Medalhista olímpica, Bianca Rodrigues vai ao Chile buscar título sul-americano no hipismo

0
574

As lembranças da conquista da primeira medalha olímpica ainda estão frescas na memória da amazona Bianca Rodrigues. A prata por equipes na Olimpíada da Juventude em Nanquim, na China, foi muito celebrada e o pódio era o principal objetivo da atleta no ano de 2014. Mas a temporada do hipismo brasileiro ainda não acabou e a jovem ainda tem pela frente outro grande compromisso internacional. Entre os dias 7 e 12 de outubro, Bianca Rodrigues e outros 35 atletas disputam o Campeonato Americano e Sul-Americano da Juventude, em Santiago, no Chile.

“A expectativa é boa. Dessa vez, estarei com a Abernante, minha montaria oficial, uma égua que já conheço e me levou à outras conquistas. Meu objetivo é ficar entre os três primeiros colocados”, afirma a amazona.

Em Santiago, Bianca Rodrigues irá reencontrar os atletas que também fizeram parte da equipe sul-americana na China. Dessa vez, os colegas de pódio estarão do outro lado, como adversários. Porém, a experiência em Nanquim e o encontro com os conjuntos em outras competições internacionais na temporada deixam o clima de competição mais saudável.

“O ano de 2013 foi o primeiro ano da Bianca na categoria júnior. Desde então ela já competiu nos Estados Unidos, na Europa e na China. A principal diferença é que toda essa vivência a deixou mais madura e mais bem preparada”, explica o técnico Tony Fortino.

Além da competição individual, Bianca Rodrigues também disputa medalha na categoria por equipes.

Sobre Bianca Rodrigues

A atleta tem 18 anos e é uma das revelações do hipismo brasileiro. Sua montaria oficial é a égua Abernante. A paixão por cavalos começou cedo, aos 7 anos de idade, quando foi a um hotel fazenda e montou pela primeira vez. Depois disso, seu pai, Marcello Rodrigues, a encorajou a praticar saltos. A jovem já participou dos principais torneios das categorias de base, sendo a atual a vice-campeã sul-americana (2013). Recentemente, a amazona conquistou a medalha de prata por equipes no hipismo nos Jogos Olímpicos da Juventude. Seu sonho é defender o Brasil novamente em uma competição olímpica e a atleta espera estar pronta para os Jogos de 2020.

Bianca Rodrigues é orientada por uma equipe multidisciplinar, liderada pelo técnico Tony Fortino, do Clube Hípico de Santo Amaro, localizado na zona sul de São Paulo (SP). A atleta cursa o último ano do ensino médio e pretende ingressar no curso de Publicidade na faculdade.