moreira, medalhista pan-americano, hexacampeão brasileiro da modalidade e três vezes representante olímpico. ”Fico muito satisfeito com o desempenho e aprendizado dos garotos e garotos. É um sonho que se tornou realidade. Meu objetivo é espalhar a escolinha por todo o Brasil.”, contou Juraci Moreira.

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Tradener – comercialização de energia, Grupo Astra e Sorocred.

Os alunos da Escolinha de Triathlon Formando Campeões do Paraná voltaram a competir no domingo (22), na última etapa do 13º Circuito de Aquathlon Triativa, realizado na capital Curitiba. Os jovens Pedro Henrique Boff e Gabrielle Estefany Lemes foram campeões no geral, mostrando bastante talento. A prova contou com 600 metros de natação e depois uma corrida de 3 quilômetros, incluindo subidas.”Eles obtiveram excelentes resultados com pódio em diversas categorias e todos foram elogiados pelos presentes. Foi um domingo especial”, disse o coordenador do projeto, Sargento Ricardo Júnior Cardoso.

O grupo formado por crianças e adolescentes participou semanas atrás de outro evento de alto nível, o Campeonato Brasileiro de Triathlon. O próximo desafio dos jovens promissores do triathlon paranaense será na quinta-feira (26) no Colégio da Polícia Militar do Paraná, local onde as 30 crianças treinam todos os dias. Será uma prova de aquatlon – natação e corrida – valendo pelos jogos internos. Serão 80 participantes ao todo.

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões do Paraná foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Tradener – comercialização de energia, Grupo Astra e Sorocred.

Em maio de 2015, 30 crianças e adolescentes de Curitiba (PR) ganharam uma oportunidade de treinar em alto nível na Escolinha de Triathlon Formando Campeões. Equipamentos especiais para a prática da modalidade, como tênis e bicicleta, além de todo suporte de professores especializados são oferecidos de graça para os alunos no Colégio da Polícia Militar. Condições praticamente inexistentes no esporte brasileiro. E os meninos e meninas estão adorando a iniciativa viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte. ”Muitos atletas profissionais não têm condições parecidas”, disse Juraci Moreira, atleta com três participações olímpicas e padrinho do grupo.

Neste domingo (15), os alunos da Escolinha de Triathlon Formando Campeões terão o principal desafio da temporada: o Campeonato Brasileiro Infantil Infanto-Juvenil de Triathlon 2015. O evento ocorre em Caiobá (PR). ”Estão todos muito ansiosos para participar desta competição e com certeza estarão prontos para esta etapa. Todos treinam de três a quatro horas por dia, seis vezes por semana. Realizamos as atividades respeitando a individualidade biológica de cada um com o propósito de que todos cheguem na sua melhor forma possível. É maravilhoso ver alunos que no início do projeto não sabiam andar de bicicleta ou nadar agora desenvolvem muito bem a prática do ciclismo, natação e da corrida”, contou o coordenador do projeto, Sargento Ricardo Júnior Cardoso.

Segundo levantamento feito pela Federação Paranaense de Triathlon, o Campeonato Brasileiro terá mais de 100 atletas de 11 estados do País. A prova terá características bem seguras, principalmente no mar, pois muitas crianças não tem um contato direto com mar aberto e muitos somente treinam somente em piscinas. As distâncias no mar serão de 50m à 600m e todos serão acompanhados por uma equipe formada por bombeiros e socorristas. No ciclismo, socorrista de moto ficará à disposição para qualquer eventualidade, além é claro da equipe médica. A corrida será à beira mar e terá o mesmo staff acompanhando.

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões do Paraná foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Tradener – comercialização de energia, Grupo Astra e Sorocred.

Os alunos da Escolinha de Triathlon Formando Campeões do Paraná estão confirmados no Campeonato Brasileiro Infantil Infanto-Juvenil de Triathlon 2015. O evento, que ocorre em Caiobá (PR), no dia 15 de novembro, será o principal desafios das crianças e adolescentes do projeto, uma das referências na modalidade em todo país. Com profissionais de alto nível, equipamentos de ponta e estrutura sedida pelo Colégio da Polícia Militar do Paraná, 30 triatletas mirins treinam diariamente desde maio de 2015 para repetir o que ídolos do esporte nacional como Juraci Moreira fizeram em competições internacionais. ”A Escolinha já tem seis meses e é possível dizer que os alunos estão evoluindo muito. Poderemos ter boas surpresas no Brasileiro. O sucesso do projeto é tão grande que outros estados também querem repetir”, disse Juraci Moreira, paranaense com três participações olímpicas.

Segundo levantamento feito pela Federação Paranaense de Triathlon, o Campeonato Brasileiro terá mais de 100 atletas de 11 estados do País. A prova terá características bem seguras, principalmente no mar, pois muitas crianças não tem um contato direto com mar aberto e muitos somente treinam somente em piscinas. As distâncias no mar serão de 50m à 600m e todos serão acompanhados por uma equipe formada por bombeiros e socorristas. No ciclismo, socorrista de moto ficará à disposição para qualquer eventualidade, além é claro da equipe médica. A corrida será à beira mar e terá o mesmo staff acompanhando.

