Home Agenda

A Confederação Brasileira de Desportes Aquáticos divulgou nesta quinta-feira (11/05) os convocados para o Mundial de Budapeste, que será realizado em julho. Nicholas Santos, nadador da Unisanta, confirmou sua participação na prova dos 50 m borboleta, com o resultado obtido no Troféu Maria Lenk 2017. A CBDA, à princípio, não convocaria atletas de provas não olímpicas, como a especialidade de Nicholas, mas fará uma concessão uma vez que o atleta obteve o melhor tempo do mundo este ano na prova e tem grandes chances de pódio.

O velocista de 37 anos cravou 22s61 no cronômetro, novo recorde sul-americano e o melhor tempo da história sem os trajes tecnológicos. Na prática, faltaram apenas 18 centésimos para igualar o tempo de Rafael Munoz (Espanha) que fez 22s43, em 2009, recorde mundial até hoje. Nicholas foi de vice-campeão mundial no último mundial de longa, realizado em Kazan, na Rússia.

FOTO: Satiro Sodré/SSPress/CBDA

O skatista Sandro Dias iniciou, nesta segunda-feira (21), uma turnê pelas cidades do interior de São Paulo para falar da modalidade e das ações com sua nova marca, a Dual. O hexacampeão mundial atenderá os fãs nas lojas e locais públicos dos municípios paulistas. As visitas começaram em Avaré e Botucatu nesta segunda. O atleta passará ainda por Ibitinga, Jaú, Agudos, São José do Rio Pardo, Assis, Tupã, Bauru, São Carlos Araraquara, Franca, Mococá, Barra Bonita, Itatiba e Campinas. ”Sempre muito legal viajar pelo interior para falar de skate e conhecer como está a modalidade nas cidades”, disse Sandro Dias.

Confira a programação:

Terça-feira (22)
Sessão de Autógrafos: HG em Ibitinga – das 9h às 10h
Sessão de Autógrafos: Palácio dos Esportes em Ibitinga – das 10h15 às 11h15
Sessão de Autógrafos: Vestylle em Jaú – das 14h30 às 15h30
Sessão de Autógrafos: Willian Radical em Jaú – das 15h45 às 16h45
Sessão de Autógrafos: Planet Modas em Agudos – das 18h às 19h30

Quarta-feira (23)
Sessão de Autógrafos: Ponto Com@Modas em Santa Cruz do Rio Pardo – Prospect – das 9h às 10h
Sessão de Autógrafos: Brisa Skate Shop em Assis – das 11h30 às 12h30
Sessão de Autógrafos: Sport Mania em Tupã – das 14h30 às 15h30
Sessão de Autógrafos: 109 Street em Bauru – das 18h às 19h30

Quinta-feira (24)
Sessão de Autógrafos: Rip Bone em Bauru – das 9h às 10h
Sessão de Autógrafos: Gás Inflamável em São Carlos – das 12h às 13h
Sessão de Autógrafos: Multiverso em Araraquara – das 15h30 às 16h30
Sessão de Autógrafos: Attitude em Araraquara – das 18h às 19h30

Sexta-feira (25)
Sessão de Autógrafos: Adrenalina em Franca – das 9h às 10h
Sessão de Autógrafos: Nova Adrenalina em Franca – das 10h15 às 11h15
Sessão de Autógrafos: Costa Brava em Mocóca – das 13h às 14h30
Sessão de Autógrafos: Office Street em Barra Bonita – das 19h às 20h30

Sábado (26)
Sessão de Autógrafos: Karraii em Itatiba – das 13h às 15h
Sessão de Autógrafos e Skate Demo: Royal/Extreme Park em Campinas – das 17h às 19h

Sandro Dias tem 41 anos e é skatista profissional desde 1995. Referência do skate nacional e internacional, o atleta foi o primeiro no mundo a completar a manobra conhecida como “900º” em uma competição.

