Rose Volante escreve ao Lance!

0
Rose Volante escreve ao Lance!
Rose Volante escreve ao Lance!

Rose Volante, primeira brasileira campeã mundial de boxe, escreve sobre a luta que vale três cinturões. A disputa com a irlandesa Katie Taylor acontece na próxima sexta-feira (15) para sábado.

Em busca de três cinturões 

Por Rose Volantê, boxeadora campeão mundial

Oi pessoal do Lance! Aqui é a Rose Volante, primeira brasileira campeã mundial de boxe. Volto ao espaço para convidar a todos a torcerem por mim na luta do próximo sábado (16). Já estou na Filadélfia nos Estados Unidos fazendo os ajustes finais para a grande disputa contra a irlandesa Katie Taylor. A luta tem uma importância enorme já que valerá três cinturões. O meu, sou detentora do título da WBO (Organização Mundial de Boxe), e os outros dois da Taylor: o da WBA -Associação Mundial de Boxe e da IBF -Federação Internacional de Boxe. É minha primeira vez na Filadélfia. É um lugar especial por toda história com o boxe e agradeço a Katie por ser uma campeã, o que fez com que eu treinasse muito mais para essa luta!

Estou disposta a voltar para casa com os cinturões. Sobre minha oponente, ela é campeã olímpica em 2012 e acumula 12 vitórias no seu cartel profissional (cinco nocautes). Eu sou profissional desde 2014 e tenho no meu cartel 14 vitórias em 14 lutas, sendo oito delas por nocaute. Espero uma grande luta de duas campeãs. O combate irá promover um belo espetáculo para quem assistir. Quem vencer a disputa terá os 3 títulos do mundo mas ainda faltará o da WBC e é isso que iremos atrás. A luta é decidida em cima do ringue. E vencerá quem estiver mais preparada. Tenho 36 anos e comecei minha trajetória no boxe há dez anos. Como atleta amadora fui campeã paulista quatro vezes, brasileira três vezes e quatro vezes campeã dos Jogos Abertos no interior paulista. Na minha trajetória profissional fui campeã paulista, campeã internacional duas vezes, campeã latina também por duas vezes e campeã mundial dos pesos-leves.

A disputa pelo cinturão foi em dezembro de 2017 na Argentina, contra a Brenda Carabajal. O título foi inédito para o país e até hoje já fiz duas defesas, a terceira será na madrugada de sexta-feira (15) para sábado! A disputa será no Liacouras Center, durante as festividades do Saint Patrick Days e terá transmissão ao vivo do SporTV 3, a partir das 19h30 da sexta-feira (15). Acredito que nada disso seria possível sem minha equipe. Treino em Santos com o Felipe Moledas e em São Paulo, com a equipe Tony Boxe e conto com o patrocínio do Memorial de Santos, sem eles não poderia viver do que eu amo, que é o boxe.