”Muito esperado um evento deste em nosso estado, pois é uma das portas de entrada para o mundo triathlon. Muitas crianças terão este primeiro contato com uma prova e os pais terão a oportunidade de colocarem seus filhos em um evento somente para eles. Hoje o Paraná é um dos estados que possui talentos do triathlon no cenário nacional e também internacional. São nomes como Eduardo Lass, Luis Ohde e Fellipe Santos”, disse o presidente da federação, Luiz Iran Guimarães.

A Escolinha de Triathlon Formando Campeões do Paraná foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Tradener – comercialização de energia, Grupo Astra e Sorocred.

As crianças paranaenses têm oportunidade que muitos atletas de alto nível do Brasil não tiveram: uma escolinha de triathlon que visa a formação de novos talentos. Desde maio de 2015, o Colégio da Polícia Militar do Paraná é a base do projeto, que recebe diariamente 30 alunos. As crianças tem todos os equipamentos necessários e são treinadas por especialistas na modalidade. As atividades respeitam a grade escolar e faixa etária de cada atleta mirim. O padrinho da Escolinha de Triathlon do Paraná, Juraci Moreira, afirma que a iniciativa é importante para a formação esportiva das crianças, algo que era inimaginável anos atrás. “A ideia é que a escolinha se espalhe pelo Paraná e também pelo Brasil. Tive a felicidade de fazer da minha profissão o que começou como uma brincadeira de criança. Ir para piscina, nadar com meu pai, andar de bicicleta e correr pelo parque eram atividades normais. Não tinha pretensão de me tornar um atleta olímpico! Conheci o triathlon e me apaixonei”.

Para Juraci Moreira, atleta com três participações olímpicas e seis vezes campeão brasileiro, o apoio dos pais é fundamental para o sucesso das crianças. “O incentivo dos pais para os futuros atletas é mais do que importante. O apoio sem cobrança é o segredo do sucesso para uma criança se tornar um grande atleta e mesmo que não venha a ser um atleta olímpico, os valores que o esporte ensina ficam para a vida toda”.

A parceria com a Polícia Militar proporciona segurança aos alunos durante a prática desportiva. Além disso, o ambiente, que promove valores como disciplina, comprometimento e trabalho em equipe, também ajuda à melhorar a qualidade das atividades

A Escolinha de Triathlon do Paraná foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Tradener – comercialização de energia, Grupo Astra e Sorocred.

A Escolinha de Triathlon do Paraná marcou presença neste sábado (19/09) nos Jogos Estudantis da Primavera e os novos talentos mostraram que mergulharam de cabeça no projeto, aprimorando suas habilidades, especialmente na água. A equipe surpreendeu e conquistou 22 medalhas nas provas de natação, sendo 10 de ouro, 6 de prata e 6 de bronze. O grande destaque ficou com os atletas da categoria de 12 à 14 anos que garantiram cinco medalhas de ouro nos revezamentos nesta idade. A equipe dominou o 4x50m livre e 4x50m medley, masculino e feminino, e 4x50m livre misto.

Individualmente, os atletas também tiveram uma ótima performance. Nos 50m livre, Pedro Henrique Boff ficou com a medalha de ouro, enquanto Matheus Domingues Franco ficou com o bronze e Vinicius Henequim Correia terminou na 6ª colocação. Na mesma prova, mas feminina, Renata Trinkel Montanarin terminou em 3º lugar e Gabrielle Estafany Lemes foi a quarta. Já no nado costas, Pedro Boff ficou com 2º lugar, enquanto Emanuel Vielgosz de Abreu e Amanda Antunes Peller ficaram na 6ª colocação. Nos 50m peito, o destaque foi Renata Trinkel Montanarim que sagrou-se campeã, com Gabrielle Estafany Lemes na 5ª posição, e ainda Pedro Lucas Malacrida, Mikael Lovrin e Pedro Henrique Gomes alcançando o 6º, 7º e 8º melhores tempos na prova masculina. Nos 50m borbo, Matheus Domingues Franco e Vinicius Henequim Correa dividiram o pódio, conquistando a 1ª e 3ª colocações, respectivamente, e ainda viram o colega Gustavo Reinart fechar a prova em 8º lugar.

“Foi uma grande surpresa para nós também. A evolução deles está sendo muito rápida e certamente eles ainda tem muito para desenvolver. Os bons resultados mostram que o projeto está bem encaminhado e a nova geração tem muito potencial para crescer”, avalia Juraci Moreira, padrinho do projeto.

Já na categoria 15 à 17 anos, Paola Giovanna Cordeiro e Maria Fernanda Forti Tinelli brilharam e ficaram com 4 medalhas cada. Nos 50m livre e 50m costas, a dupla conquistou o topo do pódio com Paola em primeiro e Maria Fernanda em segundo. As duas atletas também dividiram o pódio nos 50m peito e 100m livre, mas na segunda e terceira colocação, respectivamente. Entre os meninos, Christian William Fernandes faturou a prata nos 50m livre e o bronze nos 50m costas, prova que teve ainda Bruno Cesar Petroski Moraes em sétimo lugar. Christian ainda terminou na 4ª posição nos 50m peito.

A Escolinha de Triathlon do Paraná foi viabilizada pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Tradener – comercialização de energia, Grupo Astra e Sorocred.