Entre suas principais conquistas estão seis títulos mundiais pela World Cup Skateboarding (2003, 2004, 2005, 2006, 2007 e 2011); o tricampeonato europeu (2001, 2003 e 2005); seis campeonatos brasileiros de skate vertical; sete medalhas de ouros conquistada durante a história dos X Games, e o recorde mundial de aéreo mais alto num halfpipe com a marca de 4,20 metros conquistado em 2008.

Mais informações sobre o skatista nos sites www.sandrodias.com.br e www.sandrodiascamp.com.br

A organização da Semana de Vela de Ilhabela confirmou a inscrição do atleta olímpico Jorge Zarif, na edição deste ano do maior evento da modalidade da América Latina, que ocorre entre 1 a 9 de julho, no litoral norte paulista. O velejador, que defenderá o Brasil na Rio 2016 na classe Finn, fará um pit-stop na ilha para as regatas da categoria Star ao lado proeiro Arthur Lopes (Tutu). Jorginho, como é carinhosamente chamado pelos amigos, segue a tradição do pai Guga Zarif, que brilhou na semana de vela com o lendário Áries IV e também disputou as olimpíadas de Los Angeles (1984) e Seul (1988), também na Finn.

“Quero aproveitar três ou quatro dias da Semana de Vela para velejar com meu amigo Tutu. Não gosto de perder e vamos para cima. Falar com os amigos será uma rara oportunidade para mim nos últimos tempos. É importante. Durante a preparação olímpica tenho convivido com número reduzido de pessoas. E ao mesmo tempo estarei velejando, o que não deixa de ser um treino na raia de Ilhabela”, disse Jorginho.

Guga Zarif faleceu em 2008, aos 50 anos. Três anos antes conquistou a Semana de Vela de Ilhabela com barco Áries IV, com seu filho Jorginho entre os tripulantes. O garoto cresceu e se tornou uma das esperanças do Brasil na modalidade, sendo campeão mundial senior e junior da classe Finn na Estônia, em 2013.

Ele e Arthur Lopes venceram a Regata dos Campeões em homenagem ao pai de Jorginho no último domingo (19), no inédito Classic Sailing Festival. A classe Star faz parte do calendário de regatas da Semana de Vela de Ilhabela desde 2013. A categoria é a mais vitoriosa da vela nacional em olimpíada, mas não estará no calendário da Rio 2016. Nomes como Torben Grael, Marcelo Ferreira, Robert Scheidt e Bruno Prada medalharam em olimpíadas na classe.

As inscrições continuam abertas

Os tripulantes devem se inscrever no site oficial www.svilhabela.com.br. Até o dia 27 de junho o valor é de R$ 420. As tripulações dos veleiros que ficarem em seus clubes, em amarras próprias ou outros locais fora o Yacht Club de Ilhabela terão 20% de desconto no valor da inscrição.

Mais informações:
Site oficial – svilhabela.com.br
Facebook – semanadeilhabela
Twitter – svilhabela
Instagram – svilhabela
Youtube – Semana de Vela de Ilhabela

A regata que abre a Semana de Vela de Ilhabela no dia 3 de julho será a Mitsubishi Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil. A prova, com largada prevista para 10h, tem ao todo 55 milhas – quase 100 quilômetros. Tradicionalmente, os barcos contornam a ilha no meio do oceano Atlântico e retornam para o Yacht Club de Ilhabela (YCI) em mais de seis horas, no mínimo. ”É uma regata especial, que exige bastante atenção e escolhas das melhores rajadas de todas as equipes. Tecnicamente, a Alcatrazes de 2015 foi a mais difícil para os velejadores por causa das condições de vento. Ter uma regata de longo percurso dentro de um mesmo evento mostra a qualidade da Semana de Vela de Ilhabela”, disse o diretor de vela do YCI, Carlos Eduardo Souza e Silva.

