Nem chuva, nem correnteza atrapalham Samir Barel na estreia do GP de Maratona Aquática

0
476

Não faltou emoção para o brasileiro Samir Barel durante a primeira etapa do Grand Prix de Maratona Aquática da FINA, disputada neste domingo (8), na Villa Urquiza, na Argentina. O clima instável e a chuva forte quase cancelaram o evento nas correntezas do Rio Paraná. Mas a comissão organizadora optou por alterar o horário da largada e reduzir em cinco quilômetros o percurso de 25k, transformando a competição de longa distância em uma grande prova de velocidade.

“Pela manhã teve uma tormenta na região e a largada só ocorreu por volta das 16h. Foi uma prova super rápida, com corrente contra, corrente a favor e sprints intensos no pelotão. Mas fui super bem, nadei pra 2h20min e atingimos o objetivo, que era concluir a prova em boas condições”, contou o atleta, que terminou na 11ª colocação na classificação geral e aproveitou a oportunidade para trocar experiências com os melhores atletas de águas abertas do mundo. “Conhecer novas culturas e poder aprender com nadadores de altíssimo nível é fundamental para o nosso desenvolvimento profissional e pessoal. Essa certamente é a maior vitória.”

A próxima etapa do Grand Prix será em Cancún (México), dia 25 de abril. Até lá, Samir Barel segue na sua base de treinamento em Campinas, focando o planejamento no principal desafio da temporada: a Travessia do Canal da Mancha, uma das provas mais difíceis do mundo, marcada para a primeira semana de agosto.

Samir Barel é natural de São José dos Campos (SP), mas reside em Campinas (SP), onde mantém sua base de treinamento na ELO Academia. Praticante de maratona aquática desde 2007, Barel já foi campeão e recordista brasileiro nas provas 50 e 100 m livre e 200 m medley no final da década de 1990. É o atual campeão da I Copa Brasil de Maratona Aquática e em 2014 também foi o vencedor da famosa Volta na Ilha de Manhattan, tradicional percurso de 45 quilômetros pelos rios East e Hudson, nos Estados Unidos.