Paranaenses conquistam cinco medalhas em dia de desafio duplo em Palmas

0
20

O domingo (10) teve gosto de superação para os integrantes da Seleção Escolinha de Triathlon Alto Rendimento. O forte calor do Tocantins foi o principal obstáculo dos paranaenses, na disputa dupla da terceira etapa da Copa Triathlon Brasil e da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Triathlon Infantil. Alguns ainda enfrentaram o desafio extra da troca de categoria. No final, saldo mais que positivo, com cinco medalhas, três de ouro e duas de prata.

Maria Fernanda Forti Tinelli foi um dos destaques da Seleção Escolinha na Copa Triathlon Brasil. Em fase de preparação para o Campeonato Panamericano Júnior em Brasília, dia 23, a atleta mudou para a categoria Júnior, em busca de evolução. Em Palmas, ficou com a medalha de prata, resultado que ainda valeu o quarto lugar geral. “Saí bem da água, mas senti o calor, estava fazendo 34 graus. Acabei me perdendo do pelotão principal, pedalei os 20km sozinha. Consegui recuperar na corrida”, contou Maria Fernanda. “É um resultado muito importante para mim, porque entrei agora na categoria Júnior. E me deixa mais confiante para o Panamericano Júnior.”

Também estreante na categoria Júnior, Matheus Martinhaki terminou com o sexto lugar. “Ele se desgastou um pouco no final, mas mesmo assim foi muito bem. Com certeza alcançará o pódio nas próximas competições”, apontou o treinador Ronaldo Mateus, responsável pelos atletas nas competições em Palmas.

Já Renan Portela manteve a liderança da competição, com mais uma medalha de ouro na categoria Youth. “Mesmo sentindo um pouco o calor, todos superaram as expectativas”, concluiu Ronaldo Matheus.

Domínio paranaense no Brasileiro Infantil

Na segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Triathlon Infantil, os atletas contaram com um trunfo contra as altas temperaturas de Palmas: um training camp organizado pela CBTri, nos dias anteriores à competição. Os dias de treino intensivo e aclimatação fizeram diferença para Cauã Diniz e Adam Precybilovicz. Os dois repetiram o resultado da primeira etapa, em Florianópolis, e foram campeões em suas categorias.

Cauã ainda formou uma dobradinha na categoria 14 anos com Henrique Mendes, medalha de prata. E Adam subiu ao pódio da categoria 13 anos com João Vítor Mazorca, da Escolinha de Triathlon Formando Campeões, projeto onde os atletas se desenvolveram, referência na formação das categorias de base do esporte. Também aluno da Escolinha, o jovem Miguel Mazorca repetiu o resultado do irmão e ficou com a medalha de prata na categoria 10 anos.

“Foi uma competição muito produtiva para eles, tendo em vista que tivemos dois alunos do grupo de alto rendimento da Escolinha campeões brasileiros em duas etapas do Brasileiro Infantil”, comemorou Ronaldo Mateus. “As condições do clima influem diretamente nas provas, mas com o treinamento os atletas tornam-se mais resistentes e prontos para se superar, como neste domingo. Mantendo esse desempenho ao longo do ano, eles encerrarão a temporada com seus melhores resultados.”

Seleção Escolinha de Triathlon Alto Rendimento reuniu para a temporada 2018 os dez atletas com maior potencial para o alto rendimento, entre os 60 alunos da Escolinha de Triathlon Formando Campeões, consagrando um trabalho de quatro anos no desenvolvimento das categorias de base do triathlon no Paraná. Na nova equipe, os dez atletas selecionados passam a receber uma ajuda de usto mensal e são direcionados para as principais competições brasileiras e internacionais, visando as classificações olímpicas.

O projeto foi viabilizado pela Lei de Incentivo ao Esporte, com apoio da Federação Paranaense de Triathlon e do Colégio da Polícia Militar do Paraná. Os patrocinadores são Banco Safra, Sanepar, Elejor e Governo do Paraná.