Os barcos das classes ORC, IRC, BRA-RGS A e B e RGS SILVER farão a Mitsubishi Alcatrazes por Boreste Marinha do Brasil, no domingo (3). No mesmo dia, a Semana de Vela de Ilhabela promove a Regata Ilha de Toque-Toque por Boreste para C-30, HPE 30, Mini, Bico de Proa, Clássicos e BRA-RGS C. Para os HPE25 e J70 será disputada a Regata Renato Frankenthal

Em 2015, os fortes ventos de 60km/h e ondas de dois metros quase cancelaram a regata para Alcatrazes. Dos 60 que fizeram o percurso, 38 abandonaram. O Fita Azul – aquele que chega em primeiro lugar – foi o Camiranga, que ainda estabeleceu o recorde para a prova com 6h04min03s. Para a classe RGS, o tempo mais rápido da história está com o Inaê Transbrasa, com 9h34min37. ”Por toda a exigência da regata, tradicionalmente o dia seguinte a Alcatrazes é dedicada ao reparo dos barcos e até descanso dos velejadores. Esperamos mais uma prova bem difícil para todos, dos profissionais aos amadores”, disse o organizador da prova, Cuca Sodré.

Formado por 13 ilhas e ilhotas, o arquipélago de Alcatrazes é considerado o maior berçário de aves marinhas do sudeste brasileiro. São mais de 20.000 aves no local, que em terra tem a vegetação típica de Mata Atlântica. A história diz que seus primeiros moradores foram os índios tupinambás, batizaram o local de Uraritã – terra de aves.

As inscrições continuam abertas

Os tripulantes devem se inscrever no site oficial www.svilhabela.com.br. Até 20 de junho, o custo será de R$ 320 por velejador. De 21 a 27 de junho passa a ser de R$ 420. As tripulações dos veleiros que ficarem em seus clubes, em amarras próprias ou outros locais fora o Yacht Club de Ilhabela terão 20% de desconto no valor da inscrição.

Mais informações:
Site oficial – svilhabela.com.br
Facebook – semanadeilhabela
Twitter – svilhabela
Instagram – svilhabela
Youtube – Semana de Vela de Ilhabela

Foto: Eduardo Grigaits

Sandro Dias, em parceria com a Riachuelo, lança sua nova coleção de roupas skatewear de inverno neste sábado (21), na loja do Parque Dom Pedro Shopping, em Campinas (SP), a partir de 11h. Além de camisetas, regatas, bermudas e calças, a linha tem também moletons, jaquetas e camisas de manga longa para os dias mais frios. As modelagens e tecidos foram desenvolvidos especialmente para garantir o melhor desempenho nas manobras para os fãs da modalidade. ”Fico feliz em lançar já a segunda coleção, dessa vez ainda maior do que a primeira. A parceria com a Riachuelo está dando certo nas lojas, o que me deixa empolgado para criar coisas mais legais”, disse Sandro Dias. A coleção do skatista já está nas lojas Riachuelo com as novidades. Acesse o hotsite da coleção de inverno http://www.riachuelo.com.br/hotsites/2016/sandro-dias.

O atleta deve voltar a competir em junho após mais um cirurgia no joelho que o tirou do X-Games e do Vans Pool Party. Mesmo assim, Sandro Dias intensificou as sessões de fisioterapia e se preparou para retornar em grande estilo.

Lançamento da coleção de inverno da Riachuelo

Loja Riachuelo, do Parque Dom Pedro Shopping
Av. Guilherme Campos, 500 – Jardim Santa Genebra, Campinas (SP),
Sábado, 21 de maio de 2016
11h

Mais informações nos sites www.sandrodias.com.br e www.sandrodiascamp.com.br

Sandro Dias tem 41 anos e é skatista profissional desde 1995. Referência do skate nacional e internacional, o atleta foi o primeiro no mundo a completar a manobra conhecida como “900º” em uma competição.

Entre suas principais conquistas estão seis títulos mundiais pela World Cup Skateboarding (2003, 2004, 2005, 2006, 2007 e 2011); o tricampeonato europeu (2001, 2003 e 2005); seis campeonatos brasileiros de skate vertical; sete medalhas de ouros conquistada durante a história dos X Games, e o recorde mundial de aéreo mais alto num halfpipe com a marca de 4,20 metros conquistado em 2008.

