Líderes ultrapassam 50% do percurso da Transat Jacques Vabre

0
108

Os dois barcos que disputam quilômetro a quilômetro o título da Transat Jacques Vabre 2017 na classe Ultime – formada por trimarãs superiores a 100 pés – já percorreram 50% do percurso entre Le Havre, na França, e Salvador, na Bahia.

O Sodemo assumiu nesta quinta-feira (9) a liderança da prova, que estava nas mãos do Edmond de Rothschild desde a largada, que ocorreu no domingo (5). Os franceses Thomas Coville e Jean-Luc Nélias adotaram a mesma estratégia na descida ao Brasil.

Já os adversários mudaram o bordo mais a oeste na última noite para ajustar o rumo e perderam a ponta. ”Estamos apenas no meio caminho. Devemos agora manter essa liderança. O equilíbrio entre velocidade e percurso é a chave para passar bem nos Doldrums (zona convergência) neste fim de semana. O vento irá suavizar durante o dia, de 15 a 10 nós (cerca de 10 km/h menos)”, escreveu a dupla no seu diário de bordo.

Nos Doldrums tradicionalmente, os barcos perdem velocidade. É a chama calmaria da Linha do Equador. Antes de perder a liderança, Thomas Rouxel, parceiro de Seb Josse no Edmond de Rothschild, confirmou as seguidas manobras. ”Por enquanto tudo está bem, talvez tenhamos feito nosso último jibe ontem, agora podemos seguir o caminho da Bahia. Observamos Sodebo de perto e o clima está ficando quente! Estamos começando a olhar para os Doldrums”.

O terceiro Ultime na regata, o Prince de Bretagne está ainda com problemas parado na Ilha de Santa Maria nos Açores. A dupla já consertou alguns cabos antes de voltar a toda velocidade.