Nutricionista da Pulse escreve coluna para a Swim Channel

0
88
Nutricionista da Pulse escreve coluna para a Swim Channel

Nutricionista Marina Fuchs, da Pulse Medicina Esportiva, destaca a dieta ideal para o nadador vegetariano/vegano no site especializado.

Qual é a dieta ideal para o nadador vegetariano/vegano?

Entenda o por quê a quantidade de alimentos deve ser grande para os nadadores vegetarianos e veganos

19/10/2018 – Marina Fuchs

É um fato que o número de atletas vegetarianos/veganos cresce exponencialmente nos últimos anos e com isso os questionamentos sobre a alimentação correta visando o alto rendimento também vem aparecendo com mais frequência.

Porém, a pergunta: “Como vou obter as proteínas necessárias para os meus treinos” sempre é a mais indagada por pacientes em consultório, principalmente aqueles em fase de transição de uma dieta onívora para o vegetarianismo.

No entanto, está cada vez mais claro que este tipo de alimentação, sendo bem orientada, não tem a ver com piora do resultado em provas e/ou performance. Cabe citar aqui o exemplo do triatleta alemão, Patrick Lange, que recentemente foi bicampeão mundial do Iron Man,  seguindo uma dieta vegetariana há mais de 7 anos.

Na prática clínica costumo dizer aos pacientes que quem gosta muito de comer vai tirar vantagens ao escolher essa opção de alimentação! Falo isso, pois nadadores têm um gasto calórico muito elevado e para atingir as recomendações dos macronutrientes (proteína, gorduras e carboidratos) o volume do prato aumenta significativamente, pois alimentos do reino vegetal tem menos densidade energética do que do reino animal.

Por exemplo, se formos comparar um bife de 100g carne de vaca que tem 22g de proteína, precisaríamos de 250g de feijão preto para atingir as mesmas quantidades desde macronutriente! Então, meus queridos atletas, se preparem para “bater um bom prato” literalmente.

Dieta ideal para o nadador vegetariano/vegano – Foto: Reprodução

Em termos de micronutrientes, pensando nesse mesmo exemplo acima, também estamos ganhando sabendo que nesta mesma quantidade de feijão existe 22g de fibra e 0g de gordura saturada, enquanto que no bife temos 0g de fibra e 12g desta gordura que em excesso é tão prejudicial ao nosso organismo.

Visto que precisamos de dietas com maiores volumes e muitas vezes não temos horas abeis para consumir tal quantidade em comida, em alguns casos, muitos nadadores irão precisar de suplementação para atingir as suas recomendações nutricionais. Hoje, no Brasil o mercado já dispõe de uma vasta opção de suplementos proteicos origem vegetal, spirulinas (fonte de ferro), levedura nutricional (fonte de B12), entre outros que são extremamente úteis nesses atletas.

Claro, que a avaliação e o acompanhamento nutricional  é de extrema importância nesse público, pois cada indivíduo tem sua necessidade específica de planejamento alimentar, de acordo com seus treinos, provas e estilo de vida.

Por fim, sim é possível, manter ou até melhorar o rendimento de nadadores veganos ou vegetarianos, quando bem acompanhados de um bom  profissional da área.

Marina Fuchs

Nutricionista da Pulse Medicina Esportiva, possui pós em nutrição clínica e faz atendimento focado em emagrecimento, esporte e vegetarianos/veganos.