O Pajero (Eduardo Souza Ramos) assumiu a liderança provisória do 11º Campeonato Paulista de HPE, que tem a participação de 17 barcos no Yacht Club Paulista (YCP). Neste domingo (3) ensolarado, a organização teve mais dificuldades para montar as raias por falta de vento. Quando as condições eram mínimas para uma prova, a largada foi dada na Guarapiranga para duas regatas. A primeira – com média de 6 nós de vento – foi vencida pelo Pajero, que tem a bordo o atleta olímpico e da Volvo Ocean Race André ‘Bochecha’ Fonseca. Na segunda, os novos líderes ficaram em terceiro e assumiram a ponta que era do Atrevido (Fábio Bocciarelli). ”Velejar na represa é diferente. As condições são sempre muito difíceis, pois são instáveis. O velejador desenvolve uma técnica fantástica velejando em raias como essa, principalmente na estratégia. Quanto mais flotilhas, mais nacional e forte fica a classe.”, disse Eduardo Souza Ramos, pota-bandeira do Brasil na Olimpíada de Los Angeles 1984.

O Paulista de HPE 25 tem o Pajero (Eduardo Souza Ramos) com 14 pontos perdidos, seguido de perto pelo Ginga (Breno Chvaicer), com 15 e o Atrevido (Fábio Bocciarelli) tem 17 pontos. O Takeashauer (Marcos Ashuauer), que venceu a segunda regata do domingo agora é o quarto, e o Suzuki (Felipe Furquin), o quinto na classificação geral.

As próximas regatas do Campeonato Paulista de HPE 2016 serão disputadas no próximo fim de semana, também no Yacht Club Paulista, em São Paulo (SP).

Mais informações sobre o evento

Com mais de dez anos de história, o HPE25 forma hoje uma flotilha com 57 barcos distribuídos em oito grandes cidades (Ilhabela, Rio de Janeiro, Vitória, Salvador, Porto Alegre, Florianópolis e Brasília) e está presente nos principais eventos, como a Semana Internacional de Vela, a Copa Suzuki – Circuito Ilhabela e foi o barco escolhido para as competições da 5ª edição dos Jogos Militares Mundiais, em 2011.

Os HPE 25 são produzidos pelo estaleiro HPE de Indaiatuba. Com projeto inovador, processo de fabricação e materiais especiais, este veleiro de 25 pés é leve, resistente, veloz e fácil de manobrar.
Devido a essas características, a classe tem atraído vários adeptos que vão de velejadores com grande experiência a iniciantes, pois, seu deck de layout simples e eficiente e o uso de um enrolador para a buja, permitem que o HPE25 seja facilmente velejado por duas pessoas.

O 11º Campeonato Paulista de HPE é uma realização do Yacht Club Paulista e da Associação Brasileira de HPE25, com apoio da Regatta. Mais informações no site www.ycp.com.br

Na noite deste sábado (2), Jessica Bruin conquistou sua segunda medalha no 43º Campeonato Sul-Americano, realizado em Assunção, no Paraguai. A atleta integrou o revezamento campeão dos 4×200 m livre. Na prova, Joanna Maranhão abriu o revezamento brasileiro, Jéssica foi a segunda – com parcial de 2min00s69 – depois, ela deu lugar a Bruna Primati, que entregou para Manuella Lyrio. A seleção fechou a prova em 8min04s29, muito a frente da segunda colocada – o time do Peru, com 8min18s85, a medalha de bronze ficou com a Colômbia (8min19s51).

A nadadora do Sesi-SP, que ganhou a medalha de bronze na prova individual com o tempo de 2min00s68, se diz satisfeita com a medalha e com a competição no geral. “Consegui mais um resultado positivo aqui no Paraguai. Agora no revezamento. Nadei na casa dos 2 minutos mais uma vez. Foi um evento importante, que mostra que estou no caminho certo para a seletiva olímpica. O objetivo é nadar cada vez melhor”.

