Da pista para os bastidores: Juraci Moreira e a preparação do Triathlon Brasileiro em 2016

Um dos maiores nomes da modalidade está otimista com o legado olímpico e a atuação dos atletas que irão representar o país nos Jogos em casa

0
443

Após participar de três Olimpíadas, Juraci Moreira pretende ajudar o Brasil mais uma vez nos Jogos do Rio 2016, só que agora do lado de fora das pistas. Com apoio do Comitê Olímpico Brasileiro e da Confederação Brasileira de Triathlon (CBTri), o hexacampeão brasileiro está desde o segundo semestre de 2014 atuando na área de gestão esportiva visando contribuir para crescimento da modalidade em todas as suas vertentes.

Segundo dados da CBTri, estima-se que haja mais de 25 mil praticantes em todo o país, sendo mais de 3 mil atletas filiados e 24 federações formadas. “Temos que aproveitar a oportunidade não apenas para colocar o Brasil entre as melhores equipes do mundo, mas principalmente olhar com mais cuidado para a nova geração, já pensando em 2020, 2024 e, claro, para esses amantes da modalidade quem têm sido os grandes responsáveis pelo crescimento constante dos eventos nacionais”, conta o triatleta.

Com a prorrogação da Lei de Incentivo ao Esporte até 2022, Juraci Moreira acredita que essa será um das principais ferramentas disponíveis para captar recursos e investir em projetos que beneficiem a modalidade.

“Já foram investidos mais de R$ 1 bilhão no esporte brasileiro desde que entrou em vigor em 2006. Hoje a comunidade do triatlo busca proporcionar uma experiência diferenciada aos praticantes, fidelizando os que estão a mais tempo na modalidade e também atraindo novos entrantes. Quero que o triathlon cresça, se torne cada vez mais popular e que sua gestão no Brasil seja exemplo. Por isso, meu trabalho segue firme e forte, na prática e nos bastidores. Sempre é possível melhorar e chegar mais longe”, reafirma o terceiro sargento do exército.

No último fim de semana (1º e 2 de agosto) foi realizado no Rio de Janeiro (RJ) o evento-teste da modalidade para os Jogos de 2016 na Praia de Copacabana. Juraci Moreira acompanhou tudo de perto como a preparação dos atletas, da equipe técnica e dos organizadores para o principal evento poliesportivo mundial.

“Fiquei muito feliz em estar reunido com estes atletas, agora no outro lado, mas com a mesma emoção e comprometimento de sempre. Posso afirmar que foi perfeito. Lembrei muito do Pan de 2007 quando fui medalhista correndo na orla de Copacabana completamente lotada de torcedores, para um atleta este carinho torcida e euforia com certeza incentiva e empurra o atleta a chegar no seu limite. A Olimpíada no Brasil vai ser a maior e melhor de todas”.

Juraci Moreira é um dos maiores nomes do esporte olímpico brasileiro. O triatleta tem três participações olímpicas: Sydney-2000, Atenas-2004 e Pequim-2008. No currículo está a medalha de bronze Pan-Americana nos Jogos de 2007, no Rio de Janeiro. Em 2014, o atleta disputou pela primeira vez o Ironman, principal prova de longa distância modalidade.