Home Release

A organização da Semana de Vela de Ilhabela 2017 adotou uma estratégia para evitar que o percurso das regatas desta terça-feira (11), no Canal de São Sebastião, beneficiasse mais os barcos com calados menores nas provas de barla-sota. Várias boias proibindo a aproximação às zonas mais rasas com menos correnteza, chamadas de baixio, foi colocada para as regatas do segundo dia de disputa. Na prática, os veleiros ficaram ’embolados’ na largada. ”Não tem aquela diferença de calado, favorecendo o barco menor de navegar mais e mais rápido próximo à ilha. Isso fica mais justo para todos”, explicou Cuca Sodré, juiz internacional de regata e organizador da Semana de Vela de Ilhabela.

A limitação do baixio foi aprovada pelas tripulações, principalmente para os que estão a bordo dos barcos maiores. ”A linha marcou bem o canal, deixando a regata bem interessante. Isso causou um tumulto na largada, com pequenos e grandes juntos. Antes os barcos pequenos tinham facilidade em entrar na parte rasa. Está tudo bem aberto”, contou Matheus Dellagnelo, tático do Miragem, atual campeão da classe ORC.

Segundo André ‘Bochecha’ Fonseca, tático do Pajero (barco que mede na ORC), a terça-feira de ventos de 12 a 15 nós de média foi especial para a modalidade, ou seja, ventos e sol. ”Mais uma vez esse grande gol da Semana de Vela de Ilhabela com duas regatas excelentes. Sempre surpreendendo velejar no canal. Teve muita emoção nas montagens de boia”.

Após o descanso na véspera, as 123 equipes voltaram à competir no litoral norte paulista em provas em três percursos. Dois barla-sota no Canal de São Sebastião e uma regata de percurso médio para as categorias Clássicos, Bico de Proa e RGS.

”Na quarta, a regata será no lado leste, na Ponta das Canas, que é uma raia mais aberta, mais fácil para todo mundo. Aqui no Canal de São Sebastião temos o baixio, que exige muita cambada, muitas manobras”, falou André Mirsky, do Neptunus HP.

Veja aqui os resultados do dia e o acumulado das oito classes do calendário da Semana de Vela de Ilhabela 2017.

Regatas desta terça-feira de HPE30 e C30

As classes de monotipo fizeram duas regatas cada nesta terça-feira. O melhor desempenho até agora é do Caiçara na categoria C30. Em segundo está o Caballo Loco. ”A classe C30 está nivelando mais os barcos, deixando a disputa mais equilibrada, apesar de ainda ter alguns favoritos, como o Caiçara. Foi um dia maravilhoso, com vento, sem correnteza. Ganhou quem manobrou menos (Caiçara), e o trecho de baixio praticamente definiu as provas”, Mauro Dottori, comandante Caballo Loco.

Na HPE30, o Neptunus HP assumiu a liderança com uma vitória e um terceiro lugar. O acumulado coloca Phoenix Mad Max e The Punisher em segundo e terceiro lugares, respectivamente.

”Depois da regata de Toque-Toque, fomos bem confiantes para as regatas de hoje, bem felizes. Nossa intenção é fazer uma boa média e nos mantermos entre os primeiros colocados durante a semana. Ganhamos a primeira regata, disputando com o Punisher. Na segunda, os argentinos cambaram muito e ficaram na nossa frente. Os barcos da HPE30 estão andando muito juntos. São barcos de fabricação bem perfeita, sem nenhuma diferença. Por isso, na largada, estão todos iguais”, disse André Mirsky, comandante do Naptunus.

A classe HPE 25 faz sua estreia na Semana de Vela de Ilhabela nesta quarta-feira (12). A prova de domingo (9), a Regata Renato Frankenthal, não valeu pontos para o evento.

(Foto: Aline Bassi / Balaio de Ideias)

Maior evento oceânico da América Latina terá 123 barcos e 900 velejadores

A 44ª edição da Semana de Vela de Ilhabela terá 123 barcos divididos em oito classes na edição 2017, que começa neste domingo (9), com a realização da regata de abertura – Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil, e vai até o próximo sábado (15). O maior evento de vela oceânica da América Latina conta com 900 velejadores inscritos: são 85% homens e 15% mulheres a bordo. Barcos de cinco estados da federação – São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul – e de dois países: Chile e Argentina formam a flotilha.

