Felipe Wu fala da temporada 2017 ao LANCE

0
47
Amigos leitores do LANCE! Eu sou Felipe Wu, medalhista olímpico do tiro esportivo na Rio-2016. A temporada de 2018 da minha modalidade já começou e escrevo justamente essa coluna da cidade de Pforzheim, na Alemanha. No período de 15 a 23 de janeiro farei um treinamento aqui em solo alemão para chegar ainda mais bem preparado para a temporada, que pode até valer vaga olímpica em Tóquio-2020.
De Pforzheim embarco para Munique para meu primeiro teste oficial de 2018, será a disputa da H&N Cup para pistola de ar.  Essa competição em Munique é um aberto envolvendo vários países. A sua importância é grande, pois os atiradores usam a H&N como preparação para as etapas de Copas do Mundo de tiro esportivo.
A minha participação em eventos e treinamentos de tiro esportivo na Europa não termina em  Pforzheim. Após a H&N Cup, terei pela frente, de 1º de fevereiro a 4 do mesmo mês, o Intershoot. Será na cidade holandesa de Haia. Em 2017 estive por lá nesse Open e tive bons resultados. Espero repetir!
Vale lembrar que nessa época de inverno no Hemisfério Norte, o frio é intenso e as competições são sempre feitas em indoor. Faz muito frio aqui na Alemanha.
Para um atleta profissional de qualquer modalidade, os treinos e o ritmo de competição são importantes para evolução técnica. Nesses eventos abertos de tiro esportivo de H&N Cup e Intershoot terei contato com os melhores atiradores do mundo, adversários em Copas do Mundo, Olimpíadas e Pans.
E para manter esse ritmo, voltamos para Pforzheim para outra semana de treinamento antes de retornar ao Brasil. Espero aproveitar da melhor maneira possível essas competições e treinamentos para fechar 2018 entre os melhores do ranking mundial. Afinal de contas falta pouco tempo pra Olimpíada. Dois anos e meio para o esporte profissional não é quase nada.
Obrigado pelo espaço e até a próxima.