Sérgio Batarelli fala sobre a migração do MMA para a nobre arte

0
238

O manager Sérgio Batarelli foi o convidado do LANCE desta quinta-feira (15) para falar sobre sobre a migração do MMA para a nobre arte!

Confira no site ou nas bancas de todo o Brasil

Do UFC para o boxe

por Sérgio Batarelli – manager dos medalhistas olímpicos Esquiva Falcão e Robson Conceição

Caros leitores do LANCE! Hoje escrevo sobre um tema que vem dando o que falar no mundo das lutas, a migração de lutadores de MMA para o boxe. Na minha opinião, a principal causa é a financeira. No UFC, por exemplo, o atleta fatura, em alguns eventos, tanto quanto no boxe, só que o montante não é distribuído e acaba ficando para a própria organização. Enquanto no boxe, a quantia fica, em sua maior parte, para os lutadores.

Já existe um projeto nos Estados Unidos para que uma regulamentação semelhante a do boxe aconteça para os lutadores de MMA, como na chamada Mohammed Ali Act, em que os promotores são obrigados a divulgar, no caso de luta transmitida pela televisão aberta, os valores recebidos pela exibição do evento. Isso torna os valores mais claros para o atleta, que tem o poder de negociar a quantia que irá receber.

Nos canais pagos deve ocorrer o mesmo, apesar da dificuldade para se fazer a divulgação de valores antes da luta, o atleta e seus agentes podem negociar a porcentagem das vendas. Algo muito semelhante ao que era feito com estrelas que apareciam em capas de revistas, com relação ao seu direito de imagens.

E foi dessa forma que Manny Pacquiao faturou 300 milhões de dólares, na luta contra o Lloyd Maywheather Jr.

O boxe, comparado ao UFC, continua sendo o melhor pagador dentre os dois eventos esportivos de luta e continuará com este posto, pois o mercado de lutas prioriza o boxe. Dentro do Brasil o Ultimate é muito forte, muito por conta do tempo em que o próprio boxe havia ‘hibernado’ por aqui, mas nos Estados Unidos o boxe ainda reina e no nosso país o esporte despertou novamente.

Os próprios lutadores já estão enxergando essa diferença e, ao construírem suas carreiras no MMA, mais precisamente no UFC, estão migrando para o pugilismo.

É isso!!! Encerro convidando a todos para assistir a etapa número três do Boxing4You, considerado o maior evento da modalidade no Brasil. Será neste sábado, em Sorocaba (SP). Até lá!