Em águas ocultas! Samir Barel encara maratona aquática inédita no Rio Negro

0
488

Para Samir Barel, a imprevisibilidade da natação em águas abertas é um dos principais atrativos da Maratona Aquática. Mas, neste sábado (2), o nadador paulista terá pela frente uma situação totalmente nova e desafiadora. Ele é um dos 20 convidados, entre brasileiros e estrangeiros, a participar do Rio Negro Challenge. O percurso inédito de 30k faz parte do recém-criado Festival das Águas, que ocorre em Manaus (AM), e irá buscar homologação da FINA (Federação Internacional de Natação) para integrar o Grand Prix Mundial de Águas Abertas.

“Será uma prova muito dura, a maior dificuldade será a visualização da água. Por ter PH mais elevado, a água local possui uma densidade menor, deixando mais pesada para a natação. Além disso, devemos encontrar uma temperatura alta, o que aumenta o desgaste ao longo do percurso.”, explica o atleta de 31 anos, um dos principais fomentadores da maratona aquática no Brasil. “A experiência com certeza será muito boa. Para mim é esse o espírito da maratona aquática: conhecer novos lugares, trocar experiências com atletas de várias naturalidades e ter a oportunidade de demonstrar para outras pessoas o bem estar que o esporte proporciona.”

Samir Barel também pretende fazer da prova no Amazonas um “treino de luxo” para uma façanha ainda maior. Em agosto, o nadador paulista irá realizar a travessia do Canal da Mancha, uma provas mais cobiçadas – e difíceis – da maratona aquática mundial. O trajeto entre a França e Inglaterra tem 34 quilômetros e é seu principal objetivo na temporada. “Todas as provas que venho participando desde o final de 2014 possuem condições diferenciadas, que agregam para esse grande desafio. Quanto mais condições adversas puder enfrentar, melhor para o meu condicionamento físico, psicológico e estratégico.”

Samir Barel é natural de São José dos Campos (SP), mas reside em Campinas (SP), onde mantém sua base de treinamento na ELO Academia. Praticante de maratona aquática desde 2007, Barel já foi campeão e recordista brasileiro nas provas 50 e 100 m livre e 200 m medley no final da década de 1990. É o atual campeão da I Copa Brasil de Maratona Aquática e em 2014 também foi o vencedor da famosa Volta na Ilha de Manhattan, tradicional percurso de 45 quilômetros pelos rios East e Hudson, nos Estados Unidos.