“O Yacht Club de Ilhabela começou a realizar as provas e aos poucos a Semana de Vela de Ilhabela foi crescendo, atraindo todos os tipos de barcos, do competitivo ao de cruzeiro. Sempre tem uma regra ou uma classe que o seu veleiro se encaixa”, contou Carlos Eduardo Souza e Silva, diretor de vela do Yacht Club de Ilhabela. “É o grande encontro anual da vela”.

As categorias na competição de vela são divididas entre as de rating, que necessitam de fórmula para calcular o vencedor, e as de monotipos, com barcos iguais na regata. A lista é formada por ORC, IRC, Clássicos, RGS e Bico de Proa nas regras de rating e HPE 25, HPE 30 e C30 entre os de design único. Veja quem é quem na regata.

A comissão técnica é formada por 22 pessoas, incluindo árbitros, fiscais de regata e meteorologistas. ”O nosso objetivo é garantir aos competidores um resultado justo e dar o maior número de opções de regata. São oito classes, cada uma com sua característica, além de outros fatores importantes, como a escolha do melhor local para a realização da regata”, disse Cuca Sodré, árbitro da Rio 2016 e coordenador de todas as ações dentro d’água.

A organização da Semana de Vela de Ilhabela terá mais de 100 profissionais com experiência em grandes eventos internacionais como Olimpíada, Copa do Mundo e shows. O staff atua na Race Village – espaço montado no centro da ilha com várias atrações – e no Yacht Club de Ilhabela (YCI), que organiza o encontro da modalidade por 44 edições. Veja a programação completa da 44ª Semana de Vela de Ilhabela.

“A produção da Semana de Vela de Ilhabela de 2017 começou quando a regata de 2016 acabou. O trabalho é dinâmico e cheio de detalhes, que incluem a parte técnica, ações no YCI, na Race Village e na cidade”, salientou Vanessa Lombardi, diretora da Full Time, produtora da Semana de Vela de Ilhabela desde 2010.

Mais sobre a parte esportiva

Serão três tipos de regata: As de percurso longo, médio e barla-sota. As primeiras serão realizadas no domingo (9) e vão exigir mais dos velejadores. A Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil terá 55 milhas e poderá ser disputada pelos maiores veleiros. A Toque-Toque por Boreste tem 25 milhas náuticas e a Renato Frankenthal (só para HPE25) terá 10 milhas náuticas.

“É importante que mais barcos de oceano participem da Semana de Vela e isso está ocorrendo. Tem espaço para vários perfis e os velejadores podem escolher a melhor categoria de acordo com seu barco ou conhecimento”, explicou Paulo Freire, Comodoro da ABVO – Associação Brasileira de Veleiros de Oceano e comandante do Miragem, atual campeão da classe ORC. ”Zera tudo a partir de agora. É um novo campeonato, um novo regime de vento! Além disso todos os barcos melhoraram para 2017″.

Atletas que disputaram a Rio 2016 também estão confirmados na Semana de Vela de Ilhabela estão confirmados nas regatas, entre eles Samuel Albrecht e Fernanda Decnop, que competiram nas classes NACRA e Laser Radial, respectivamente.

“As regatas da Semana de Vela são bem diversificadas com vários tipos de vento e situações. Isso exige muito da tripulação, principalmente do tático. A tripulação tem um trabalho complexo desde a escolha das velas até a previsão do tempo”, disse Samuel Albrecht, que competirá no time gaúcho do Crioula.

O evento mistura equipes profissionais com amadoras em sete dias de regata. Os resultados podem ser obtidos no site www.svilhabela.com.br.

 Foto: Aline Bassi/Balaio de Ideias

A Top Rank confirmou que o mexicano Ivan Montero (20 vitórias e 2 derrotas) será o adversário do brasileiro Esquiva Falcão no dia 5 de agosto, em Los Angeles, nos Estados Unidos. Será a 18ª luta do medalhista olímpico como boxeador profissional e a primeira com 10 rounds. O capixaba está invicto, com um cartel de 17 vitórias, sendo 12 por nocaute.

”Estou com vontade de lutar novamente e pronto para vencer meu adversário. É um boxeador com um bom cartel e perigoso. Eu e a minha equipe já estamos estudando seus pontos fracos e fortes”, disse Esquiva Falcão.

