Prata e bronze em jogo na etapa final da Volvo Ocean Race

0
420

Com o título assegurado do Abu Dhabi Ocean Racing restam duas posições no pódio da Volta ao Mundo. O detalhe é que quatro equipes têm chances


* Did Not Start | ** Did Not Finish | *** Retired | ****
Disqualified | ***** Given Redress | ****** Provisionalº
MAPFRE given 2-point penalty Leg 5
Dongfeng Race Team, Team SCA & MAPFRE
penalised Leg 7

 A etapa final da Volvo Ocean Race começa nesta terça-feira (16) com o campeonato ainda em aberto. Quatro barcos lutarão por duas vagas no pódio – o segundo e o terceiro lugares, nas 960 milhas náuticas do percurso entre Lorient, na França, e Gotemburgo, na Suécia. Apenas seis pontos separam o barco holandês Team Brunel que está em segundo do Team Alvimedica, quinto colocado. Dongfeng Race Team é o terceiro e o MAPFRE o quarto. Ver tabela ao lado.

Com oito pontos de vantagem, o Abu Dhabi Ocean Racing é o campeão por antecipação da Volvo Ocean Racing 2014-15. Mesmo se terminar em último lugar a etapa final até Gotemburgo, os árabes não podem ser ultrapassados. Apenas uma violação catastrófica de regras – que resultaria na perda de dois ou mais pontos – poderia tirar a taça dos Emirados Árabes Unidos.

O Team SCA já garantiu o sexto lugar e o Team Vestas Wind o sétimo.

E a nona etapa promete ferver por causa da pontuação equilibrada. Um pit-stop de 24 horas em Haia, na Holanda, será um ingrediente a mais na regata decisiva. “Vamos com tudo para Gotemburgo”, disse Bouwe Bekking, comandante do Team Brunel. “Para nosso time, será muito bom parar em Scheveningen (Haia), mas os pontos só serão computados em Gotemburgo. Nosso objetivo é manter todos focados até o fim”.

Os espanhóis do MAPFRE precisam de um bom resultado para tirar a vantagem e pegar o pódio. O Telefónica Blue, em 2008-09, conseguiu o melhor resultado de um time ibérico na regata. “Queremos ir pra água. É lá que as coisas acontecem e nós sabemos como gerir o barco e velejar”, contou Iker Martínez, comandante do MAPFRE.

Mesmo em quinto, os integrantes do Team Alvimedica querem surpreender. Charlie Enright é o comandante da equipe mais jovem da Volvo Ocean Race. “Um lugar no pódio seria um final perfeito da nossa campanha. Nós melhoramos a cada perna e o resultado seria uma grande conquista. Nós aprendemos muito ao longo do caminho”.

Os sete barcos são esperados em Haia na sexta-feira (19) pela manhã. Eles devem chegar no porto de Gotemburgo na próxima segunda-feira (22).