Irmãos Bellotti incentivam a juventude da vela brasileira

Equipe F7 SerGlass, que está participando da Ilhabela Sailing Week, apoia nova geraçãoda modalidade no País

0
522

Com as Olimpíadas batendo na porta em dois anos, a vela brasileira, uma das modalidades mais vitoriosas nos Jogos, não pode deixar de pensar na nova geração de campeões. Pelo menos é essa opinião de Marcelo Bellotti, do time F7 SerGlass, que está participando da Ilhabela Sailing Week, a mais tradicional semana da modalidade do País. O atleta, que corre na categoria Star, foi na base para escolher seu proeiro.

“Escolhi o Antônio Moreira porque ele é jovem e tem um grande potencial. É importante alimentar o interesse da juventude, pois isso contribui muito para o crescimento da vela no Brasil”, destaca o timoneiro. “Acredito que seja a hora de tirar um pouco o olho dos grandes e focar mais nessa garotada. Muitos resultados bons já estão surgindo e os investidores deveriam considerar mais essa opção”, finaliza.

Recém chegado aos 17 anos, Antonio Moreira lembra que o gosto pela vela vem de berço. Com apoio do pai velejador, começou na classe Optimist, depois migrou para a Laser, teve uma experiência de dois anos na Finn e agora tem como meta iniciar uma campanha olímpica.

“Acabei de voltar de um Mundial e essa já é a minha quarta participação na Ilhabela Sailing Week. Sou neste momento um dos velejadores mais jovens do evento, creio que o mais novo na classe Star. Aprendo com os velejadores experientes, como o Marcelo. Isso me incentiva cada vez mais a não parar”, relata o paulista.

A Ilhabela Sailing Week é uma competição voltada aos barcos de oceano, mas nos últimos anos, a classe Star entrou no cronograma das regatas. Semanas antes, a cidade do litoral norte de São Paulo sedia a Semana de Monotipos para outras categorias de barcos menores.

Irmã de Marcelo, Renata Bellotti comanda outro barco da F7 SerGlass, mas na classe HPE. Também incentivadora da renovação na vela, a atleta apoia o irmão na sua nova escolha.

“Para o Antônio e para os demais jovens que estão aqui é importante velejar ao lado de grandes nomes da vela nacional. Esse aprendizado é fundamental para o desenvolvimento pessoal e profissional na modalidade”, afirma Renata Bellotti.

Resultados:

O time F7 SerGlass de Marcelo Bellotti está em 5º lugar na classe Star. “Estamos no páreo com grandes velejadores como o Lars Grael, que, na minha opinião, é o melhor do mundo, o Bruno Prada, medalhista olímpico. A ideia é continuar sendo agressivo para manter uma boa média e brigar pela medalha”, disse o velejador.

F7 SerGlass de Renata Bellotti permanece em 10º lugar na classe HPE. “O resultado é bom, considerando que são mais de 20 barcos na categoria. Além disso, a prova está com um nível elevado e como a equipe é nova, falta um pouco de ritmo para acertar a regulagem do barco“, ressalta Marcelo Bellotti.

As provas desta quinta-feira (24) foram canceladas devido a falta de vento e as provas voltaram a ser disputadas na sexta-feira (25).