O brasileiro treina em Oxnard, na Califórnia, onde fica a Robert Garcia Boxing Academy. ”Tem que treinar bastante para chegar ao meu único objetivo: ser campeão mundial”, falou. O pugilista da equipe Top Rank, patrocinado por Everlast, Paris Filmes e Netshoes, fez sua última luta em 17 de fevereiro deste ano, em El Paso, nos Estados Unidos. Esquiva superou por pontos Jaime Barboza, da Costa Rica.

O combate de Esquiva Falcão do dia 5 de agosto será uma preliminar da luta de Vasyl Lomachenko, um dos principais nomes do boxe mundial atualmente. ”Esquiva vai fazer uma luta divisora de águas, com 10 rounds. Será um combate duro contra um boxeador experiente. A Top Rank colocou o Esquiva em um evento importante e pelo que conversei com o treinador Robert Garcia, o brasileiro está muito bem”, disse o manager Sérgio Batarelli.

Veja o cartel de Esquiva Falcão aqui.

Mais informações sobre Esquiva Falcão no site www.toprank.com

As redes sociais de boxeador

Siga no Twitter: @EsquivaFalcao
A página oficial do atleta no Facebook é EsquivaFalcaoOficial
E veja as fotos do boxeador no Instagram: @EsquivaFalcao e @TeamEsquiva

Contatos:
Flávio Perez
flavio@onboardsports.net
Tel: +5511999498035
www.onboardsports.com.br

Semana de Vela de Ilhabela é um dos maiores eventos náuticos da América e reúne anualmente mais de 130 barcos de diferentes classes. O principal encontro da vela nacional será disputado de 7 a 15 de julho e mais uma vez o Yacht Club de Ilhabela (YCI) será o organizador das regatas, oferecendo know how de quatro décadas em competições de alto nível. O clube faz parte direta desses 44 anos de história. Para 2017, o comitê organizador da Semana de Vela de Ilhabela conta com a parceria da prefeitura local para ampliar ainda mais a força da regata.

”Depois de oito anos no prestigioso Circuito Internacional Rolex de Vela Oceânica, onde nossas qualificações técnicas e organizacionais foram afinadas e postas a prova, decidimos que era importantíssimo para o desenvolvimento do nosso esporte voltar a envolver a cidade no evento nesse novo patamar. Nos últimos quatro anos temos buscado a parceria com a prefeitura e apoiado ações conjuntas para o envolvimento do público. Este ano esta parceria foi coroada por um trabalho mais próximo entre as equipes do YCI, secretaria de esporte e de turismo e pelo empenho dessa última na organização da race village que permitirá a tão buscada participação do público”, disse Carlos Eduardo Souza e Silva, diretor de vela do YCI.

Mais de mil atletas circularam pelas dependências do clube nos sete dias de competição, tendo acesso a uma infraestrutura de qualidade, com uma marina moderna e totalmente segura. Todos os procedimentos, desde atracação dos barcos, montagem das raias até os acessos de atletas, staff e profissionais náuticos são feitos rigorosamente, visando proporcionar uma competição de excelência, além de bons momentos de lazer após as regatas.

A organização da regata ainda conta com profissionais especializados em vela oceânica com passagens pelos maiores eventos da modalidade, como Jogos Olímpicos, Volta ao Mundo e semanas de vela internacionais.

“A qualidade técnica e grande experiência da equipe de arbitragem e também do staff são vitais para manutenção da competitividade e dinamismo do evento. Isso é um dos principais fatores que fazem da Semana de Vela de Ilhabela um evento altamente atrativa e de referência internacional”, ressalta Cuca Sodré, diretor técnico da regata.

As inscrições para a 44ª edição da Semana de Vela de Ilhabela estão abertas no site oficial da regata – www.svilhabela.com.br.