A última seletiva olímpica, o Troféu Maria Lenk, acontece daqui a duas semanas no Parque Olímpico da Barra, entre os dias 15 e 20 de abril. Jéssica vai tentar alcançar o índice olímpico de 1min58s96, na prova individual dos 200 m livre e confirmar seu lugar no rezamento 4×200 m livre feminino.

A mineira, medalhista pan-americana, foi uma das responsáveis pela classificação brasileira no revezamento 4×200 m livre para a Rio 206. No Mundial de Kazan, em agosto de 2015, ela, Manuella Lyrio, Joanna Maranhão e Larissa Oliveira terminaram as eliminatórias em 10º lugar e garantiram o lugar do time nas Olimpíadas.

Jessica Bruin Cavalheiro tem 24 anos e defende as cores do Sesi-SP. Mineira de Belo Horizonte (MG), a atleta é treinada por Fernando Vanzella e tem o patrocínio dos Correios. Jiba, como é carinhosamente chamada pelos amigos, é pentacampeã brasileira dos 200 m livre e é duas vezes medalhista de prata pan-americana. Jessica deu as primeiras braçadas ainda criança. Aos 10 anos já integrava a equipe do Minas Tênis Clube. A atleta também passou pelo Fluminense.

Foto: Satiro Sodré / SSPress / CBDA

O hexacampeão mundial de skate Sandro Dias estará nesta terça-feira (2) com a equipe da Freedom Fog na loja Torquay Surf do Shopping Metrô Tatuapé. A sessão de autógrafos começa às 19h e o público também poderá tirar fotos com o atleta, um dos maiores nomes da história da modalidade. A ação, que termina às 21h, também terá o skatista Diego Oliveira, Ivan Monteiro, Igor Smith e Wilian Seco. ”Espero todos na loja Torquay do Shopping Tatuapé para falar de skate. Sempre digo que encontrar o público é muito bom e enche de ânimo”.

Serviço
Local: Loja Torquay Surf – Shopping Metrô Tatuapé.
Data: 2 de fevereiro de 2016
Horário: 19 às 21 h

Sandro Dias tem 40 anos e é skatista profissional desde 1995. Referência do skate nacional e internacional, o atleta foi o primeiro no mundo a completar a manobra conhecida como “900º” em uma competição. Entre suas principais conquistas estão seis títulos mundiais pela World Cup Skateboarding (2003, 2004, 2005, 2006, 2007 e 2011); o tricampeonato europeu (2001, 2003 e 2005); seis campeonatos brasileiros de skate vertical; sete medalhas de ouros conquistada durante a história dos X Games, e o recorde mundial de aéreo mais alto num halfpipe com a marca de 4,20 metros conquistado em 2008.

Mais informações nos sites www.sandrodias.com.br e www.sandrodiascamp.com.br

Vitórias do FenêtrêA Prysmian na Multi50 e PRB na IMOCA em prova que homenageou vítima de atentado na França

A Transat Jacques Vabre organizou, neste domingo (15), mais uma regata exibição entre Itajaí e Itapema com a participação de sete barcos de duas classes. E o resultado da prova de 27 milhas náuticas – 50 quilômetros foi o mesmo da travessia de 10 mil quilômetros. Vitórias do FenêtrêA Prysmian na Multi50 e PRB na IMOCA. A regata começou às 13h50 com ventos variando de 10 a 17 nós na direção Sudoeste.

O FenêtrêA Prysmian foi o Fita Azul da regata exibição, ou seja, o primeiro a cruzar a linha de chegada entre todos os modelos, independentemente do tamanho. A dupla, formada pelo francês Erwan Le Roux e pelo italiano Giancarlo Pedote, ganhou a prova com diferença de nove minutos para o Ciela Village (Thierry Bouchard / Oliver Krauss). ”Correr regatas assim é bastante divertido. Podemos passar um pouco da nossa experiência aos convidados a bordo. Foi mais uma vitória nossa aqui em Itajaí”, disse Erwan Le Roux.

