Samir Barel vence e unifica recordes da Travessia do Canal de Ilhabela

0

Conquistador da Tríplice Coroa das Aguas Abertas é agora o mais rápido nos percursos sul e leste do continente para a ilha

Samir Barel mostrou mais uma vez que está em ótima forma! O conquistador da inédita Tríplice Coroa das Águas Abertas (as 3 travessias mais difíceis do mundo) encarou neste domingo (6) a tradicional Travessia do Canal de Ilhabela, sagrou-se campeão geral do percurso de 3.800 m e ainda “unificou os cinturões”. Em 2014, o nadador de Campinas estabeleceu o recorde do percurso sul (47min07), que dura até o momento, e neste fim de semana fechou o percurso leste também em 47 minutos, recorde que pertencia à Carlos Eduardo Pavão (49min24 em 2015).

“Foi uma prova boa. Em segundo lugar ainda ficou um aluno meu da Elo Academia, Marcos Fraccaro, e em terceiro o Alex Redher. A largada foi às 8h, não teve nenhuma dificuldade com vento ou corrente marítima. Depois de 1h15 de prova o mar acabou virando, mas eu já havia chegado, quem demorou um pouco mais acabou sentindo, eu tive sorte de pegar o mar liso. Foi um belo dia, mais de 500 participantes, o que é muito bom para a maratona aquática em si, espero que a modalidade continue dando esse show e crescendo”, contou o nadador, que é um dos principais embaixadores da maratona aquática no Brasil.

Samir Barel é natural de São José dos Campos (SP), mas reside em Campinas (SP), onde mantém sua base de treinamento na ELO Academia. Praticante de maratona aquática desde 2007, Barel já concluiu algumas das provas mais longas e difíceis do circuito mundial, tais como a tradicional travessia Hernadarias-Paraná, conhecida como a maratona aquática mais longa do mundo (88k), a famosa Volta na Ilha de Manhattan e a Travessia noturna do Canal da Catalina, ambas nos Estados Unidos, e a temida travessia do Canal da Mancha, entre a Inglaterra e a França, considerada o “Monte Everest das águas abertas”. Seu principal objetivo é divulgar a maratona aquática e mostrar os benefícios da modalidade, como possibilidade interagir com a natureza, conhecer lugares diferentes, trocar experiências com pessoas de todas as idades, superar as adversidades, além de promover a saúde e o bem estar dos praticantes.