Mais informações:

Site oficial – svilhabela.com.br
Facebook – svilhabela
Twitter – svilhabela
Instagram – svilhabela
Youtube – Semana de Vela de Ilhabela

Contatos:
Flávio Perez

Durante um evento especial na noite de terça-feira (13/06) em São Paulo, a SWIM CHANNEL realizou um pré-lançamento da edição#28. Seguindo a nova linha editorial do conceito “revista-livro“, que tem como objetivo trabalhar com conteúdo atemporal e explorar ao máximo um assunto específico, o tema da revista foi Thiago Pereira. Através de oito matérias diferentes, escritas pela equipe da SWIM CHANNEL, a publicação abordou vários momentos da carreira de Thiago, além de listar todos os seus principais resultados ao longo da vitoriosa carreira. A edição traz ainda uma entrevista exclusiva com o medalhista olímpico.

A festa de lançamento aconteceu no B.A.R. Bar Arte e Restaurante e contou com a presença de diversos nadadores e personalidades da natação e esporte nacional, além do próprio Thiago que assinou alguns exemplares e fez um breve discurso de agradecimento para os convidados falando sobre revista.

A capa da edição #28 é assinada pelo diretor de arte da SWIM CHANNEL, Klaus Bernhoeft e a imagem é de autoria do fotógrafo Gabriel Félix. Outras fotos de Satiro Sodré, da SSPress, recheiam a edição.

Entre os assuntos que o leitor vai encontrar na SWIM CHANNEL estão uma entrevista exclusiva com o medalhista olímpico, um histórico com todos os resultados e tempos da carreira de Thiago, a vitoriosa campanha da medalha olímpica em Londres-2012, o recorde de pódios pan-americanos e muito mais. As revistas já estão disponíveis para venda através do site oficial da SWIM CHANNEL.

O atacante Gustavo Grummy Guimarães estreia no Brasil Open 2017 – PAB de polo aquático nesta segunda-feira (12). A sua equipe, o E.C. Pinheiros, enfrenta o C.A. Paulistano, às 20h45, na capital paulista. O jogador, que tem mais de 1.700 gols na carreira, foi o artilheiro do time azul e branco na conquista recente do Campeonato Paulista com 20 bolas na rede.

”O meu principal objetivo é ajudar o E.C. Pinheiros a conquistar novamente o Brasileiro marcando gols e dando assistências. Entramos na disputa de um campeonato equilibrado, com fortes equipes”, disse Gustavo Grummy.

Na quarta-feira (14), o E.C. Pinheiros vai ao Rio de Janeiro (RJ) enfrentar o Flamengo e, no dia seguinte, o time paulista pega o Fluminense. As partidas serão na piscina do Maria Lenk, local dos jogos de polo aquático da Rio 2016. ”Voltar à piscina da Rio 2016 é mais do que especial. É uma sensação indescritível representar seu país em Olimpíada, ainda mais com apoio da sua torcida”. Grummy e seu irmão Ricardo estão convocados pela seleção brasileira de polo aquático. Em agosto, a equipe disputa o Mundial de Desportos Aquático de Budapeste, na Hungria.

Gustavo Grummy Guimarães tem 23 anos e já tem mais de 1.700 gols marcados em 15 anos de carreira, sendo artilheiro de diversos campeonatos e eleito MVP (melhor jogador do torneio) no Pan-Americano Junior de 2012 e no Sul-Americano Junior de 2013. Entre as principais conquistas do jogador estão as medalhas de bronze Pan de Guadalajara 2011 e prata no Pan de Toronto 2015, o Prêmio Brasil Olímpico do COB de 2012, o inédito bronze da Super Final da Liga Mundial, o título do Sul-Americano em 2014 e o oitavo lugar nos Jogos do Rio 2016 – melhor resultado da história do polo aquático brasileiro. Em 2017, o atleta foi eleito MVP da Copa Uana, que classificou o Brasil para Budapeste 2017.

Mais informações no site www.grummywp.com.br

As redes sociais de Grummy

Siga no Twitter: GrummyWP
A página oficial do atleta no Facebook é GrummyWP
E veja as fotos do jogador no Instagram: @grummy11

Contatos:
Flávio Perez
flavio@onboardsports.net
Tel: +5511999498035
www.onboardsports.com.br

 

 

 

O skatista brasileiro Sandro Dias confirmou participação pela terceira vez no Festival João Rock, que será realizado neste sábado (10), em Ribeirão Preto (SP). A apresentação do hexacampeão mundial da modalidade será na pista de vert montada no Parque de Exposições (FEAPAM). O atleta se junta à bandas e cantores de sucesso como CPM 22, Capital Inicial, Emicida, Rappa, Pitty, Alceu Valença e outros.