Na IMOCA, mais um show da dupla francesa Vincent Riou e Sébastien Col com diferença superior a 10 minutos para o segundo colocado, o Banque Populaire VIII (Armel Le Cléac’h / Erwan Tabarly). Completaram o percurso nessa ordem: Initiatives-Coeur (Tanguy de Lamotte / Samantha Davies), Le Souffle du Nord (Thomas Ruyant / Adrien Hardy) e MACSF (Bertrand de Broc / Marc Guillemot).

A regata Transat Jacques Vabre continua com a disputa da Class40, que tem o barco brasileiro Zetra na sexta colocação. Os primeiros veleiros devem chegar a Itajaí a partir da próxima terça-feira (17).

Homenagem

Em virtude dos atentados terroristas em Paris, a organização da 29ª Marejada, tradicional festa em Itajaí (SC) e que recebe a Transat Jacques Vabre, prestou uma homenagem aos franceses, neste domingo (15), na Vila da Regata. O prefeito Jandir Bellini entregou ao organizador da regata, Gildas Galtier, flores com detalhes com as cores da França. Artistas locais cantaram a música Imagine, de John Lennon, que ficou eternizada como uma canção da paz. Os brasileiros que lotaram o píer da Vila da Regata se emocionaram com a homenagem.

”No momento em que cidadãos de Itajaí (BRA) e Le Havre (FRA) celebram o congraçamento entre os diferentes povos, chega-nos um estarrecedor exemplo de violência e intolerância. Nesse momento de dor e aflição, o povo itajaiense se solidariza e estende o seu abraço a cada irmão francês que aqui se encontra, rogando a Deus que conforte o coração das famílias atingidas pela tragédia dos atentados em Paris. A Transat Jaques Vabre é exemplo de união e respeito entre diferentes culturas. A cidade de Itajaí aplaude orgulhosamente o povo Francês que soube levar ao mundo o conceito de liberdade, igualdade e fraternidade. Que sejam todos bem vindos, sempre ao Brasil e a Itajaí”, disse o prefeito de Itajaí, Jandir Bellini.

Após a cerimônia, o público acompanhou a partida dos barcos para a regata de exibição entre Itajaí e Itapema com a participação dos IMOCA e Multi50.

Surpresa e tristeza

O atentado terrorista ocorrido em Paris, na França, deixou o mundo perplexo. Com a Transat Jacques Vabre, regata entre a França e o Brasil, não foi diferente. Porém, alguns velejadores ainda não sabiam do ocorrido. Mesmo com comunicação a bordo, a dupla brasileira do Zetra se concentrou em navegar para buscar um melhor aproveitamento na Class40 e não recebeu as notícias do incidente na capital francesa da última sexta-feira (13).

”Não estamos sabendo, o que ocorreu?”, perguntou o brasileiro Renato Araújo durante a tradicional conversa com os velejadores. Ao tomar ciência, o empresário logo mudou o tom de voz. ”É muito triste saber disso, lamentável. A gente não tem acessado a internet regularmente”.

O Zetra ocupa a sexta colocação na Class40 e já está em águas brasileiras. O barco deve chegar até o dia 23 de novembro a Itajaí para completar os 10 mil quilômetros de regata.

Sobre a TJV2015

A regata, que é disputada em duplas, larga sempre da cidade portuária de Le Havre, na Normandia, com destino a um país produtor de café, característica que lhe rendeu o apelido de “Rota do Café”. Já tendo passado por cidades como Cartagena (Colômbia), Puerto Limon (Costa Rica) e Salvador (BA) em 11 edições, essa será a segunda vez que a competição terá a cidade catarinense como chegada. Em 2013, a regata reuniu mais de 590 mil visitantes nas duas Vilas da Regata (Le Havre e Itajaí).

Mais informações no site www.transat-jacques-vabre.com/br
Facebook: https://www.facebook.com/Transat.Jacques.Vabre
Twitter: https://twitter.com/TransatJV_br