Rose Volante prepara melhor camp de treinamento para maior desafio da carreira

0
66

A atual dona do cinturão da WBO (Organização mundial do Boxe), Rose Volante vai defender seu título mundial no dia 15 de março de 2019 contra a irlandesa Katie Taylor.  O combate será no Liacouras Center, na Filadélfia, Estados Unidos, durante as festividades do Saint Patrick Days.

A luta na categoria das leves foi confirmada pelo empresário de Katie, Eddie Hearn e pelo treinador de Rose, Felipe Moledas. Para derrotar a campeão olímpica de Londres 2012 e atual dona de dois cinturões (WBA e IBF), a brasileira promete se dedicar 100% para o combate, fazendo, segundo ela, o seu melhor camp de treinamento.

Os treinos de Rose Volante ocorrem em Santos (SP) e em São Paulo (SP). O técnico da pugilista, Felipe Moledas, declarou que “ambas estão preparadas para o combate”.

”Está é a luta mais importante da minha carreira! Um combate de unificação valendo três títulos mundiais, conto com a torcida e apoio da nossa nação. O que eu fiz para o boxe feminino profissional ninguém tira, sendo a primeira brasileira campeã mundial de boxe. Agora chegou a hora das campeãs do mundo se enfrentarem, ela é campeã do mundo e eu também, será uma grande luta, tenho certeza que tenho me preparado bem, confio no meu trabalho e na minha equipe! Vou dar o meu melhor em cima do ringue”, disse Rose Volante.

A boxeadora irlandesa Katie Taylor tem, além do ouro em Londres 2012, outros cinco títulos mundiais no amador. Ela é campeã dos pesos leves da Associação Mundial e Federação Internacional de Boxe. 

O cartel da atleta de 32 anos é de 12 lutas e 12 vitórias, sendo 7 por nocaute. Já Rose Volante tem 36 anos tem um cartel invicto de 14 vitórias, sendo oito por nocaute.

Vale lembrar que este era um confronto esperado, já que em dezembro do ano passado, Katie declarou que iria atrás de todos os títulos em 2019, ou seja, ficou entendido que a irlandesa quer tirar o título mundial da brasileira.

Sobre Rose 

Rose Volante é a primeira brasileira campeã mundial de boxe pelo Conselho Mundial de Boxe (WBO). A atleta começou sua trajetória no boxe aos 26 anos.

Como atleta amadora, ela foi campeã paulista quatro vezes, brasileira três vezes e quatro vezes campeã dos Jogos Abertos no interior paulista. Foi convocada para a Seleção Brasileira de Boxe e campeã sul-americana no Chile, em 2011. No mesmo ano ela ficou em sétimo lugar no Mundial da China.

Em 2012 ela foi medalha de prata no Pan-americana de boxe no Canadá. No mesmo ano, Rose foi reserva da Seleção Brasileira nas Olimpíadas de Londres e em 2013 tornou-se campeã europeia.

Em 2014, aos 31 anos, decidiu entrar para o boxe profissional. Na sua trajetória profissional, Rose foi campeã paulista, campeã internacional duas vezes, campeã latina também por duas vezes e campeã mundial dos pesos-leves pela OMB (Organização Mundial de Boxe), uma das quatro principais entidades gestoras do boxe profissional.

Na disputa pelo cinturão, Rose venceu a luta contra a argentina Brenda Carabajal em dezembro de 2017, no país vizinho.