”Muito legal fazer parte desse grande encontro, um dos maiores festivais de rock do País. Será meu terceiro ano no festival. Quero me divertir, andar muito de skate e interagir com a galera no João Rock”, disse Sandro Dias. O festival deve reunir mais de 60 mil pessoas no interior paulista.

O skatista mora e treina em Los Angeles, nos Estados Unidos, mas veio ao Brasil para prestigiar o evento e outros compromissos profissionais com sua marca de tênis DUAL FOOTWEAR, além do Sandro Dias Camp. A temporada de inverno do acampamento radical que leva o nome do campeão será em julho.

O atacante Gustavo Grummy Guimarães foi o destaque do E.C. Pinheiros na conquista do Campeonato Paulista de Polo Aquático 2017. A equipe azul e branca bateu, neste domingo (4), em São Paulo (SP), o Sesi-SP por 12 a 8, com três gols do artilheiro, e retomou a hegemonia estadual da modalidade após quatro temporadas. A última conquista do ECP foi em 2012. A terceira colocação ficou com o C.A. Paulistano, que passou pelo Clube Paineiras Morumby por 9 a 7.

”Depois um tempo o E.C. Pinheiros volta a ganhar o campeonato. Estou bastante contente por conquistar esse título e ajudar minha equipe com gols. Conseguimos controlar as ações ofensivas deles e no terceiro quarto abrimos vantagem confortável para fechar em 12 a 8”, comemorou o atacante de 23 anos. ”É um jogo sempre pegado e duro, pois a rivalidade entre as duas equipes é grande. Surgiu desde que o Sesi-SP apareceu no Polo Aquático. É como se fosse um Corinthians e Palmeiras”.

Grummy marcou ao todo 20 gols na competição, mesmo atuando apenas cinco partidas: os três jogos finais da fase de classificação, a semifinal e a final. O atacante, que também defende a seleção brasileira de polo aquático, passou o primeiro semestre praticamente inteiro na Espanha jogando pelo C.N. Mataró, quarto colocado na Liga 2016/17.

”Agora tem o Brasileiro pela frente e o desafio se renova. Eu também tenho a honra de defender a seleção brasileira nos próximos dias”, disse Grummy touca #11.

O irmão de Grummy, Ricardo Guimarães, foi decisivo no duelo fina do Paulista de Polo Aquático dando assistências e com um bom trabalho de marcação do ataque do Sesi-SP. O atleta jogou com a touca número 4. ”A vitória foi importante para dar moral! Uma sensão boa depois de tanto tempo para o nosso clube”, contou Ricardo.

Os irmãos Ricardo Guimarães e Gustavo Grummy se juntam à seleção brasileira para fase de treinamento visando o Mundial de Budapeste 2017. As atividades serão divididas entre São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ). É a primeira vez que a dupla defende a equipe verde e amarela juntos na categoria adulta.

Gustavo Grummy Guimarães tem 23 anos e já tem mais de 1.700 gols marcados em 15 anos de carreira, sendo artilheiro de diversos campeonatos e eleito MVP (melhor jogador do torneio) no Pan-Americano Junior de 2012 e no Sul-Americano Junior de 2013. Entre as principais conquistas do jogador estão as medalhas de bronze Pan de Guadalajara 2011 e prata no Pan de Toronto 2015, o Prêmio Brasil Olímpico do COB de 2012, o inédito bronze da Super Final da Liga Mundial, o título do Sul-Americano em 2014 e o oitavo lugar nos Jogos do Rio 2016 – melhor resultado da história do polo aquático brasileiro. Em 2017, o atleta foi eleito MVP da Copa Uana, que classificou o Brasil para Budapeste 2017.

Mais informações no site www.grummywp.com.br

As redes sociais de Grummy

Siga no Twitter: GrummyWP
A página oficial do atleta no Facebook é GrummyWP
E veja as fotos do jogador no Instagram: @grummy11

Contatos:
Flávio Perez
flavio@onboardsports.net
Tel: +5511999498035
www.onboardsports.com.br

 

 

 

A Semana de Vela de Ilhabela 2017 será mais do que especial para a velejadora Tatiana Almeida, integrante do Kaikias, barco escolhido pela Marinha do Brasil para competir na classe C30. A carioca venceu a batalha mais difícil de sua vida superando um câncer de pâncreas com metástase no fígado, descoberto em 2015, e se inscreveu para as regatas entre os dias 7 a 15 de julho. ”Estou muito ansiosa pela volta. Adoro este campeonato, o lugar, o clima de festa, as pessoas, os amigos que as vezes só encontro neste campeonato. Sempre fui muito feliz na Ilhabela. Então tem uma grande expectativa nesta volta”, disse Tatiana Almeida.

