Edênia Garcia fala sobre sua medalha no mundial paralímpico para o LANCE

0
84

Olá, leitores do LANCE!

Acabei de voltar ao Brasil após conquistar minha 13ª medalha em Mundiais Paralímpicos de natação. A edição 2017, disputada na Cidade do México, foi especial para a minha carreira, pois a medalha de prata nos 50 metros costas mostrou que ainda tenho muito a evoluir na modalidade, apesar das coisas estarem cada vez mais difíceis.

Essa conquista vou guardar como se fosse a primeira nesses 16 anos de seleção brasileira paraolímpica de natação; O resultado foi muito positivo, mostrando que estou no caminho certo para os Jogos de Tóquio 2020. É o meu grande foco para os próximos dois anos e meio. Não sei se vou me aposentar no Japão, mas vamos cm calma, um ano de cada vez.

Em 2017 desci de categoria e várias coisas se complicaram com a minha deficiência, mas eu consegui me superar. Vocês não têm noção de como foi difícil a temporada para mim!

Vale ressaltar a bela representatividade feminina no Mundial, todas voltaram com medalhas individuais. Entre as performances, destaco o ouro da Cecília Araújo, foi seu primeiro pódio em Mundiais. Tudo isso mostra que estamos bem representados no feminino também! Não poderia esquecer de enaltecer a hospitalidade do povo mexicano, povo acolhedor! Após tudo o que passaram com o terremoto meses atrás, eles não perderam o sorriso no rosto;

Quero agradecer ao Leo Tomasello, meu headcoach e da Seleção. O Leo nos desafiou a ser diferente, a nos reinventarmos como profissionais. Obrigada por cada adaptação nos treinos e por ser paciente, sei que dei trabalho. Rs. É como ele me disse quando estava chorando, com a medalha no pescoço: ”Sempre valeu a pena quando o trabalho é grande”. Também agradecer a toda comissão multidisciplinar do Centro Paralímpico. Vocês são feras no que fazem! Meus amigos e torcedores fiéis sabem quem são. Quero agradecer aos patrocinadores e parceiros, vocês me dão todo o suporte para continuarmos no alto rendimento. Investem em um produto que tem missão.

Hoje, já estou em férias e em breve conto para vocês quais os planos e competições futuras em 2018. Já adianto que será um ano agitado!

Até breve!