Crianças do Instituto Ingo Hoffmann têm quadra para praticar badminton

0
76
crianças do Instituto Ingo Hoffmann jogam badminton
Divulgação/Instituto Ingo Hoffmann

Associação, que ajuda crianças em tratamento com câncer, recebeu a infraestrutura nesta última quinta-feira (20).

Uma novidade daquelas bem surpreendentes aconteceu nesta quina-feira (20) de tarde no Instituto Ingo Hoffman, uma associação que ajuda crianças em tratamento com câncer. A entidade, que fica localizada em Campinas (SP), recebeu estrutura e agora disponibiliza para seus pacientes uma quadra de badminton. As datas e horário da prática do esporte ainda não foram definidos.

A coordenadora do projeto, Regina Barsotti, destacou como é interessante trazer um esporte pouco conhecido para dentro do cotidiano desse pessoal jovem.

“Achamos a ideia super interessante porque é um esporte pouco conhecido no país, mas que usa objetos que agradam as crianças, como raquete e bola. Realmente o que faltava era só visibilidade. Agora as crianças além de aprenderem o que é, poderão jogar semanalmente no Instituto”, disse Regina.

Raquel Ferreira, professora das atividades no Ingo Hoffman, esclareceu que sempre que há uma novidade no instituto as crianças ficam felizes. “Nós podemos ver que a felicidade fica na cara dos meninos e das meninas. Eles ficam perguntando, questionando e quando acaba atividade já perguntam quando vai acontecer novamente”, explicou a professora.

“Tia Raquel, essa brincadeira com raquete é muito legal. Nunca tinha visto e adorei”. Essa foi a declaração de Matheus Victor Ferreira, paciente da entidade. Seu pai, Ronan Luís Ferreira, também enalteceu a felicidade não só de seu filho, mas turma como um todo em ter uma nova atividade.

“Hoje nós tivemos uma atividade muito legal e que as crianças adoraram. Eu e as crianças achamos o badminton sensacional e estamos na expectativa de quando ocorrerá as próximas partidas do esporte dentro do instituto”, valorizou Ronan, pai de Matheus, ambos abrigados pela associação.

O badminton é um esporte criado na Inglaterra e leva esse nome por ter sido praticado em um local chamado Badminton House. Pode ser disputado em duplas ou quartetos e ainda conta com uma rede, raquetes e uma peteca, que tem o nome de volante ou birdie e pode alcançar mais de 300 Km/h.

A partida conta com três sets de 21 pontos cada e quem vencer dois desses já vencedor do confronto. O objetivo é deixar a peteca cair no chão do adversário.

Atualmente 130 países são membros da Federação e o esporte tornou-se olímpico em 1992, nas Olimpíadas de Barcelona.

O Instituto

O Instituto Ingo Hoffmann é uma entidade beneficente sem fins lucrativos, que leva o nome do piloto, um dos maiores do automobilismo nacional.

Fundado em 2005, o instituto tem a missão de oferecer mais conforto e qualidade de vida às crianças em tratamento do câncer e suas respectivas famílias.

Em parceria com o Centro Infantil Boldrini, hospital referência mundial no tratamento do câncer infantil, o Instituto Ingo Hoffman é responsável pelo projeto Casa da Criança e da Família, que abriga as crianças em tratamento intensivo e que não têm condições de serem mantidas por suas famílias fora de suas casas.

Localizado em Campinas, no interior de São Paulo, o Instituto proporciona todo o suporte necessário para as crianças, como acompanhamento individual, emocional, além de oferecer um espaço que, além da moradia, inclui ampla área para interação, realização de eventos e atividades esportivas, com o Projeto Famílias do Esporte em Ação, realizado por meio da Lei de Incentivo ao Esporte do Ministério do Esporte.

Mais informações em: http://www.ingohoffmann.org.br/

————

Entre em contato com a equipe On Board Sports:

🏊‍♀️ Katarine Monteiro

📧 katarine@onboardsports.net | redacao@onboardsports.net

📱+55 11 99217-6474 🔛 www.onboardsports.net

Confira outras noticias sobre o Instituto Ingo Hoffmann
Instituto Ingo Hoffmann e Stock Car realizam Corrida do Bem
Instituto Ingo Hoffmann organiza evento para comemorar dia do educador físico