A atleta foi obrigada a dar uma pausa na sua carreira, já que o tratamento agressivo de quimioterapia impedia as ações fundamentais na modalidade, como tomar sol e fazer esforço. O diagnóstico não era nada favorável para a atleta, que ficou dois anos sem participar da semana de vela, mas uma nova avaliação médica, seguida por uma operação de sucesso a colocaram de volta a bordo. Dois anos depois, Tati Almeida retorna ao evento, considerado o maior encontro da vela oceânica nacional.

”Foi muito difícil esse tempo de tratamento, sai de uma vida e entra numa oposta. Sem exercícios, sem poder pegar sol, sem poder entrar no mar. Pra quem estava no mar 6 de 7 dias da semana foi bem radical. Tudo isso me fez muita falta. Agora recuperando da operação estou voltando aos poucos. Estou aguentando o tranco. Ainda com algumas limitações físicas, mas melhorando exponencialmente. Já voltei pra academia para recuperar o físico”, falou a atleta, que estreou na Semana de Vela de Ilhabela em 2009 com o barco Cintia e Lula.

Tatiana Almeida terá como parceiras no Kaikias as irmãs Renata e Fernanda Decnop, companheiras na campanha olímpica de Londres 2012 na classe Match Race, além de Rafael Pariz. A tripulação, liderada pelo comandante Montes, será mista e terá os patrocínios de C-tank e a Rio Summer. O C30 foi emprestado à equipe da Marinha do Brasil por Mauro Dottori.

”Aproveitando a generosidade do dono, Mauro Dottori, empresário bem sucedido e antigo aluno do Colégio Naval e Escola Naval, nosso objetivo principal é representar bem a Marinha do Brasil nessa grande festa que é a Semana de Vela da Ilhabela. A gente respeita e reconhece a competência das outras tripulações, mas vamos treinar duro para tentar surpreender na competição”, contou o comandante Montes.

Em 2016, o vencedor da classe C30 foi o Katana (Cesar Gomes Neto) e contou com oito barcos na raia. O barco é de design único, ou seja, entram na disputa com igualdade de condições.

O principal encontro da vela nacional terá início com a Regata Alcatrazes por Boreste – Marinha do Brasil. A organização espera mais de 130 barcos para o evento, que é dividido em nove classes de barcos. As inscrições devem ser realizadas exclusivamente no site oficial. O acesso ao sistema estará disponível até o dia 2 de julho.

 

Mais informações:
Site oficial – svilhabela.com.br
Facebook – svilhabela
Twitter – svilhabela
Instagram – svilhabela
Youtube – Semana de Vela de Ilhabela

O E.C. Pinheiros venceu, neste sábado (20), a ABDA (Bauru) pelo placar de 13 a 7, em partida válida pelo Campeonato Paulista 2017 de Polo Aquático. No duelo realizado em Bauru (SP), o atacante fez 5 gols e foi o máximo goleador do jogo. Foi a reestreia do atleta olímpico pelo E.C. Pinheiro após temporada na Espanha.

”Muito bom voltar a jogar pelo Pinheiros e poder ajudar minha equipe nessa fase final de classificação do Campeonato Paulista. Foi um jogo bom pra voltar a entrosar com a equipe já que na próxima semana teremos duas pedreiras pela frente (Paulistano e Sesi)”, disse Grummy.

O E.C. Pinheiros assume a liderança do Campeonato Paulista de Polo Aquático com 10 pontos ganhos (5 vitórias e 1 derrota) ao lado do Sesi-SP, com um jogo a menos. O E.C. Pinheiros enfrenta agora o Paulistano e Sesi-SP nos duelos finais do Campeonato Paulista de Polo Aquático 2017.

Após a partida em Bauru, o atacante recebeu as crianças para tirar fotos e dar autógrafos.